Instituto DEFESA compareceu ao 11º Encontro Anual do Corpo de Fuzileiros Navais em Magé – RJ

Lucas Parrini

Lucas Parrini é colaborador do Instituto DEFESA e curioso em criminologia e assuntos relacionados a combate e segurança.

Neste último sábado,  16 de Setembro de 2017, ocorreu o 11º Encontro do Corpo de Fuzileiros Navais em Magé, Rio de Janeiro. O Instituto DEFESA foi convidado a participar do evento e acabou recebendo uma homenagem pelo trabalho feito perante a sociedade brasileira, em relação a liberdade de acesso as armas. Como representante no local, agradeço a honra de ter sido o portador desta homenagem e também aos amigos Moisés Queiroz pelo convite, e Gabriel pela carona de ida e volta.

O evento contou com aproximadamente 500 pessoas e teve almoço com churrasco, venda de utensílios temáticos, exposição de equipamentos e veículos do CFN e apresentação ao vivo da banda FUZIBOSSA.

A homenagem recebida é compartilhada com todos vocês que colaboram com o nosso trabalho, que a cada dia se levantam em maior intensidade e número pelo seu direito a liberdade, lazer, paz e segurança. Parabéns para todos nós!

Confira neste link as fotos do evento, de autoria do companheiro Lucio Lucena:
http://sacoemaca.blogspot.com.br/2017/09/xi-encontro-de-fn-de-mage-e-amigos.html?m=1

Unidos somos invencíveis!

13 de setembro de 2017 – Pauta participativa

Link para o portal: https://edemocracia.camara.leg.br/home

Sobre a proposta do Senado de plebiscito sobre armas

PL 8187/2017 – Onyx Lorenzoni

Dep. Onyx Lorenzoni

O Deputado Onyx Lorenzoni, que em outro momento já procurou proibir totalmente a importação de armas para o Brasil assegurando o mercado fechado, parece tentar se redimir com a população.

Leia também:

O Projeto de Lei 8187/2017 vincula o ato de concessão de autorização de porte, obrigando a autoridade policial emitir o porte àqueles que cumprirem os requisitos.

Mais informações:

PL 8187/2017 Inteiro teor 
Projeto de Lei

Identificação da Proposição


Apresentação
09/08/2017

Ementa
Altera a Lei n° 10.826, de 22 de dezembro de 2003, para dispor sobre a concessão de porte de armas de fogo e munição, e dá outras providências.

Mais sobre Center Axis Relock

Center Axis Relock não é so uma posição de tiro. Venha treinar!
Hunter Academia de Tiro (Rio Grande do Sul) – 02/03 de Setembro – (51) 99780-6414
Academia Brasileira de Armas (Paraná) – data a confirmar – (41) 99824-0893
Tactical Shoot Clube de Tiro (São Paulo) – 16/17 de Setembro – (14) 99759-3896

Ativismos dos últimos dias 18 a 22/31

Devido a motivos que superaram nossas intenções, algumas planilhas da nossa ação de “Ativismo do dia” não puderam ser enviados nos dias corretos.

Ainda assim, anexamos os arquivos atrasados aqui e contamos com a sua boa fé, em entrar em contato com os parlamentares e exigir a aprovação do PL 3.722/12.

BAIXE A PLANILHA 18/31

BAIXE A PLANILHA 19/31

BAIXE A PLANILHA 20/31

BAIXE A PLANILHA 21/31

BAIXE A PLANILHA 22/31

A realidade da relação entre a necessidade do armamento civil e o monopólio estatal da força – Parte 1

Entusiasta de história militar e Atirador

Sabe-se a mais de 300 anos que o monopólio estatal da força reside em controle de armas, controle das fronteiras e de seus cidadãos. O Estado lhe “vende” a ideia que ele proverá segurança interna (pública) e externa(contra invasões). Nos tempos antigos essa promessa ia da segurança ao trabalho, passando pelo alimento. Note-se ai a visceral relação entre esses fatores que mantém em pé ou derrubam civilizações. Porém, com o advento dos Estados Unidos da América, e sua Segunda Emenda, que diz: “Sendo necessária à segurança de um Estado livre a existência de uma milícia bem organizada, o direito do povo de possuir e usar armas não poderá ser infringido”, a população deu um salto evolutivo civilizatório que colocou cada indivíduo como senhor da própria vida, buscando sua própria segurança, e daí seu bem estar entre seus pares.

Após esse breve apanhado histórico, lancemos um olhar ao caso comum das sociedades em que houve predominância de pensamentos de matriz esquerdista, social-democratas ou inclusive socialistas.

Nessas sociedades, assim que esses grupos chegaram ao poder, em primeiro lugar buscaram desarmar o cidadão como meio de buscar a paz social. Depois forçaram programas sociais compensatórios, por fim inclusive confisco de bens e terras. Felizmente alguns lugares conseguiram reverter essa tendência, como o Paraguai, porém a Europa, praticamente desarmada, hoje sofre diariamente com motins e ataques terroristas, sem falar o banditismo urbano que não se ouvia falar. Austrália quase foi por esse caminho, e está em processo de reversão também. E a população continua confiando no monopólio da força, e o bandido também.

Veja que não se trata de grau de serviços públicos de alto investimento, nem grau de desenvolvimento. Apenas a liberdade individual de adquirir, manter, portar e usar suas armas. O caso do Brasil é emblemático pois temos uma escalada de repressão ao comércio e uso de armamento por civis, e o desmantelamento das forças de segurança pública, e uma transformação das forças armadas em uma guarda nacional de grande orçamento. O motim da Polícia Militar do Espírito Santo mostrou o quanto o cidadão de bem tem a perder confiando numa segurança que o Estado não pode lhe prover. Em algumas horas centenas de estabelecimentos comerciais arrombados, furtados. E na grande Vitória apenas uma única loja passou incólume por esse teste sangrento: Uma loja de armas.

Você, leitor, pode estar se perguntando por que o Brasil não está em chamas ainda se a situação é tão ruim. Na realidade, já estamos nas cinzas, pois mais de 60 mil vidas são perdidas anualmente, e não tenho medo de errar em apontar que pelo menos ⅔ desse número monstruoso é composto de cidadãos de bem e suas famílias, entregues como gado na mão de uma política de desarme e desmonte da segurança.

A lição que EUA, Paraguai entre outros tem a nos ensinar é:

Arme-se hoje, Proteja-se amanhã e Viva pra sempre, seja em seus filhos, seja em sua nação.

Ativismo do dia – 23 de agosto – 17/31

Essa é uma campanha que surgiu nos grupos do Instituto Defesa com a finalidade de pressionar o maior número de deputados federais possível. E como o número de deputados indecisos é muito grande o foco principal são eles.
Plano de ação da campanha:
Será lançada uma lista de deputados por dia e de segunda a sexta-feira contendo um deputado de cada estado, nessa lista constará nome do deputado, estado, telefone do gabinete e e-mail e não se esqueça de compartilhar esse material em todas as redes sociais.
O interessado residente em cada estado entrará em contato com o respectivo deputado preferencialmente por telefone, redes sociais e também enviando um e-mail para todas os deputados da lista. A lista de e-mail foi criada para ser integralmente copiada, facilitando o envio e economizando tempo. Ligue também no 0800 619 619(disk câmara) e deixe o seu manifesto em favor do PL 3722.
Nas últimas páginas constam duas sugestões de e-mail a ser enviadas, escolha a que mais atenda seu perfil.

BAIXE A PLANILHA 17/31

Ativismo do dia – 22 de agosto (16/31)

Essa é uma campanha que surgiu nos grupos do Instituto Defesa com a finalidade de pressionar o maior número de deputados federais possível. E como o número de deputados indecisos é muito grande o foco principal são eles.
Plano de ação da campanha:
Será lançada uma lista de deputados por dia e de segunda a sexta-feira contendo um deputado de cada estado, nessa lista constará nome do deputado, estado, telefone do gabinete e e-mail e não se esqueça de compartilhar esse material em todas as redes sociais.
O interessado residente em cada estado entrará em contato com o respectivo deputado preferencialmente por telefone, redes sociais e também enviando um e-mail para todas os deputados da lista. A lista de e-mail foi criada para ser integralmente copiada, facilitando o envio e economizando tempo. Ligue também no 0800 619 619(disk câmara) e deixe o seu manifesto em favor do PL 3722.
Nas últimas páginas constam duas sugestões de e-mail a ser enviadas, escolha a que mais atenda seu perfil.

BAIXE A PLANILHA 16/31

Ativismo do dia – 21 de agosto de 2017 (15/31)

Essa é uma campanha que surgiu nos grupos do Instituto Defesa com a finalidade de pressionar o maior número de deputados federais possível. E como o número de deputados indecisos é muito grande o foco principal são eles.
Plano de ação da campanha:
Será lançada uma lista de deputados por dia e de segunda a sexta-feira contendo um deputado de cada estado, nessa lista constará nome do deputado, estado, telefone do gabinete e e-mail e não se esqueça de compartilhar esse material em todas as redes sociais.
O interessado residente em cada estado entrará em contato com o respectivo deputado preferencialmente por telefone, redes sociais e também enviando um e-mail para todas os deputados da lista. A lista de e-mail foi criada para ser integralmente copiada, facilitando o envio e economizando tempo. Ligue também no 0800 619 619(disk câmara) e deixe o seu manifesto em favor do PL 3722.
Nas últimas páginas constam duas sugestões de e-mail a ser enviadas, escolha a que mais atenda seu perfil.

BAIXAR A PLANILHA 15/31

Próximos eventos
  1. Combat Rescue – Tactical Combat Casualty Care

    outubro 21 @ 8:00 - outubro 22 @ 17:00