Por R$ 400, uruguaios compram armas para brasileiros na divisa do RS

Contrabando ocorre em Rivera, região conhecida pelos freeshops.
Pela lei, só uruguaios têm direito a comprar armas no país vizinho.


Do G1 RS

Aos poucos, um crime tem despertado a atenção de autoridades policiais na divisa do Rio Grande do Sul com o Uruguai, região conhecida pelos freeshops. Em Rivera, cidade uruguaia que faz fronteira com Santana do Livramento, o comércio não é exclusivamente de produtos como cosméticos e bebidas: o contrabando de armas se alastra pelas ruas, como mostra a reportagem do Teledomingo (veja o vídeo). O esquema descoberto pela equipe da RBS TV mostra as estratégias de grupos que adquirem e trazem o armamento de forma ilegal do Uruguai para o Brasil.

Pela lei, só uruguaios têm direito a comprar armas legalmente no país. O esquema, porém, permite que um brasileiro deixe a cidade levando uma arma comprada nas armerías, lojas especializadas do Uruguai. Quem faz a compra é um cidadão uruguaio que depois repassa a arma ao comprador brasileiro. Pelo “serviço”, é cobrado o valor de R$ 400.

A polícia gaúcha confirma o esquema criminoso. “Já nos chegou à notícia que uma única pessoa teria registrado 10 perdas de arma, é uma coisa que chama a atenção. Ninguém vai perder tanto assim. Arma, escopeta, fuzil, coisas desse tipo”, explica o titular da Delegacia de Polícia de Santana do Livramento, Eduardo Sant’anna Finn.

O chefe da polícia em Rivera, no entanto, diz desconhecer o comércio ilegal. “Eu não tenho conhecimento. Ter conhecimento é saber que isto está ocorrendo e, no caso, teríamos que fazer alguma coisa. Eu acredito que é um mito a respeito do país, e especificamente de Rivera, que tem uma fronteira muito particular, que teria um tráfico de armas em grande volume e que nos não combatemos. Não o percebemos ao longo do tempo, apesar de que isso que é uma preocupação constante de nossa polícia em todo o país”, salienta Eriberto Fagundes Cabrera.

A equipe da RBS TV acompanhou a negociação de armas. O traficante, em um veículo com placas de Florianópolis (SC), ofereceu dois tipos de revólveres.

Na fronteira com Argentina venda ocorre sob encomenda
A 800 km dali, na fronteira da Argentina com o Rio Grande do Sul, um esquema semelhante ocorre em Santo Tomé, na divisa com São Borja. Na região, as armas são vendidas sob encomenda, basta escolher o modelo. Em 15 dias, a mercadoria é entregue, sem registro. No esquema, armas roubadas em cidades argentinas são negociadas com brasileiros.

“Há um mercado, por assim dizer, de compras de armas para a utilização aqui na cidade. A gente verifica essa incidência. Há cerca de 15 meses, aproximadamente, 20% das armas apreendidas pela Polícia Civil em abordagens rotineiras da Brigada Militar ou em cumprimento de mandados de buscas foram de origem argentina”, afirma o delegado da Polícia Civil de São Borja, Jerry Adriani.


Publicado em Notícias
25 comentários sobre “Por R$ 400, uruguaios compram armas para brasileiros na divisa do RS
  1. Rhion Anderson disse:

    A repórter já começa falando como se fosse o fim do munda ter armas atravessando uma fronteira.

    SÓ É CRIME PORQUE O ESTADO QUER! POR RAZÕES POLÍTICAS E IDEOLÓGICAS!

    Esse estatuto maldito tem que se apagado da história do Brasil.
    Temos que prender os ladrões, os marginais, as pessoas más. Esse é problema, e não as armas.

    E se tudo fosse diferente? Qual o mal de um pai de família, alguém que gosta de armas, atravessar a fronteira e comprar uma pistola??

    Aqui é o país da complicação, da BURROcracia, da idiotice, da estupidez.

    Desarmamento é ‘pega trouxa’, enquanto os babacas são enganados e se preocupam com as armas em circulação, a bandidagem toma conta do país e circula livremente.

    • Marcos Ambrosino disse:

      É a porra da globosta.
      RBS é filiada a ela. RBS é uma bosta. São um bando de mafiosos do caralho.
      Pra ter uma ideia, o filho do dono, um adolescente de 13 ou 14 anos, estuprou a colega de aula na casa dele mesmo, em Florianópolis, e não aconteceu nada. Isso lá por 2010 eu acho.

  2. @HSA2014 disse:

    Eu sou de São Borja. Aqui os assaltos, invasões de residencias, estupro, latrocínio e de mais crimes estão com taxas altas e não é por causa do contrabando de armas e sim pela fraqueza da segurança publica. Eu muitas vezes acionei a brigada militar aqui na rua de minha residencia por conta de eu enxergar os bandidos em ação invadindo e assaltando de FACA quem passa pela rua tanto de dia como de noite e digo que em todas as vezes que chamei a policia nenhuma eles apareceram. Assim a população de São Borja que eu tenho certeza que mais de 90% é a favor do porte de armas pro cidadão de bem, esta desesperado e irritado com tanta violência que assola e esta partindo pra compra de armas ilegais, foi o que restou pra população. A ilegalidade. é o que mais se ouve na cidade.

  3. rodi disse:

    Precisamos nos defender contra os bandidos por isso cidadãos de bem precisa de arma, para proteger sua família e seu patrimônio

  4. Andre disse:

    Desarma o cidadão de Bem e arma os bandidos.
    todo cidadão de bem tem o direito de ter sua arma para sua defesa.

  5. mario disse:

    A oque eles querem pra tirar uma aitorizacao pra compra de arma de fogo demora mais de um ano e ainda sai indeferida aqui na frontera e so quere vai la compra e deuuuuuuu

  6. Rodrigo Oliveira disse:

    Brasil transformando gente de bem em “criminoso”, quase impossível ter uma arma legal no Brasil.. muitos compram ilegal, infelizmente uma época em que houve um boato que minha casa estava sendo cobiçada por bandidos, tive que adquirir, logo me despus dela.

    Tenho 22 anos, uma que sou fanático por armas, pensei em morar nos EUA varias vezes pelo fato que la não existe essas leis que defendem marginais e não o cidadão de bem.

  7. adavilson avila disse:

    Se o brasil não fosse um pais onde ladrões estão no poder, porque se a população estivesse armada nas revoltas do ano passado, os políticos estariam fugindo do pais de medo ai proíbem armas para cidadão de bem, já estou de saco cheio de repórter de merda fazendo matéria insinuando que ter uma arma é uma coisa hedionda,não reaja, entregue tudo para os bandidos, chame a policia em caso de assalto, furto, roubo, você tem obrigação de defender a tua família e o teu patrimônio tenho arma e não vou me render nunca a bandido, pois este pais cobra impostos absurdos não faz o que a gente paga pra fazer e ainda te tira o direito de defesa.

  8. beno andre moellmann disse:

    Tá mais que certo,tem que travessar a fronteira e ir buscar sua arma,morei 8 anos no interior de livramento e lá a polícia só se deslocava pro interior para ajuntar defunto e quando era chamada diziam que não tinham viatura…comprava caixa de 50 balas por oito reais e nunca precisei usar,mas se precisasse estaria pronto e a polícia não ajuntaria apenas meu corpo,viva o armamento,nunca desistam.

  9. Leandro disse:

    Eles colocam tantas barreiras para a compra de arma legalizada, mas se você for em uma boca de fumo ou conhecer algum policial vc consegue facilmente uma arma, e de varios calibres.
    Os malditos politicos tem medo de uma sociedade armada pois assim, eles teriam que trabalhar direito, mas é isso ai vamos ver o que acontece depois de outubro apesar de não acreditar na politica e em suas urnas da fraude, mas tomará que entre homens de verdade no poder, abraço a todos!

  10. Salvador Marques disse:

    Galera se a gente ficar só de trolóló sem fazer nada é isso que eles querem, tem um pl 3722/2012 que esta circulando, estão levando p/ o “povo decidir”, através de reuniões c/ RIO GRANDE DO SUL / SANTA CATARINA / PARANA / MINAS GERAIS / SÃO PAULO / RIO DE JANEIRO / PERNAMBUCO, é + ou – esses estados, achi que estão “ENROLANDO” o cidadão, mas se a gente sair as RUAS eles vão ter que ceder, não que esse PL 3722/2012 seja o IDEAL, mas depois a gente apara as arestas.
    Vamos a luta, vamos brigar a hora é agora.

  11. Juliano Dalle Molle disse:

    O repórter é um otário. “Tem 765?” quem quer uma 765 hoje em dia, isso é passado vai nas loja mesmo com registro e pede munição 765, ninguém tem. O governo quer desarmar e a Globo que tem o rabo preso apoiando, mas são tão por fora do assunto das armas que vai fazer uma reportagem investigativa e pede uma 765, tenho 32 anos quando eu tinha 12 se falava em 765.

  12. Joel disse:

    O grande deste País sempre foi seus governantes que idéias sem pé e nem cabeça e um povo completamente manipulado, fora abusos em todas áreas econômicas, o pior nem é reclamar que um cidadão compre arma fora das fronteiras mas sim a dificuldade de se ter uma arma para proteção do mesmo, aliado a um preço fora da realidade mundial, Brasileiro paga imposto absurdo e não tem nenhum beneficio de volta, ainda por cima é não tem direitos básicos, como pode um 38 custa 2000 reais sinceramente … é brincadeira os bandidos compram por este valor no minimo 3 a 4 armas realmente uma situação incontrolável a segurança publica .

  13. marcos disse:

    O governo do Uruguai esta tentando implantar o desarmamento , com troca armas e outras leis . creio que o socialismo irá massacrar mais uma vez um pais , agora um continente todo , pois a america latina esta migrando para o SOCIALISMO que em todos os paises que tentou ser implantado gerou ditadura e extermínio do povo que estava DESARMADO .

  14. Marcos disse:

    Bom dia a todos, arma de fogo, apenas serve para atirar, pois, atirar em que ou em quem, SOU CONTRA O USO por qualquer cidadão, continuarei a deflagrar a minha campanha e a incentivar os demais conscientes a fazer o mesmo, uma quantidade de pessoas muito grande já encabeça este principio de que ninguém deve usar armas de fogo, não são bem vistas pela sociedade na mão de ninguém, de nenhum cidadão, não têm utilidade e sim somos a favor de que as armas de fogo, somente sejam utilizadas por poiliciais de toda corporação, pelas forças armadas e já nos deixam tranquilos, as atrmas de fogo ase fossem parar na mão da sociedade apenas estariam somando mais armas nas mãos de meliantes, os crimes somados pelas pessoas de bem aumentariam, vejam bem senhores, a Lei Maria da Penha, veio para inibir as agressões sofridas por algumas donas de casa, pois são vitimas de golpes físicos e atrocidades desemfreadas por alguns covardes, quando não por alcoolizados, imaginem eles armados, com certeza terminaria em homicidio perpetrado a projetil de arma de fogo, MINHA OPINIÃO, DESARMAMANTO TOTAL DA POPULAÇÃO,POIS DEVEMOS NOS ESPELHAR COMO ALEMANHA, ESTADOS UNIDOS E COREIA, ESTÃO IMPLANTANDO CAMPANHAS PARA O DESARMAMENTO, EM VIRTUDE DOS CRIMES ULTIMAMENTE OCORRIDO NESSES PAISES, sem arma de fogo não há crime por ela perpetrado, tenho certeza que a maior parte das pessoas apoiam minhas metas idealistas, vamos nos unir nesta luta, desarmamanreto já, contamos com boa partede parlamentares conscientes, que se preocupam com seus familiares e com a sociedade de modo geral; muito obrigado pela oportunidade de publicarem este comentário.

  15. Zerobala disse:

    esse pais é uma vergonha
    desde que o mundo é mundo foi assim E TERIA QUE SER SEMPRE ASSIM=
    entrou na sua residencia= METE BALA SEJA QUEM FOR, DEFENDA SEU TERRITORIO

  16. Zero disse:

    vamos nos unir e armar a pópulação do bem para ter o direito de DEFESA

  17. Zero disse:

    ARMAS PARA GENTE DO BEM

  18. Cristóvão Mendonça disse:

    Se invadir mnha casa ou se tiver q defender mnha familia atiro no meio da carapaça ,por que ja treino pra n errar depois vejo o q o processo vai dar ,mas jA deixo o bandido no clo do capeta

  19. Marcio disse:

    Trata com quem fosse comprar uma arma la ,como c fosse o pior dos piores bandido sendo que o bandido ele adiquir por outros meios , ou seja indo la comprano a arma sem pagar 300% ou mais de imposto ai e bandido e brincadeira ne c no brasil nao tivesse esse imposto altissio nao precisava ir para outro pais para comprar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*