Teste Munição CBC Magtech calibre .380 em Gelatina balística – Silver Expo X Gold Expo



Publicado em Vídeos
30 comentários sobre “Teste Munição CBC Magtech calibre .380 em Gelatina balística – Silver Expo X Gold Expo
  1. Honorato disse:

    Por favor realizem o teste com a munição de .38

  2. Ricardo disse:

    Para calibres fracos , a penetração é mais importante do que o poder de parada, logo a munição silver mostrou-se mais eficaz para a defesa. Infelizmente as “autoridades” não sabem que devido ao calibre pequeno haverá necessidade de um maior número de disparos, e vão falar no “excesso”. O fato é que apenas um disparo de 45 poderia resolver, mas você terá de fazer de 3 a 4 disparos aumentando a probabilidade de causar um ferimento mortal. Pode parecer contraditório mas quanto menor o calibre ,mais mortal ele é!

    • R disse:

      Discordo. Se o projetil transfixar, devido a grande penetração,não terá um grande poder de parada e poderá acertar em um inocente. Já a Gold, conforme visto, causa uma grande expansão interna que pode atingir órgãos vitais, além de transmitir tida a energia ao alvo, por não transfixá-lo. A Silver atende mais o caso de alvo atrás de obstáculos não tão densos.

      • Ricardo disse:

        A transfixação pode ocorrer com qualquer calibre dependendo da região em que o projétil atinja, e não é incomum no .38 com ponta de chumbo inclusive. A munição .380, por si só é anêmica (não se pode falar em poder de parada) e como você viu no excelente teste de balística, a munição silver (já fora de linha) está dentro dos parâmetros preconizados pelo FBI para o quesito.(penetração mínima e máxima).A munição gold faria bem o papel se tivesse mais potência e alcançasse o padrão FBI de 12 polegadas , o que não ocorre.Existia a munição silver etog (FMJ), que a CBC indica para alvos “barricados” que pode realmente transfixar com maior facilidade e causar uma ocorrência infeliz. O assunto é vasto e repleto de teorias!!.
        Grande abraço

    • Leonardo disse:

      Sr. Ricardo,

      Minha dúvida é: uma pistola .45 é menos mortal que uma .22 ??? Pois vc disse “Pode parecer contraditório mas quanto menor o calibre ,mais mortal ele é!”. Tire minha duvida por favor.

      • renan ribeiro disse:

        Concordo e muito com o que ele disse…

        Quando VC utiliza um calibre menor..com menor potencial de neutralizar um agressor….VC automaticamente em uma reação irá realizar disparos até que neutralize o agressor…

        Que um exemplo…
        Um conhecido deu 5 tiros em um marginal.. De .380…
        O cara se virou correu um pouco e caiu na esquina onde morreu…

        E ontem assisto um vídeo onde um policial acerta um vagabundo com um tiro de .45 na cravicula… O cara caiu na hora….posteriormente socorrido…não morreu…não atingiu órgãos importantes ..

        Mais ou menos por aí..
        Menor calibre é igual a mais tiros…que aumentam o risco de morte…

      • Ricardo disse:

        Olá Leonardo, o Renan foi bem claro e correto ou seja “probabilidade”, mais disparos maior a chance de acertar algum ponto vital é maior. Quanto a mortalidade dos calibres depende somente do ponto que alvejar. Segundo dizem, parece que o famoso serviço secreto de Israel, utilizava o calibre .22 e não podemos esquecer de James Bond que utiliza o .32 auto(7.65) em quase todos os seus filmes rs. Considerações a parte o treinamento é a maior garantia da efetividade do calibre. Grande abraço

        • Brayan disse:

          Ricardo, essa nova munição que está sendo vendida no lugar da Silver Point é inferior ou possui a mesma característica, apenas mudando a cor?

          • Ricardo disse:

            Olá Brayan,desculpe a demora mas fim de ano sabes como é!.Feliz 2016. Quanto a munição nova ,parece ser igual a silver que fora retirada do mercado por razões “ecológicas” poluidora por causa do seu banho prateado!!. Aparentemente a nova munição tem as mesmas características da silver ou seja peso , +p etc. Não fiz testes de cunho científico , mas me pareceu igual ao fazer disparos com munição intercalada no carregador. Como única opção legal no Brasil, continuo usando-a. Abraço

  3. ali reslan disse:

    gostaria de esclarecer uma duvida, as muniçoes silver point .380 sao transfixantes como as de .38 spl? ou seja, elas podem transfixar o corpo de uma pessoa e fazer outra vitima?

    • Ricardo disse:

      Qualquer projétil de quase todos os calibres, mas principalmente os de alta velocidade, podem transfixar um corpo dependendo de onde ele atinge. Também o cal. .38 pode fazer isto,dependendo do local e o tipo de munição, toda jaquetada, +p etc.Mas raro são os incidentes que causam fatalidade ao transfixar um corpo e atingir outro( falando-se dos calibres fracos).Essa preocupaão deve ter com os calibres 9mm,357magnum e daí por diante.abraço

  4. Ricardo disse:

    Dica: Controle da umidade e oxidação para conservar armas e munições!!. Silica Gel em sachês, cápsula e a granel. Softpost do Brasil . http://www.cacaumidade.com.br e-mail vendas@softpost.com.br
    O produto vem em grãos que mudam de cor conforme retiram a umidade.
    Pode-se armazenar munição dentro de uma garrafa pet vazia com o produto que mantém a munição seca.

    • Lucas Silveira disse:

      Ricardo,

      Ao invés de expor seu produto desta forma aqui nos comentários, por que não entra em contato via lucas@defesa.org que combinamos uma forma de apresentá-lo adequadamente aos nossos membros?

      • Ricardo disse:

        Lucas,eu não estou expondo meus produtos, como atirador e colecionador ,estou dando a dica para conservação de munição e armas, desculpe se atrapalhei a sua comercialização seja lá do que for!!.Não sou dono de nenhum anti-mofo,mas o produto é muito bom e bem mais barato do que comprar em super-mercado, usar arroz ou talco como no século 19! Abraço

        • Lucas Silveira disse:

          OI Ricardo, não precisa ficar ofendido, colega.

          Apenas quis ajudar a dar visibilidade ao seu produto, imaginando que isso fosse ajudá-lo a crescer economicamente.

          Estamos aqui para ajudar!

  5. francisco disse:

    A munição G2R R.I.P. é permitida no Brasil? Obrigado pela atenção!

  6. raphael disse:

    excelente o vídeo! Pessoal, comentem sobre o vídeo kkkkk abraço a todos!

  7. adalberto disse:

    Bom dia.
    Gostaria de saber se a CBC parou de fabricar a munição Silver Point nos calibres .380 e .38.
    Obrigado, o vídeo foi legal.

  8. Rodrigo disse:

    G2R R.I.P vi o video teste. Incrivel a capacidade e eficacia desta muniçao. So nao sei se existe no cal. 380 no Brasil. Se algum colega tem esse conhecimento peço gentilmente q divulgue e em q lojas se pode encontra-las. Obrigado.

    • Ricardo disse:

      A munição G2R R.I.P pelo que sabemos não é vendida legalmente em nosso pais, podemos contar somente com as munições da cbc e da militária (RJ) que parece que tem autorização para fabricação de munição no Brasil. Alguns importadores legalizados importam munições de cunho esportivo, como alguns clubes e associações esportivas com autorização do Exército.Munição de caráter defensivo vá de cbc silver que sua eficácia é muito boa para o anêmico calibre .380. Na minha humilde opinião, não espere um nocaute com um direto de um peso mosca contra um peso médio!! digamos que 3 diretos na ponta do queixo fará isso mesmo vindo de um peso mosca. Munição é muito semelhante, claro que muitos fatores influenciam, e principalmente muito treino.
      abraço a todos

  9. Luiz Fernando disse:

    Gostaria de saber mas sobre munições perfurantes e dilacerante.

    Abrigado.

    Luiz Fernando

  10. Ricardo Wilson dos Santos disse:

    Prezados boa dia!
    Diante de ótimos comentários gostaria de pedir uma ajuda.
    Fui incumbido de confeccionar umas caixas de areia para desmuniciamento de revolver (cal 38 munição ogival ponta de chumbo)para ser colocadas em postos de vigilância.
    Mas não tenha informações do tipo “quanto um projétil penetra em uma caixa de areia.
    Existe alguma matéria ou estudo para consulta?
    Qual seria a altura mínima dessa dessa caixa de areia?
    Se alguém puder me ajudar ficarei grato.

    • Lucas Parrini disse:

      Olá Sr. Ricardo Wilson dos Santos!

      Olha, fiquei curioso também!

      O que posso te sugerir são testes práticos: Vá a um clube de tiro de sua região, converse com o responsável, e faça testes com essa munição. Ou teste com o seu próprio cliente. Veja como os disparos se comportam para definir a quantidade de areia ideal para parar o disparo. Lembre-se sempre dos procedimentos de segurança.

      Aproveite e teste outras munições. O legal também, é saber o tipo de areia que são usados naqueles famosos “sacos de areia” que vemos em barricadas de guerra. É areia de praia? Serve areia de obra?

      A ciência que estuda isso é a balística, segue abaixo alguns artigos (inglês). Não sei a confiabilidade das informações, mas podem ajudar:

      http://www.survivalistboards.com/showthread.php?t=224171

      http://www.theboxotruth.com/the-box-o-truth-7-the-sands-o-truth/

      Espero ter ajudado!

      • Ricardo Wilson disse:

        Olá Lucas!

        Realmente precisarei fazer os testes.
        Quanto a granulação da areia acredito que a areia de praia (a mais fina) oferece uma densidade maior permitindo uma compactação mais eficiente, cujo a resistência irá proporcionar mais atrito e absorção da energia do projétil.
        Mesmo assim agradeço a atenção e vou dar uma olhada nos trabalhos
        que me indicou.
        Quanto aos lembretes de seguranças esses não podem ser esquecidos nunca.
        Obrigado!

        • Lucas Parrini disse:

          Imagina, eu quem agradeço pela participação!

          O Sr. até me deu a idéia de um dia fazer um vídeo demonstrando isso. Quando fizer, me lembrarei de citá-lo; :)

          Boa sorte!

    • GIOVANNI GABRIELE disse:

      Deixo-vos meu ‘grão de areia’ sobre o assunto.
      Há alguns vídeos na internet para o que chamam de “clearing bucket” em que basicamente usa-se um balde de 18L como os de tinta, de plástico mesmo, cheio de areia de média granularidade. Atenção, não é terra… Não é barro… Calibres como .40, 45 ACP ou .357 Magnum, disparados de armas curtas não chegam a penetrar mais que 3″ (nem 10cm) na areia.
      Lembro porém, que em todos os testes que vi, usa-se munição de ‘defesa’, isto é, expansivas.
      Boa sorte com teu projeto.

  11. Demócrito Silva disse:

    Olá colegas!
    Paz e bem a todos.
    Em primeiro lugar quero parabenizar pela matéria e pela administração do site e aos riquíssimos comentários nos posts.

    Sou fiscal/perito florestal e esta semana saiu minha autorização de posse e porte de uma CZ 75 p07 Duty .380, “arminha” muito simpática.

    Ainda nesta data não a peguei, creio que em alguns dias a terei em minha responsabilidade.

    Esta arma é de minha defesa pessoal então qual munição devo utilizar?

    Grato e paz a todos.

    • Lucas Parrini disse:

      Olá, bom dia!
      Parabéns pela aquisição! Leio muita coisa boa sobre a CZ.

      Te sugiro visitar nosso fórum (http://forum.defesa.org/forum/) pois lá podem ser encontrados vários debates sobre munições, debates oriundos de colegas mais experientes. Eu vejo em fórums por aí, muitas recomendações da marca Winchester. Essa é a que mais leio. Vejo falar também de outras como CORBON, Hornady Defense e Remington. Tem um tal de “hydra shock” também mas parece que é um tipo de munição, não necessariamente uma marca.

      De qualquer forma, só repassei o que leio, não sou experiente o suficiente para te sugerir uso dessa ou daquela.

      Obrigado pela participação!
      Grande abraço!

  12. Ricardo disse:

    Olá Demócrito, paz a vc também! Parabéns pela sua riquíssima aquisição!.
    Quanto minha sugestão humilde é claro, penso que em primeiro lugar vc deverá usar sempre munições de fabrica, e pela sua arma +p sem problemas!,. Se a sua intenção é torna-la sua companheira sempre munição de boa origem. Nossa opção no Brasil (legalmente) é só a cbc, que tem fabricado munições +p de boa qualidade( até agora sem falhas,sorte?). Ela (cbc) substituiu a silver .380 por outra de igual qualidade só que sem o banho “prateado”, que me pareceu ser igual nos disparos intercalados que fiz, claro que não tem base científica, apenas achei( senti no recuo etc.). Então sugiro que vá de cbc +p, escolha o tipo de projétil oca ou perfurante e boa sorte. Que seu uso seja apenas recreativo!. São os meus votos. Grande abraço a vc e a todos.

  13. Marcus disse:

    A munição silver que foi substituída era melhor que a nova, pois comparando as especificações de ambas, constatei ser a silver 20% mais potente, apesar de a nova constar, também, como +p.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*