Arquivo mensais:outubro 2014

Armando Souto de Moraes


Faça como o Armando Souto de Moraes, mostre que está preparado .

Perfil de Armando Souto de Moraes

Pela direito a Liberdade, a Paz, o Lazer e a Segurança. Junte-se a nós! Queremos nosso direito de volta.

Ricardo Oliveira Silva


Faça como o Ricardo Oliveira Silva, mostre que está preparado .

Perfil de Ricardo Oliveira Silva

” Para mim só vive em paz, quem aprende a lutar”

Carlos Cardoso Doná


Faça como o Carlos Cardoso Doná, mostre que está preparado .

Perfil de Carlos Cardoso Doná

Clube do tiro Colatina/ES

Jose Raimundo Barreto


Faça como o Jose Raimundo Barreto, mostre que está preparado .

Perfil de Jose Raimundo Barreto

Ricardo Totti


Faça como o(a)Ricardo Totti, mostre que está preparado(a).

Perfil de Ricardo Totti

Outra indignação, pq para o civil tem restrição de calibre, e bandidos andando de 9mm,.40.45 fora armas de guerra, tipo fuzis AR 15 ???

Devolvam nosso direito já!!

David Vilanova Vilanova de Lima


Faça como o David Vilanova Vilanova de Lima, mostre que está preparado .

Perfil de David Vilanova Vilanova de Lima

Daniel DANIEL DE MENEZES ALVES Menezes


Faça como o Daniel DANIEL DE MENEZES ALVES Menezes, mostre que está preparado .

Perfil de Daniel DANIEL DE MENEZES ALVES Menezes

Marinho Vianna


Faça como o Marinho Vianna, mostre que está preparado .

Perfil de Marinho Vianna

Como o resultado das eleições afeta a luta pelo direito de acesso às armas no Brasil?

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA.

Como o resultado das eleições afeta a luta pelo direito de acesso às armas no Brasil?

Positivamente, por incrível que pareça. Por mais pessimistas que tenhamos em todo o Brasil neste momento, o resultado geral das eleições de 2014 foi um enorme avanço para a luta pelo direito de acesso às armas.

Poderia ser muito melhor, é verdade. Com a mudança da linha de sucessão na Presidência que ignorou o Referendo de 2005, provavelmente a chance de o povo ser, finalmente, ouvido, seria muito maior.

Os terroristas de plantão que me desculpem. Precisamos concordar: a democracia funciona, e muito bem. Não foi possível obter todo o desejado, mas boa parte dele. Não é exatamente isso que significa uma conciliação? Quer ver só?

– Senado: Dos 27 Senadores eleitos, apenas CINCO já exerciam mandato.

– Câmara dos Deputados: Praticamente 50% renovada.

O PT, que tinha 86 Deputados, agora tem apenas 70. Somado com o PV, outro partido declaradamente desarmamentista, são 78 cadeiras, pouco mais de 15% do total da Câmara.

Nos Estados, um dos ícones do desarmamento, Tarso Genro, foi derrotado no Rio Grande do Sul,

Estamos mais fortes. Estamos avançando. Não na velocidade que gostaríamos, mas na direção certa.

Além disso, a flagrante divisão que se tornou o Brasil nos últimos meses, minou a governabilidade da Presidente e do seu partido, que terão que pisar em ovos e ceder cada vez mais, se pretenderem continuar vivos.

Com o crescimento exponencial de associados no Instituto DEFESA, de cidadãos que pretendem reaver o direito de acesso às armas, é inequívoca a necessidade de se tratar do assunto em breve.

O PL 3.722/12, que pretende revogar o Estatuto do Desarmamento, deve ser votado na Comissão Especial nos próximos dias. Deverá ir a plenário no início de 2015 e, com a nova composição, estamos mais perto da aprovação do que nunca.

O futuro continua em suas mãos. Faça a sua parte.

Unidos somos invencíveis.


 

Clique aqui para se cadastrar gratuitamente no Instituto DEFESA. Clique em “assinatura” e torne-se também um assinante Premium por cerca de 50 centavos por dia. Parece pouco, mas faz toda a diferença.

ROMILDO MUNIZ FERNANDES


Faça como o ROMILDO MUNIZ FERNANDES, mostre que está preparado .

Perfil de ROMILDO MUNIZ FERNANDES

Pessoas armadas e bem treinadas podem e devem ter o direito de se defender. Abaixo o estatuto do desarmamento!