Arquivo do blog

Segura essa, Bloomberg: Índice de homicídios em Chicago é o mais baixo nos últimos 56 anos graças as permissões de porte velado

Traduzido por Lucas Parrini

Texto original publicado em 26 de Agosto de 2014, por Greg Campbell

Mesmo que ninguém tenha perguntando, mas permita-se ser o primeiro a dizer: “Você é bem vindo, Rahm Emanuel. A cidade dele está mais segura graças a todos aqueles que lutaram pelo direito de legítima defesa.

Chicago está experimentando uma dramática redução nos índices de crimes violentos, o que não coincidentemente, está diretamente relacionado ao altíssimo aumento de permissões para porte velado emitidas aos cidadãos de Windy City. Com contínuos pedidos para porte velado nos últimos meses, batedores de bolsa, assaltantes, assassinos e outras criaturas nefastas estão cada vez mais em dúvida sobre quem está portando uma arma ou não.

Sendo assim, a cidade que antes estava vivendo uma verdadeira zona de guerra, pode começar a respirar com mais tranqüilidade, graças aos esforços dos patriotas que lutaram para dar belos “ponta-pé” em algumas autoridades de Illinois, para o cenário pós-Heller.

De acordo com o The Washington Times:

“Desde que Illinois começou a emitir permissões para porte velado neste ano, o número de furtos seguidos de prisão em Chicago foi reduzido em 20% desde o último ano. De acordo com o departamento de estatísticas da polícia, o número de denúncias de furtos e de roubos de carros desceu 20% e 26%, respectivamente. No primeiro trimestre, o índice de homicídios da cidade foi o menor dos últimos 56 anos.”

Uma pequena retrospectiva: O índice de homicídios foi o menor dos últimos 56 anos.

A última vez que esta taxa estava baixa, Eisenhower estava na casa Branca, Vietnã ainda era um problema da França, Mickey Mantle ajudou o New York Yankees a vencer o Milwaukee Braves no World Series e o Chicago’s Bears estava jogando em Wrigley Field.

Mas, espere… Talvez a polícia esteja trabalhando melhor, certo?

Com todo o respeito pelos homens e mulheres de azul, o método científico nos obriga a focar nas variáveis. Não houve mudanças na polícia, as autoridades (incluindo a polícia) fizeram exatamente o mesmo trabalho de sempre e mantiveram os mesmos padrões e ações legais, os mesmos que nunca foram eficazes em conter e reduzir a criminalidade.

Richard Pearson, diretor executivo do Illinois State Rifle Association, uma organização que fez um trabalho crucial em trazer este direito fundamental para as terras de Lincoln, comentou:

“Não é coincidência que a criminalidade está reduzindo enquanto as emissões de porte velado estão subindo. Apenas a idéia do criminoso não saber quem está armado já emana um efeito dissuasivo. O departamento de polícia não mudou sequer uma única tática, não anunciaram nenhuma mudança na polícia – e mesmo assim, nós temos estes números incríveis.”

O que de fato mudou, é o número impressionante de portes velados solicitados. Segundo Pearson, Illinois recebeu 83.163 pedidos de porte velado e emitiu 68.549 até o final de Julho. Illinois começou o processo em Janeiro deste ano. Pearson estima que mais de 100.000 cidadãos de Illinois terão suas permissões para portar veladamente até o final do ano – fato que não passou despercebido pelos criminosos.

Um cenário de referência é que em Janeiro, o número de pedidos para porte velado ultrapassou de longe os pedidos pelo Obamacare. Claro, para ser honesto, somente uma dessas escolhas lhe dá o poder de lutar para salvar sua vida ou a da sua família.

A prova está clara, a Segunda Emenda finalmente apareceu no último estado da União para lutar pelo direito de possuir e portar armas de maneira apropriada. Mas não se engane: Chicago ainda está extremamente violenta e os criminosos continuam inovando em suas atividades, coisa que ainda está muito presente em Windy City.

Traduzido a partir do original publicado em http://www.tpnn.com/2014/08/26/take-that-bloomberg-chicagos-murder-rate-dips-to-56-year-low-thanks-to-concealed-carry-permits/

Homem é salvo de tiro pelo tecido da camisa

Tem circulado nas redes sociais um vídeo onde um homem supostamente é salvo de um tiro pela sua camisa, que impede a penetração do projétil.

Não sabemos a fonte nem a veracidade dos fatos, mas aí vai o vídeo pra quem quiser ver.

Membro do Instituto DEFESA fotografa viatura da PM/GO com adesivo da Campanha do Armamento

Um membro do Instituto DEFESA nos enviou esta foto, na qual uma viatura da Polícia Militar do Estado de Goiás aparece com um adesivo da Campanha do Armamento colado em seu vidro traseiro.

Esperamos que a moda pegue! Unidos somos invencíveis.

 

Viatura da PM/GO com adesivo da Campanha do Armamento

Viatura da PM/GO com adesivo da Campanha do Armamento

 

Campanha do Armamento ultrapassa 200.000 curtidas no Facebook

200 mil curtidas no Facebook: 27 de Agosto de 2014

200 mil curtidas no Facebook: 27 de Agosto de 2014

A página no Facebook da maior organização da América Latina, que luta para recuperar, ampliar e conservar o direito de acesso às armas acompanha a grandeza da instituição.

A Campanha do Armamento, como são chamadas as páginas do Instituto DEFESA nas redes sociais Facebook, Twitter e YouTUBE acaba de ultrapassar os 200.000 seguidores.

A página do Instituto DEFESA tem diversas atualizações diárias, com informações pertinentes à liberdade e ao direito de acesso às armas.

Acesse a Campanha do Armamento e junte-se a este grupo.

Conheça também o Instagram do Instituto DEFESA. Clique aqui.

Demetrius Oliveira visita clube Aquila com Camisa do Instituto DEFESA

demetrius

 

Presidente da Confederação Brasileira de Tiro Prático, Demetrius Oliveira visitou essa semana o Clube Áquila de Tiro Prático, em Belo Horizonte/MG. Vestindo a Camisa Polo do Instituto DEFESA, Demetrius treinou e divulgou as atividades do Instituto DEFESA.

Conheça a Confederação Brasileira de Tiro Prático clicando aqui.

Conheça o Clube Áquila de Tiro Prático clicando aqui.

Adquira sua Camisa Polo do Instituto DEFESA clicando aqui.

DFPC dá celeridade aos processos pendentes

Brasília, DF. 12 de Agosto de 2014.

Em cumprimento à portaria COLOG 16/2014, a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro vem dando celeridade aos processos pendentes junto ao órgão.

Concessões de CR – até então muito atrasadas – vêm saindo por todo o território nacional, permitindo o acesso a novos atiradores à prática do tiro, colecionismo ou caça.

Espera-se que a medida seja suficiente para colocar todos os atrasos do órgão em dia, e que a suspensão dos novos protocolos não precise durar os 180 dias previstos.

Leia também:

Exército Brasileiro aceita participação do Instituto DEFESA na reelaboração das normas que regem atiradores, colecionadores e caçadores

E você? Tem processos pendentes na DFPC? Conte-nos seu caso.

Americano faz gatling gun .22LR no quintal de casa

Lucas Silveira encontra vice-presidente de Comissão Especial

 

Lucas Silveira (à esq.) e Dep. Guilherme Campos (à dir.), vice-presidente da Comissão Especial para tratar do PL 3.722/12

Lucas Silveira (à esq.) e Dep. Guilherme Campos (à dir.), vice-presidente da Comissão Especial para tratar do PL 3.722/12

Lucas Silveira encontrou, em Agosto, o Deputado Guilherme Campos (PSD/SP), vice-presidente da Comissão Especial desenvolvida para proferir parecer sobre o PL 3.722/12, que objetiva revogar o Estatuto do Desarmamento.

O vice-presidente se mostrou aberto às ideias do Instituto DEFESA e o PL 3.722/12 deve ser aprovado na Comissão Especial.

