12 Replies to “Tiro em baixa luminosidade”

  1. Pow, gostei muito. Eu nao sou militar, como que eu faço pra ter um porte de arma? Porque é um absurdo, nos cidadãos de bem, ficarmos a mercê dessa bandidagem que anda por por aí, armados até o pecoço com armas de auto poder destrutivo

    1. Policial civil, agente penitenciário, juiz, fiscal de imposto de renda, guarda civil entre outros. Há várias outras profissões que lhe dá oportunidade de portar arma de fogo sem precisar ser um militar.

    2. Mesmo tendo toda a documentação solicitada em mãos e feito os exames, você precisa passar pela decisão discricionária do delegado da polícia federal do seu estado, hoje para se ter um porte de arma, você precisa provar em juízo que sofre risco eminente de morte, como ameaças, atentado sofrido, ou seja você tem que ter a sorte de ter sobrevivido a um atentado de morte e provar que quem tentou te matar vai tentar novamente, ai o delegado se estiver numa veia boa no dia pode ser que te libere o porte, mas nada garantido.

  2. Técnicas interessantes para segurar a lanterna em tiro noturno ou em condições de baixa luminosidade, porém, há de se levar em conta, que neste momento você se torna um alvo em potencial, julgando certa destreza por parte de seu oponente. Não se deve menosprezar o inimigo. A mudança constante de posição de tiro é importante, mas nem sempre será possível contar com tal liberdade. Por vezes, pode-se estar em espaço limitado ou até encurralado, onde a disponibilidade de munição e uso preciso da mesma, também será de suma importância, assim como a autonomia de tiro da arma, como uma pistola automática, por exemplo. Já no caso de um revólver de tambor, um 38 de 06 balas por exemplo, onde o hábito de portá-lo somente com cinco balas, deixando o compartimento da agulha vazio, reduz a autonomia de tiro para apenas cinco (05) tiros, o que pode não garantir o sucesso de sua saída, antes de abater o oponente.

  3. Como é sempre mais um excelente vídeo do nosso grande Mestre e Amigo dos atiradores sejam eles de competição ou de defesa o Nobre LUCAS.
    Parabéns por mais este trabalho e um grande abraço de um eterno discípulo.
    Saudações
    OSS.
    SELVA

  4. De fato, fica a curiosidade. Este modelo de lanterna, mais fino, dando melhores condições de tato e de ser firmado na mão oposta a de tiro, merece informações relativas ao local onde comprá-la. Mais uma vez, reiterando o nosso respeito pelo trabalho dedicado e incansável do caro Lucas Silveira, na tentativa de nos devolver o Direito à Legítima Defesa e ao Porte de Armas, negado por um GOVERNO DE CORRUPTOS E COMUNISTAS, TRAIDORES DESTE PAÍS, APADRINHADOS POR AQUELES QUE DEVERIAM PROTEGER ESTE PAÍS. Uma vergonha a nível internacional. Que no exterior, não nos tomem por aqueles maus brasileiros (Se podem assim ser chamados “brasileiros”) se não por traíras e aproveitadores da farra, coniventes com esta bandalheira, desrespeito à Pátria, aos Cidadãos e Cidadãs de Bem. Grande abraço. Chegará a hora em que o Brasil voltará aos trilhos, para que possamos novamente nos orgulhar de sermos brasileiros de verdade!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *