Arquivo do blog

Campanha Nacional de Doação de Sangue

 

Dia 2 é Campanha Nacional de Doação de Sangue do Instituto DEFESA. Dirija-se até o posto de coleta mais próximo e faça sua doação.

Não se esqueça de tirar uma foto e nos enviar para publicarmos. Isso é muito importante para incentivar os próximos!

Doe sangue!

Linha de canecas colecionáveis sobre armas

Agora você pode encontrar na nossa loja parceira, Manias Táticas, a pronta entrega, o primeiro modelo de nossa linha de canecas colecionáveis do DEFESA, com o tema armas.

O primeiro item da coleção vem com o símbolo do defesa e com a frase “É impossível escravizar um povo armado”

Confira algumas fotos e acesse o link abaixo para garantir a sua. A tiragem é única e o estoque é limitado.

 

Clique aqui para comprar

 

Cidadão armado impede bandido armado no RJ sem disparar um tiro sequer.

Lucas Parrini

Parrini é colaborador do Instituto DEFESA, estudante de segurança pública e curioso em criminologia e assuntos relacionados a combate.

Rio de Janeiro, 30/06/2018

Bandido armado se rendeu aos gritos de “Perdi!” quando um cidadão armado reagiu ao assalto, e não precisou disparar nenhum tiro para isso. O caso aconteceu no Rio de Janeiro, Centro, ontem a tarde.

O cidadão em questão é Alexandre Knoploch, empresário e pré-candidato a deputado estadual no RJ pelo PSL, que através de sua assessoria contou ao Instituto DEFESA o ocorrido.

Alexandre é atleta do tiro (CAC) devidamente autorizado por lei a portar sua arma municiada e na cintura, e estava indo para o clube que é filiado, o Colt 45, conhecido pela excelência de treinamentos que ministra para seus membros. Em sua rota para o clube, em algum momento sua atenção foi atraída por gritos de “Pega ladrão!” e quando notou o bandido correndo, conseguiu intervir sem precisar efetuar nenhum disparo, pois quando o bandido mesmo armado com um revólver 38 se deu conta que ali havia um cidadão armado, se rendeu aos gritos de “Perdi! Perdi!”. Será um sinal de inteligência nessa espécie?

“… quando o bandido mesmo armado com um revólver 38 se deu conta que ali havia um cidadão armado, se rendeu aos gritos de “Perdi! Perdi!”.”

Com a ajuda de policiais militares que chegaram ao local, os procedimentos legais foram adotados.

O tralhudo fez a famosa “saidinha de banco” e sua vítima era outro cidadão, um senhor de 78 anos que havia acabado de sacar R$ 5.000,00. Pra quem conhece o conceito “Defesa de Terceiros”, este é um ótimo exemplo. Parabéns e obrigado, Alexandre!

Se nosso judiciário podre não usar nosso sistema penal mais podre ainda para soltá-lo na Audiência de Custódia, o desgraçado vai se lascar na cadeia enquanto pensa que está vivo por pouco.

Alexandre é a favor de todo cidadão ter o direito de portar sua arma para legítima defesa, como aconteceu ontem. Já concedeu entrevista para o ID (veja aqui) e já foi entrevistado pelo Café com Pólvora (veja aqui).

O vídeo da prisão pode ser conferido aqui: https://www.facebook.com/aknoploch/videos/1843893152579318/

3º Encontro do DEFESA em SC terá presença do Dep. Peninha

No dia 4 de agosto de 2018, o Clube Alberto Scheidt, em Criciúma/SC, sediará mais um encontro do Instituto DEFESA no Estado de Santa Catarina.

Os encontros do Instituto DEFESA são oportunidades únicas para que o ativismo pró-armas seja discutido quanto a resultados, metas, opiniões e planejamentos e são realizados em todo o Brasil.

Na próxima edição, contaremos com a presença do Autor do PL 3.722/12, que revoga o Estatuto do Desarmamento, Dep Rogério Peninha Mendonça (PMDB/SC), que palestrará sobre o projeto e o cenário legislativo na questão das armas.

Está prevista também a presença do Sr. Dep. Ronaldo Benedet (PMDB/SC), que sempre foi um forte apoiador da liberdade de acesso às armas, inclusive pleiteando medidas frente ao Exército Brasileiro pela flexibilização das normas infralegais.

