Vítima reage em tentativa de assalto em Teresina e mata bandido a tiros

08/02/2015 às 10h00

Gerson Francisco de Araújo, de 26 anos, que supostamente tentou roubar um celular na noite deste sábado (07/02), acabou sendo morto com um disparo de arma de fogo na rua Delfino Vaz, bairro Primavera, zona Norte de Teresina. O crime aconteceu por volta de 20h32.

reage com celular

Atingido com um disparo na virilha, o jovem, que seria usuário de drogas, ficou caído na calçada de uma residência.

O local onde ocorreu o crime fica por trás do supermercado Atacadão, região da concentração do Corso, trajeto também escolhido por muitos na hora da dispersão. A vítima seria um folião que já teria deixado o corso e se dirigia para casa.

“Ele supostamente tentou roubar o celular de uma pessoa, que reagiu, e acabou atingido o jovem com um disparo de arma de fogo na virilha. O agressor não foi identificado”, afirmou o coronel Marcio Oliveira, comandante de policiamento da capital, negando boatos de que ele teria sido vítima de uma bala perdida no Corso, que ocorria naquela região na noite de ontem.

A vítima, segundo o coronel, tinha histórico de pequenos furtos.

“As pessoas fazem tempestade no WhatsApp, espalham informações erradas para confundir a sociedade”, disse o militar ao 180, por telefone.

HOMICÍDIO NA ZONA SUDESTE
Outro homicídio registrado na noite de ontem vitimou um jovem de 17 anos, identificado apenas pelo apelido de Julim. “Este já era conhecido no mundo do crime, várias passagens pela polícia como assaltante e envolvido até em homicídio, integrante da gangue R2, do Renascença. Ele foi encontrado por desafetos que o mataram”, disse o comandante.


 

Publicado Originalmente em http://180graus.com/sirene-policial/homem-tenta-assaltar-celular-mas-a-vitima-reage-e-o-atinge-com-um-tiro Por: Apoliana Oliveira

Título adaptado pelo Instituto DEFESA.


Publicado em Reação armada
4 comentários sobre “Vítima reage em tentativa de assalto em Teresina e mata bandido a tiros
  1. José Rodrigues disse:

    “o agressor não foi identificado”… Olha a foto do agressor aí. Até quando vamos ter essa inversão de valores na imprensa?

    • Lucas Parrini disse:

      Na imprensa não, na cabeça das pessoas.
      Adoram “dar voz de comando”: Direitos humanos! Mas calma aí, e os direitos humanos da vítima? Ou seja, só o bandido é humano? Olha a distância emocional que praticam todos os dias. Isso é perigoso, tem que acabar.

    • Geraldo Menese disse:

      Concordo totalmente com voce!!!!!!

  2. valdir ap rocha disse:

    concordo plenamente afinal nos que trabalhamos o ano inteiro p sustentar esses vagabundos quando vão p cadeia, temos q ter direitos humanos tbm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*