11 Replies to “Fundamentos do Tiro: Posição”

  1. Tinha aprendido de outra forma com o meu ponto de equilíbrio à frente e um ponto de apoio um pouco a trás.mais desta forma eu vi que fica muito mais fácil pra competição de tiro.

  2. Sempre bom, nos reciclarmos quanto à prática do tiro. Nunca se sabe quando a necessidade de defesa se fará presente. Gracias Lucas por mais essa oportunidade. Sou Eduardo Nazer, Vigilante com extensão em Transporte de Valores(seis anos de experiência na Proforte de Santa Cruz do Sul/RS) e tbm Segurança Pessoal Privada e CQB.
    Atualmente sou Vigia na UNISC. Forte abraço irmão

  3. Achei o conceito interessante, em relação a teoria, mas na prática durante um tiroteio um dos pontos que acredito ser mais importante, de fato a posição, mas de maneira dinâmica, estratégica e progressiva. Dificilmente a ameaça será representada apenas por um agressor, geralmente são dois ou mais. Nesse sentido, na minha opinião, após o primeiro disparo a movimentação contraria a posição inicial é fundamental, seguida de busca por proteção (carros, muros, postes…) e se possível tendo em mente a movimentação tática para neutralizar a ameaça. Dito isso, acredito que uma vez compreendido os fundamentos teóricos sobre postura, manuseio e operação da arma de fogo (entre outros) a pratica do tiro deve sempre ser feita em movimento pois isso trará (consideravelmente) menos chances de ser atingido. Segue link com trecho de um vídeo os argumentos que apresento aqui pode ser melhor compreendido: https://www.youtube.com/watch?v=lZXpu5hw7Jk&feature=youtu.be&t=19m50s
    De maneira alguma minha intenção é diminuir o trabalho feito pelo Lucas, ao contrário. Espero que com isso agregar mais conhecimento.

  4. Excelentes todos os artigos aqui publicados.tanto por Lucas Silveira e também pelos que participam com suas avaliadas opiniõe,parabéns a todos e mt. Obrigado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.