A entrada para o evento é um Kg de alimento não perecível, que será destinado a uma entidade carente da região.

Participe. É uma excelente oportunidade para os catarinenses fazerem a necessária pressão política sem se deslocarem até Brasília.

As inscrições são realizadas pelo grupo do Estado de SC no Whatsapp, acesse: https://chat.whatsapp.com/ENnn1K4htk99FhDHKFpgDc

 

Parceria com o 1911 Shooting Club – São Paulo

É com enorme prazer que anunciamos mais uma parceria com vantagens para os associados premium (de carteirinha) do Instituto DEFESA.

 

A partir de agora, nossos membros premium têm 5% de desconto para todos os serviços e filiação no 1911 Shooting Club, em pagamentos a vista.

 

O 1911 é um dos mais conhecidos clubes de São Paulo (Capital). Aproveite:

 

(11) 2236-2112 / 96994-1911 /96999-1911

facebook.com/1911shootingclub

Rua Professora Romilde Nogueira de Sá, 90

 CEP 02470-000 | Santana | São Paulo-SP

Site: https://www.1911shootingclub.com.br

Sorteio de uma faca R Vilar no Instagram do DEFESA

Confira!
http://www.instagram.com/institutodefes

DT Pró Armas oferece desconto para membros premium

A DT Pró Armas passou a oferecer 10% de descontos os serviços de armeria para os membros premium (de carteirinha) do Instituto DEFESA.

Ótima oportunidade para deixar suas armas do jeito que você precisa e usufruir de mais este benefício da nossa filiação.

Contatos:

Telefone: 54996875013
@dtproarmas

Atirando nos EUA – Relato de uma experiência

Marcelo Wuo Lopes, Engenheiro, casado e pai de uma garotinha de 3 anos. Ativista pró-armas e entusiasta político, acredita que o brasileiro mereça sua própria 2ª Emenda.

Olá amigos das armas. Quando surgiu a oportunidade de tirar umas férias nos Estados Unidos em março, para visitar minha irmã e seu marido em Chicago, prontamente me certifiquei de que ele, Marco, estaria interessado em ir num stand de tiro comigo, pois sei que as meninas não têm interesse na atividade.

Pesquisei e vi que a poucos minutos da casa deles há um stand de tiro junto a uma loja de armas e acessórios e uma oficina própria, isto é, um local único com todos os serviços para entusiastas e suas armas.

Entrei em contato e fui informado que poderia atirar lá sem problemas, mas conforme a legislação do Estado de Illinois, é obrigatório o porte de um documento de identificação de possuidor de arma de fogo (FOID – FirearmOwner ID) ou o acompanhamento de um instrutor certificado, pelo valor de US$50,00 por hora. Meu caso é o segundo, então agendei pelo site e paguei no cartão os dólares necessários.

Vamos acelerar para o dia do agendamento. 17:45, chegamos à loja e ao nosso lado parou uma pick-up de onde desceram 2 homens com 2 malas, que posteriormente vi que eram os seus rifles pessoais. Fomos atendidos de maneira muito cordial e nos explicaram que pagaríamos então o aluguel da arma a nossa escolha (curta ou longa), a munição utilizada e os alvos. O instrutor conversou um pouco conosco e recomendou que atirássemos em turnos de 10 disparos, para irmos melhorando ao longo dos 60 minutos. Compramos então 5 alvos cada e 100 munições, pagando por isso US$125,00 (munição US$60,00 / 100 disparos) e as taxas da arma e alvos completaram os outros dólares.

Fomos para uma sala de aula onde fomos instruídos sobre postura de tiro, um pouco da mecânica da arma e a mira e visada, nesse caso com uma réplica da pistola que escolhemos (Uma Smith &Wesson 9mm) cujo cano era equipado com uma laser pointer, para treinarmos a mira na sala de aula. A arma simulava o peso e todo o resto.

Instruções dadas e fomos para o range. Lá dentro havia umas 10 pistas de tiro, das quais 4 ocupadas. Numa delas havia um homem e um garoto aparentando ser seu filho, com não mais de 12 anos, atirando normalmente e dando um verdadeiro show.

Fizemos 50 disparos divididos em 5 rounds de 10 e visivelmente o progresso apareceu, com o agrupamento cada vez melhor. O instrutor ao lado o tempo todo nos orientava e corrigia conforme necessário.

