Vítima reage a assalto e mata suspeito no bairro de Ponta Grossa

Um suspeito de assalto foi assassinado, no começo da manhã desta sexta-feira (9), em trecho da Rua Manaus, localizada no bairro de Ponta Grossa, em Maceió. As primeiras informações colhidas no local, pela Polícia Militar, dão conta de que o jovem foi morto após a suposta vítima reagir à investida.

Nota do Instituto DEFESA: o “suspeito” não foi assassinado, mas morreu em decorrência da reação que ele mesmo forçou a vítima a ter, ao agredi-la injustamente. Lamentamos pela postura do jornalista.

 

reacao01

Aldair Ferreira da Silva tinha 21 anos e foi executado com vários tiros na região da cabeça. Testemunhas disseram aos policiais que ele estava na companhia de outro acusado em uma motocicleta de características não observadas. A dupla anunciou o assalto a um morador, que reagiu e atirou diversas vezes. A suposta vítima não foi identificada.

Ao lado do corpo, foi encontrado um revólver do calibre 32. De acordo com a polícia, a arma estava em posse do jovem assassinado. O condutor da motocicleta não foi localizado e não se sabe se ele também foi atingido pelos tiros.

Peritos do Instituto de Criminalística (IC) e funcionários do Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para a análise da cena do crime e recolhimento do corpo, respectivamente. O caso vai ser investigado pela Delegacia de Homicídios. O trânsito na Rua Manaus ficou lento no começo da manhã.

 

Extraído de https://www.tribunauniao.com.br/noticias/ver/34157/V%C3%ADtima+reage+a+assalto+e+mata+suspeito+no+bairro+de+Ponta+Grossa

2 Replies to “Vítima reage a assalto e mata suspeito no bairro de Ponta Grossa”

  1. Além de não ter sido “assassinado”, também não foi executado. Simplesmente foi atingido por tiros de um cidadão que estava exercendo seu direito a legitima defesa, tendo sido agredido e ameaçado de morte pelo meliante que carregava uma pistola .32 (com certeza irregular, e quem sabe oriunda de alguma entrega do “desarmamento”).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *