Dep. Guilherme Mussi (PP/SP) é novo relator do PL 3.722/12

Brasília, 12 de Março de 2015.

PL 3.722/12 tem novo relator

Já está definido o novo relator o PL 3.722/12, que pretende revogar o Estatuto do Desarmamento. Depois de 2014 ter se encerrado com um péssimo trabalho do último relator, para 2015 Eduardo Cunha, Presidente da Câmara dos Deputados, designou o Dep. Guilherme Mussi para a função.

Dep. Guilherme Mussi sempre se posicionou favorável ao direito de acesso às armas e tem-se a expectativa de que ele faça um relatório de acordo com o que o povo brasileiro acredita

A comissão deve continuar a contar com a inquestionável presidência do Dep. Marcos Montes (PSD/MG).

O Instituto DEFESA, que já havia feito contato tanto com o atual presidente quanto com o atual relator em 2014, voltará à Câmara, em nome de seus associados, para reafirmar junto ao parlamentares a necessidade de flexibilização da legislação em vigor.

O papel das Comissões Temporárias

São órgãos técnicos, criados pelo Presidente da Câmara e, igualmente, constituídas de deputados(as), nas seguintes situações:

  1. Comissões Especiais – com a finalidade de emitir pareceres sobre proposições em situações especiais (PEC, Códigos etc.) ou oferecer estudos sobre temas específicos;
  2. Comissões Externas – para acompanhar assunto específico em localidade situada fora da sede da Câmara;
  3. Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) – destinadas a investigar fato determinado e por prazo certo.

Todas elas se extinguem ao final da legislatura em que são criadas, ou expirado o prazo fixado quando da sua criação ou, ainda, alcançada a sua finalidade.

As Comissões Temporárias ainda apreciam denúncias contra crimes de responsabilidade cometidos por Presidente da República, Vice-Presidente da República ou Ministro de Estado.

Comissões Especiais

Comissões Especiais possuem caráter temporário. São criadas para examinar e dar parecer sobre alguma das seguintes espécies de proposições: Propostas de Emendas à Constituição – PEC; projetos de código; projetos que envolvam matéria de competência de mais de três comissões de mérito; denúncia oferecida contra o Presidente da República por crime de responsabilidade ou projeto de alteração do Regimento Interno. Algumas Comissões Especiais são criadas também, na prática, para estudar determinados assuntos e apresentar projetos sobre eles.

 


Deputado GUILHERME MUSSI

 Informações do Deputado
Foto do Deputado GUILHERME MUSSI

  • Nome civil: GUILHERME MUSSI FERREIRA
  • Aniversário: 14 / 10 – Profissão: Administrador de Empresas
  • Partido/UF: PP / SP / Titular
  • Telefone: (61) 3215-5712 – Fax: 3215-2712
  • Legislaturas: 11/15 15/19
  • Biografia
  • Fale com o deputado

Endereço para correspondência


 

Deputado MARCOS MONTES

FacebookTwitterE-mailMais

Informações do Deputado

Foto do Deputado MARCOS MONTES

  • Nome civil: MARCOS MONTES CORDEIRO
  • Aniversário: 3 / 8 – Profissão: MÉDICO, PROFESSOR DE MEDICINA, MÉDICO DO TRABALHO
  • Partido/UF: PSD / MG / Titular
  • Telefone: (61) 3215-5334 – Fax: 3215-2334
  • Legislaturas: 07/11 11/15 15/19
  • Biografia
  • Fale com o deputado

Endereço para correspondência


 

Você considera a atuação do Instituto DEFESA junto aos Deputados importante? Torne-se um membro premium e financie nossas atividades. Saiba como.

21 Replies to “Dep. Guilherme Mussi (PP/SP) é novo relator do PL 3.722/12”

    1. Bom dia!

      Pelo o pouco que sei do PP, o partido é bem dividido em relação a ideologias. Bolsonaro por exemplo, vive “discutindo” com outros membros por discordar deles.
      Mas é isso aí, melhor o pé atrás mesmo!

    2. Do meu ponto de vista, não tem partido que não me deixe com pé atrás no Brasil (ou ambos os pés atrás mais um escudo balístico à frente, tamanha a desconfiança)… mas concordo que o PP é bem… confuso, na falta de um adjetivo melhor para descrevê-lo.
      Bem, vamos torcer para que o nobre deputado e seus colegas realmente trabalhem em prol dos interesses da população este ano, e que as coisas realmente saiam do âmbito do “projeto” de uma vez por todas.

  1. Pessoal, vamos enviar o máximo de emails possível!!

    Vamos encher a caixa de entrada dele com nossa opinião, demonstrando o interesse da população, defendendo o direito à defesa com armas, exigindo um relatório favorável a nós e cobrando celeridade no trâmite.

    Tudo com respeito, clareza nos nossos objetivos e firmeza de opinião.

    Concluo como nosso lema: “UNIDOS SOMOS INVENCÍVEIS”!!

  2. Sou pelo direito de auto defesa do cidadão pois o Estatuto do Desarmamento esqueceu de desarmar os bandidos, ficando todos eles na certeza de que podem abordar qualquer pessoa de bem, qualquer momento que não haverá resistência.

  3. Já mandei minha mensagem para fazer o relatório do projeto na forma proposta pelo Peninha, o que é quase impossível, mas é o que nós queremos.

    Porque não indicaram um relator delegado logo de vez?

  4. Tem que ter a Lei de desarmamento para o bandido, não somos e compramos armas importadas, somente nacionais e de permissão para civil, eles tem armas exclusivas das Forças Armadas e restritas para militar, está tudo invertido, mal intencionado essa Lei.

  5. Espero que com o novo relator ás diretrizes andem em passos largos.
    Precisamos de pessoas sérias como o novo Deputado.

    Prof. Amilcar Quinhones

  6. De qualquer maneira existe um Estatuto válido e que deve ser cumprido. O EB não está liberando os CRs no RJ. Vamos ter que aguardar outra vez até votação do PL?

  7. Entendo que nossos políticos tem a função e a obrigação de sempre proteger as pessoas de bem, as famílias dignas e trabalhadoras. Por isso é essencial que todo brasileiro possa ter, transportar, praticar, guardar e portar armas para a sua proteção e dos entes. E caso algum cidadão cometa algum ilícito que pague por ele, mas é fundamental TER O DIREITO DE PROTEGER A SI E AOS SEUS.

  8. Espero que sejamos vitoriosos, pois o desmantelo é muito grande, emquanto a bandidagem anda com .40, 9mm,.45, fuzil automatico, metranca, nos andamos com um pedaço de pau.

  9. [Fale com: GUILHERME MUSSI] Parabéns pela Relatoria da PL 3.722/12!! Desejo ao senhor muita sabedoria nessa novo cargo hora designado! Contamos com o Sr. para mudar o destino de uma população acuada e desprotegida. Pela Revogação do Estatuto do Desarmamento!!

  10. Socorro, Socorro, Socorro, Senhores POLÍTICOS o povo Brasileiro confiou na tua função e é tua obrigação de sempre proteger as pessoas de bem, as famílias dignas e trabalhadoras o povo Brasileiro esta sofrendo com isto até quando! Por isso é essencial que todo brasileiro possa ter sua arma, transportar, praticar, guardar e porta-las para a sua proteção e dos entes querido. Temos que ter o direito de nos proteger e a nossa própria família. Senhores políticos por favor olhe o exemplo do nosso visinho irmão o ” PERU”.

  11. Galera!!! Consegui trocar uma idéia com o proprio PENINHA via face ontem 18/03. Ele me disse que o relator ainda não está definido. Confirmem essa informação.
    De qualquer forma sugerí o nome do Dep. Jair Bolsonaro. Vai que….

  12. É revoltante o trabalho do último relator, Dep. Claudio Cajado! O ilustríssimo quer alterar a idade de posse e porte para 25 e 30 anos, respectivamente! Um absurdo! Alegou o Dep. Claudio Cajado que idades menores a essas são imaturos! Ora, existem polícias que admitem pessoas com até 18 anos! Esses congressitas tem visão agressivamente distorcida da realidade e moucos quanto ao anceio de maioria da população.

  13. Quando esses políticos idiotas vão aprender que eles trabalhão para o povo são servidores públicos e não ditadores públicos estão lá para atender a demanda do povo que ficou bem clara no refendo com o não ao estatuto do desarmamento.
    Esse deputado ca já do deve sofre de algum problema mental tem dificuldades cognitivas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *