20 Replies to “História do desarmamento versus segurança pública no Brasil”

  1. Verdadeiramente, idéias idiotas como esta do desarmamento, só nos entregam, a sociedade civil, chefes de familia que somos, nas mãos dos vagabundos, juizes e executores daqueles que carregam esta nação nas costas.

  2. Se esses políticos estivessem preocupados com segurança publica não tirariam as armas da mão do cidadão de bem, eles só estão preocupados com eles mesmo com a roubalheira que eles vem fazendo é por isso que não querem a arma na mão do cidadão de bem medo de dá a louça em alguns e eles largarem o prego nessa corja de ladrões que temos no congresso nacional.
    O cidadão de bem que quiser andar armado e tiver condição deve sim andar armado , essa é minha o opinião

  3. No meu ponto de Vista tanto armas, como a massa humana e de preocupação das autoridades manter o controle por interesses puramente políticos!
    Pois não é interessante ,termos esclarecimentos,saúde etc…
    Enfim como diz o ditado popular quem não controla é controlado.
    Por essa razão eles nunca irão a favor da massa humana desfavorecida.
    Proporcionando um crescimento da mesma e desfavorecendo seus interesses puramente pessoais!!

  4. O desarmamento veio para desarmar o cidadão e o pensamento era o
    de diminuir a criminalidade e dificultar o acesso as armas pelos
    bandidos.

  5. CLARO QUE O DESARMAMENTO SÓ VEIO A BENEFICIAR O BANDIDO POIS O CIVIL FICOU DESPROTEGIDO, MAS TUDO BEM ISSO É UMA DISCUSSÃO PARA MAIS DE METRO.
    AGORA DIRETAMENTE PARA DEFESA.ORG PORQUE VOCÊS NÃO COLOCAM ALGUMAS VANTAGENS PARA ASSOCIADOS, COMO POR EXEMPLO AJUDA COM DESCONTO PARA CONSEGUIRMOS PORTE DE ARMAS, MORO EM UM LOCAL RURAL E TENHO MAIS DE 70 ANOS, E POR AQUI OCORREM MUITOS FURTOS ACRESCIDOS DE MORTE COMO FAÇO PARA ME ARMAR E RESGUARDAR MINHA VIDA E PROPRIEDADE ?

    1. Arma é coisa séria, não se pode apenas adquirir uma arma sem saber usá-la. E no Brasil a cultura de armas é restrita à apenas alguns segmentos da sociedade. Atirar em um alvo fixo por esporte ou lazer é uma coisa, outra coisa é atirar em um ser vivo em movimento. Conselho, não compre uma arma.

      1. Tenho 66 anos sempre morei em área rural e desde meus 15 anos sempre tive arma até quando pode tive registro e porte criei 5 filhos por duas x defendi roubo do meu fado e nunca machuquei ninguém agora eu tenho as mesma ilegal eu nunca entreguei e não entrego minhas armas e já me ofereceram até metralhadora por 4500 reais esse e meu Brasil .

  6. ola bom dia,concordo em parte do que foi explanado,eu tive porte de arma até 1995 fornecido pela ssp sp ,e justamente no inicio do governo fhc ,no vencimento do meu porte em 19 setembro de 95 ,ja fiquei impossibilitado de renovar ,visto que que desde 1975 eu obtive meu primeiro porte ,e nunca houve o menor problema mesmo durante os governos militares,tanto meu pai como eu sempre tivemos porte de arma,meu velho adepto do ina 32,eu ja tinha um snub Smith & Wesson 38 5 tiros,se vendia no mappin mesbla bayard sear’s etc.e comprei uma das primeira 380 taurus em 88 12+1 (que nunca deu problema)tive porte federal valido por 4 anos esse depois nunca mais consegui ,moro hoje na boca da entrada da favela da koreia,mas aqui pela lei do pessoal não se rouba ,se roubar ou fizer qualquer ato que não seja aceito vai para o campinho pagar a punição,e desde que moro aqui só um tentou mas se deu mal,eu ando ao arrepio da lei e conto com a sorte hj..

  7. Muito bem, não foi lula nem o PT que nos desarmou, tenho 78 anos, eu pergunto, com 14 anos meu pai me deu uma arma e junto os conselhos e a responsabilidade para portar uma, o motivo foi por causa das tropiadas. Quando tive idade sempre tirei porte, nunca andei ilegal, escapei de 3 assaltos por estar armado, não foi preciso matar ninguém, não tenho uma vírgula na justiça, entrou o PT perdi meu direito, Quer dizer, o PT não tem culpa nenhuma????

  8. Sou contra o desarmamento porque eu duvido que alguém me apresente um bandido que tenha ido de livre espontânea vontade entregar um fuzil ou uma metralhadora ou muitas outras armas restrita só o cidadão de bem vai lá entregar seu 22 ou 32 ou seu 38 sua espingarda 36 ou 32 estás armas que o cidadão de bem usava pra se defender comparando com as que os bandidos usam e como se estiver usando um bodoque o certo é liberar o porte de arma para que todos os trabalhadores possa se defender

  9. Caro Lucas, o Decreto n º 24.602 é de 1934, não de 1935. E a Constituição que serve de “base” ao R-105 é a de 1934. Tal é a “base legal” do R-105. O Estatuto do Desarmamento(E.D.) apresenta duas inconstitucionalidades flagrantes:contra artigo 144(C.F.) e contra o artigo 5 º/XX. O artigo 144, diz que a segurança pública é “…responsabilidade de todos…” Como desincumbir-me,DESARMADO, de tal responsabilidade? Usando os dedos como sugere o maldito Bolsonaro em suas fotos posteriores à Lei n º 13.497/2017 que ele ajudou a aprovar? Com relação ao artigo 5 º/XX, que estabelece que “… ninguém será obrigado a associar-se ou permanecer associado…”, tanto o E.D. como o R-105 obrigam o sujeito a associar-se para praticar o tiro. Tenho lutado contra isso desde o princípio e luto contra o R-105 desde 1976. Moro em Santana do Livramento-RS. Temos pontos de vista idênticos na questão das armas. Sou contra todo e qualquer controle. Se um dia desses vieres ao RS me avise, por favor. Acho que é hora de nos conhecermos pessoalmente. Nada substitui o contato pessoal. Por problemas com senha eu tive de abrir nova conta no Facebook com o nome Nelson Assis. Meu e-mail você já sabe: nelsonassisbrasil@bol.com.br. Acuse o recebimento desta mensagem – por e-mail – que eu te passo meus telefones e conversaremos com mais detalhes – caso tenhas interesse. Eu tenho, já, 42 anos quase completos, de luta nessa causa. Acho que tenho com que contribuir. Abraço.

  10. NÓS FURTARAM O DIREITO CONSTITUCIONAL DA AUTO DEFESA.CIDADÃO ARMADO JÁ,ESTÁ MAIS QUE PROVADO QUE O ESTADO NÃO TEM CAPACIDADE DA SUA PRÓPRIA AUTO DEFESSA,TENDO EM VISTA QUE A PRÓPRIA POLICIA ANDA COM MEDO NAS RUAS.VERGONHOSA ESSA REALIDADE EM NOSSO PAÍS.

  11. Numa viagem de avião, sentei próximo a um cidadão que conversando com outro, no meio da conversa, falou que “55% da população americana,(que é quase o dobro da população brasileira) está armada até os dentes e, mesmo assim, o número de homicídios por arma de fogo lá é muito menor, que os 63.000 anuais que ocorrem no Brasil”. Seria isso verdade?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.