Conheça os outros membros que compõem a comissão:

Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 3722, de 2012, do Sr. Rogério Peninha Mendonça, que “disciplina as normas sobre aquisição, posse, porte e circulação de armas de fogo e munições, cominando penalidades e dando providências correlatas” (altera o Decreto-lei nº 2.848, de 1940 e revoga a Lei nº 10.826, de 2003) – PL372212

Presidente: Marcos Montes (PSD/MG)
1º Vice-Presidente: Guilherme Campos (PSD/SP)
2º Vice-Presidente: João Campos (PSDB/GO)
3º Vice-Presidente: Arnaldo Faria de Sá (PTB/SP)
Relator: Claudio Cajado (DEM/BA)

 

 

TITULARES SUPLENTES
PT
4 vagas 4 vagas
PMDB
Edio Lopes PMDB/RR (Gab. 350-IV) Alceu Moreira PMDB/RS (Gab. 445-IV)
Rogério Peninha Mendonça PMDB/SC (Gab. 656-IV) (Deputado do PMN ocupa a vaga)
Sandro Mabel PMDB/GO (Gab. 443-IV) 1 vaga
PSDB
João Campos PSDB/GO (Gab. 315-IV) (Deputado do SD ocupa a vaga)
Nelson Marchezan Junior PSDB/RS (Gab. 250-IV) 1 vaga
PSD
Guilherme Campos PSD/SP (Gab. 283-III) Moreira Mendes PSD/RO (Gab. 943-IV)
Marcos Montes PSD/MG (Gab. 334-IV) 1 vaga
PP
Jair Bolsonaro PP/RJ (Gab. 482-III) Guilherme Mussi PP/SP (Gab. 712-IV)
Jerônimo Goergen PP/RS (Gab. 316-IV) José Otávio Germano PP/RS (Gab. 424-IV)
PR
Bernardo Santana de Vasconcellos PR/MG (Gab. 854-IV) (Deputado do PTdoB ocupa a vaga)
PSB
Gonzaga Patriota PSB/PE (Gab. 430-IV) Alfredo Sirkis PSB/RJ (Gab. 240-IV)
DEM
Claudio Cajado DEM/BA (Gab. 630-IV) Alexandre Leite DEM/SP (Gab. 841-IV)
Onyx Lorenzoni DEM/RS (Gab. 828-IV) – vaga do PDT
SD
Fernando Francischini SD/PR (Gab. 265-III) Dr. Grilo SD/MG (Gab. 645-IV) – vaga do PSDB
Simplício Araújo SD/MA (Gab. 587-III)
PTB
Arnaldo Faria de Sá PTB/SP (Gab. 929-IV) Nelson Marquezelli PTB/SP (Gab. 920-IV)
Bloco PV, PPS
1 vaga 1 vaga
PROS
Major Fábio PROS/PB (Gab. 368-III) José Augusto Maia PROS/PE (Gab. 758-IV)
PDT
Enio Bacci PDT/RS (Gab. 930-IV) (Deputado do DEM ocupa a vaga)
PCdoB
1 vaga 1 vaga
PSC
Andre Moura PSC/SE (Gab. 846-IV) 1 vaga
PSOL
Ivan Valente PSOL/SP (Gab. 716-IV) 1 vaga
PTdoB
Lourival Mendes PTdoB/MA (Gab. 937-IV) – vaga do PR
PMN
Francisco Tenório PMN/AL (Gab. 476-III) – vaga do PMDB

Secretário(a): Leila Machado Campos
Local: Anexo II – Pavimento Superior – Sala 165-B
Telefones: (61) 3216-6212
FAX: (61) 3216-6225

Lucas Silveira conversa com Dep. Rogério Peninha sobre andamento do PL 3.722/12

Dep. Rogério Peninha Mendonça (à esq.) e Lucas Silveira (á dir.)

Dep. Rogério Peninha Mendonça (à esq.) e Lucas Silveira (á dir.)

No dia 06 de Agosto de 2014, o Deputado Rogério Peninha Mendonça, autor do PL 3.722/12, que pretende revogar o Estatuto do Desarmamento, recebeu Lucas Silveira, em nome do Instituto DEFESA, para conversar sobre o andamento do PL 3.722/12 e traçar estratégias para o apoio da entidade ao andamento do processo legislativo.

O Projeto de Lei aguarda votação em comissão especial desenvolvida para analisar o PL.

Instituto DEFESA organiza desfile de Atiradores no próximo 7 de Setembro, em Curitiba

Após negociações com o Exército Brasileiro e com a Prefeitura Municipal de Curitiba, pela primeira vez na história da capital paranaense, atletas do tiro poderão desfilar no Dia da Independência, na Av. Cândido de Abreu.

O evento, que acontece há décadas, sempre é consubstanciado por militares e tem valor histórico inequívoco.

Membros do Instituto DEFESA são convidados a desfilar. Envie um email para lucas@defesa.org e saiba como participar do mais importante evento cívico do ano.