Pistola IMBEL 1911 45acp


Publicado em Armas, Vídeos
15 comentários sobre “Pistola IMBEL 1911 45acp
  1. Carlos Antônio Miguel rangel disse:

    Muito boa, já trabalhei com uma nota 10,!!

  2. Claudiney disse:

    Bom demais

  3. tiago lopes disse:

    Poderiam fazer videos de armas importadas tipo glocks grand power e outras….por enquanto so ta saindo video de armas nacionais

    • Santiago Vital Freitas disse:

      O que mais tem no youtube é review de Glock. E, ademais, importar qualquer arma pro Brasil é quase impossível, então, já que o usuário nacional não vai conseguir comprar uma, e, caso consiga não consegue trazê-la pra cá, pra que perder tempo? Tem que fazer o máximo de vídeo de arma nacional, são as que temos acesso…

  4. Isaac Pancini Cacho disse:

    Lucas, Como vai? Seria interessante (caso possível) fazer um comparativo entre os modelos 1911 da Taurus e da Imbel, pois não vi nada sobre a 1911 .45 ACP da Taurus aqui no Brasil, nem vídeos no youtube, nem fóruns, enfim… um quadro comparativo entre essas armas “iguais” porém de marcas diferente.
    Um abraço!

  5. LUCIANO BORTOLAI disse:

    Tenho uma 1911 Imbel, ha mais de 10 anos e nunca me deixou na mão , na minha opinião uma excelente arma, hj não vejo uma outra pela qual eu trocaria a que tenho.

  6. sandro disse:

    Qual a melhor entre imbel e taurus?

  7. Hugo disse:

    Spó poderei comprar esta arma ou outra com autorizaçao?

  8. Marcelo disse:

    1911 A1, sem sombra de dúvidas.

  9. Ediléo Goulart disse:

    Olá! Sou policial militar do RJ e estou dando entrada no requerimento, para aquisição de arma de fogo de uso restrito, estava certo de que compraria a .45, mas em pesquisa descobri que ela não possui a trava de segurança do percussor, oq me levou a pensar na md7 ou md6, alguém sabe me explicar qual a verdadeira finalidade desta trava? Se ela realmente tem papel fundamental na segurança da arma? Desde já agradeço…

    • Henrique Perlmutter disse:

      O modelo 1911 tradicional não tem trava de percursor, mas ele pode ser encontrado em modelos de fabricação mais recente. De toda forma esa trava é meio desnecessária por que o cão tem dois estágios e dessa forma se a arma cair no chão estando engatilhada o curso do cão será parado antes de alcançar o percursor pelo primeiro estágio, que é conhecido no meio militar como “meia trava”. Alem disso todas as 1911 tem a trava de empunhadura, que completa o conjunto de segurança. As Taurus tem trava de percursor e as da Imbel não tem, mas como visto isso não faz muita diferença. Tecnicamente falando, o modelo 1911 é um projeto perfeito o que explica sua longevidade….

  10. Ediléo Goulart disse:

    Olá! Sou policial militar do RJ e estou dando entrada no requerimento, para aquisição de arma de fogo de uso restrito, estava certo de que compraria a .45, mas em pesquisa descobri que ela não possui a trava de segurança do percussor, oq me levou a pensar na md7 ou md6 .40, alguém sabe me explicar qual a verdadeira finalidade desta trava? Se ela realmente tem papel fundamental na segurança da arma? Desde já agradeço…

  11. GAMA disse:

    Boa noite,
    tenho muita vontade de adquirir uma IMBEL 1911, mas tenho uma dúvida. Qual seria o melhor modelo, o monofilar ou o bifilar? Por favor, gostaria que alguém me explicasse quais seriam as vantagens e desvantagens de cada modelo.

  12. Pedro disse:

    Cara, você podia fazer um review mais pessoal. O que achou da arma, se considera ela boa, se tem concorrentes melhores, se tem mt recuo, se é precisa etc. Esse tipo de info deixa o vídeo mais interessante (tipo os vídeos do hickok45)

    Abs!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Próximos eventos
  1. Combat Rescue – Tactical Combat Casualty Care

    outubro 21 @ 8:00 - outubro 22 @ 17:00