Pesquisar políticos
Estado: Partido:
Arquivo do blog

Vagas de emprego

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

O Instituto DEFESA ajudará o operador a encontrar emprego e ao empresário a encontrar funcionário. Como não somos uma consultoria de RH, nem trabalhamos com banco de dados, cadastraremos e divulgaremos as vagas existentes de maneira simples, apenas facilitando a divulgação e contato, sendo a empresa responsável pelas informações das vagas e contratações. O interessado na vaga correrá atrás de maiores informações por conta própria diretamente com a empresa. Empresas de segurança privada, lojas de armas, clubes de tiro, PMC, todas relacionadas as armas podem anunciar.

Para o mecanismo funcionar, algumas regras bem simples devem ser seguidas:

1) Você enviará os dados para o e-mail parrini@defesa.org e elas serão publicadas. O e-mail deve conter:

1.1) Nome da empresa que oferece a vaga;
1.2) Nome da função anunciada;
1.3) Estado e Cidade da vaga;
1.4) Telefone e E-mail pra contato;
1.5) Nos reescrever avisando quando a vaga for preenchida para apagarmos.

O serviço é gratuito. Não lhe cobraremos para divulgar. Mas se acha nosso trabalho justo, considere ajudar a mantê-lo e faça uma doação.

Na esperença deste pequeno ato ser útil a nossos cidadãos, conto com o apoio de todos.
Unidos somos invencíveis!

Família de ladrão morto culpa a vítima

Tradução livre de: https://goo.gl/p31OhR 

A família de um bandido de 17 anos ficou furiosa com a morte do mesmo, causada pelos disparos de um cidadão que protegia sua casa da invasão.

A irmã do assaltante o identificou como Trevon Johnson e depôs o seguinte para o jornal CBS Miami:

“Eu não quero nem saber se ele tinha uma arma registrada e autorização para tê-la.  Isso vai contra a lei, muito contra. Ele não deveria morrer assim. Ele tinha um futuro.  Trevon tinha planos. Ele era um cara muito engraçado, boa educação, amava aprender. Vocês tem que olhar do ponto de vista de cada criança que cresce na vizinhança . Vocês tem que entender. Como ele conseguiria dinheiro para comprar roupas para ir ao colégio? Vocês tem que olhar desse ponto de vista.”

 

Notas do tradutor:

  1. Parabéns ao cidadão pela reação!
  2. Pelo menos nós sabemos o que fazer com as lágrimas de esquerdistas. Se quer aprender ou relembrar, clique aqui.