Ao final, recebemos o elogio dele: Eu não gostaria de enfrentar nenhum de vocês armados.

Aventura recomendada a todos.

Cabe uma observação: Illinois provavelmente tem preços mais altos pois é um Estado com uma legislação bem restritiva de armas de fogo. Atirar no Texas ou em Vermont certamente é mais barato e pode-se encontrar ranges ao ar livre e até rifles com mira acoplada. Mas isso é pra uma outra viagem.

Abraços,

Unidos Somos Invencíveis

Marcelo Wuo Lopes, para o ID-RJ

Nota do Portal: Obrigado Marcelo por compartilhar essa experiência com todos nós do Instituto DEFESA!

PMs que protegiam deputados como se fossem seguranças privados são chamados de volta

Lucas Parrini

Lucas Parrini é colaborador do Instituto DEFESA e curioso em criminologia e assuntos relacionados a combate e segurança.

Apesar de ser contra a militarização de polícias, o político Marcelo Freixo está a mais de 10 anos usando policiais militares como seguranças privados, mesmo possuindo poder financeiro suficiente para pagar pela sua proteção ao invés de usar agentes públicos.

O ato de tirar policiais das ruas para trabalharem como guarda-costas pessoal do deputado, ajuda a aumentar o desfalque na segurança pública do RJ uma vez que estes agentes deveriam estar trabalhando para a sociedade, não para um político.

Policiais militares fazendo sua proteção pessoal é um privilégio que o cidadão comum, aquele que ganha um salário mínimo, não tem.

A determinação de retirar 87 dos 146 policiais militares que estão sendo usados pela ALERJ como seguranças privados de políticos assustou muitos deputados nesta segunda feira.

Exatamente o ato de tirar policiais das ruas para realizarem proteção pessoal foi uma das justificativas usadas pelo secretário de segurança Richard Nunes, ao dizer que a PM “se encontra com um déficit de efetivo e, mesmo se convocados todos os aprovados no último concurso, não alcançará o contingente previsto para a corporação, o que traz dificuldades para o cumprimento de sua missão constitucional”.

De acordo com o decreto estadual 41.687/2009, o empréstimo de policiais militares pode ser suspenso se houver mais de 2 meses de atrasos no pagamento ao governo do Estado. A ALERJ usou e não pagou.

Pela resolução publicada nesta segunda-feira no Diário Oficial, os PMs têm que se apresentar imediatamente ao Comando da corporação, sob pena de sofrerem punições previstas no Código Penal Militar.

Segundo o major Ivan Blaz, coordenador do Centro de Comunicação Social da PM, até as 10:45 desta segunda-feira, nenhum dos 87 policiais se apresentou no Quartel General. A falta ao serviço já está sendo contabilizada e quem não comparecer a partir desta segunda-feira terá os dias faltosos contados.

Casimiro de Abreu – RJ recebe 4º encontro do Instituto DEFESA

Lucas Parrini

Lucas Parrini é colaborador do Instituto DEFESA e curioso em criminologia e assuntos relacionados a combate e segurança.

Neste domingo, 08/04/2018, a cidade de Casimiro de Abreu, interior do estado do RJ, recebeu o 4º encontro do Instituto DEFESA.

O evento ocorreu no CFAV – Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Vigilantes e quem ajudou a organizar foi o Alessandro da Overwatch Firearms.

Com aproximadamente 40 participantes, seguimos a tradição do café da manhã onde todos puderam conversar, conhecer gente nova, trocar idéias, rever grandes amigos e passamos para a palestra. Para encerrar fomos para a atividade de tiro onde os participantes puderam praticar com pistolas e revólveres.

Infelizmente houveram alguns contra-tempos com as munições e com outros palestrantes, mas nada impediu a realização do evento ou a prática de tiro. O local é novo, está em desenvolvimento, mas tem muito potencial de se tornar um estande de tiro gigante. Tem bastante espaço para ser explorado em pistas de competições, tiro a distância, estande outdoor além do já existente que é indoor e já possui até uma área de lazer para confraternizações, no qual o Instituto DEFESA e seus membros já foram convidados para celebramos.

Como de costume, o próximo encontro já está sendo planejado.

 

Parabenizo o Alessandro pela coragem e esforço, tenho certeza que sua atual dedicação se tornará seu sucesso no futuro!

Agradeço a honra da presença de todos os participantes!

Unidos somos invencíveis!