Onde estão as munições .380ACP Silver?

Munições .380ACP Silver, fabricadas pela CBC. Pistola Taurus PT 638SA. Moletom do Instituto DEFESA.

Munições .380ACP Silver, fabricadas pela CBC. Pistola Taurus PT 638SA. Moletom do Instituto DEFESA.

 

As munições .380Silver, fabricadas pela CBC, foram consideradas por muitos as melhores munições de defesa neste calibre (Confira um vídeo de teste em gelatina balística).

Todavia, nos últimos meses este produto desapareceu das prateleiras dos lojistas brasileiros, deixando descontentes os consumidores. que ficaram sem nenhuma boa opção nacional.

O Instituto DEFESA entrou em contato com a Companhia Brasileira de Cartuchos (CBC) para saber mais. De acordo com o fabricante, este produto foi descontinuado por questões ambientais. O processo de fabricação deste modelo não estava adequado à política de sustentabilidade da empresa.

Além disso, a CBC informou também que já está desenvolvendo um novo modelo de munição, produzida de acordo com os critérios ambientalmente adequadas, que deverá ser lançada em breve, embora ainda não exista uma estimativa precisa para a novidade.

 


Publicado em Notícias
35 comentários sobre “Onde estão as munições .380ACP Silver?
  1. André Luis disse:

    Bom seria se eles lancassem uma munição semelhante à essa: http://www.midwayusa.com/product/188768/buffalo-bore-ammunition-380-acp-p-100-grain-flat-nose-box-of-20

    Segundo o site, ela entrega 294 lbf.ft de energia. Seria ideal pro consumidor brasileiro, pois utiliza praticamente toda a energia disponível para armas de “uso permitido” em uma arma semi-automática, pois hoje o limite só é aproveitado em revólveres.

  2. Julio disse:

    Realmente so acha estoque antigo e olhe lá ! Mas as novas Gold Hex segundo o próprio fabricante saíram superiores em dados balísticos. Para se ter uma idéia a Silver tem, segundo o site, 299 joules medido na boca, 232 J a 50 mts. As novas Hex ficaram com os mesmos 300 J medido na boca do cano ! Abraços a todos

    • THOMAS OLIVEIRA disse:

      Mas tem o porém: “As munições CBC Gold Hex são comercializadas para as forças policiais e fornecidas embaladas em caixetas com 50 unidades.” Ou seja pra nós atiradores ou civis só restou LIXO!!!

  3. Bernard55 disse:

    Como muito que se faz por ai , se quebra primeiro sem pensar no futuro imediato ! Derrubamos favelas , sem ter casas para alojar aqueles que acabamos de jogar na rua !! Tiramos do mercado mercadorias sem nem saber o que nem quando vamos colocar no lugar !! Incompetência generalizada !!

  4. Giancarlo disse:

    Ai, ai, ai ! É o velho “manda quem pode, obedece quem precisa… ops, quem tem juízo” . Esse é o Brasil dos direitos dos manos. #poucavergonha

  5. HITNER disse:

    Ambiental? Seria ambiente político?
    Bastou dizer que a monição era boa para defesa
    e alguém do governo foi lá e mandou pararem de
    fabricar. Simples assim.
    Que país de m que vivemos.

  6. Willian Mendes Andrade disse:

    Se eu não me engano, este processo é de niquelagem

  7. Valdemir disse:

    Parabéns ao instituto DEFESA, a falta da munição também foi sentida no estado de São Paulo,deixando a todos sem a ótma opção de munição, porem ao menos temos uma resposta da fabricante CBC, graças ao instituto DEFESA.
    Abs Valdemir

  8. Ronaldo Favero disse:

    Então pergunto à empresa CBC se o correto não seria desenvolver e disponibilizar um outro tipo de munição com mesma eficácia e então posteriormente descontinuar a munição Silver? Está correto descontinuar um produto para sabe se lá quando disponibilizar outro para substituir? No Brasil as grandes empresas fazem o que querem com o consumidor.

  9. Alexandre disse:

    Ou seja, “ambientalistas”pró desarmamento criaram alguma doidura pra que não se usasse ou proibição de algum composto da fabricação da pólvora para diminuir a “letalidade” das munições …

    • Bernard MICHEL disse:

      Gostaria de tentar ajudar !! !!Ontem recebi um mail de Bertty Perzio sobrea pretensa ligação entre ambientalistas e o sumiço de essas muniçoes !! Não entendi como podem falar de balas mais ou menos ecologicas !! Um tiro provoca barulho que pode ser desagradavel , provoca fumaça e cheiro também mais ou menos (eu gosto , mas nem todos somos iguais)! Agora nem imagino o que faz um tiro mais ecológico que um outro !! Isso é papo furado do fabricante !! A verdade esta em outro lugar ! Talvez na escolha de uma munição mais barata , para aumentar o lucro da empresa ! Talvez numa manobra para tirar dos aficionados um excelente poder de fogo , forte demais para alguns(???) As razões podem ser varias ao mesmo tempo , mas a primeira resposta não me soa honesta !!

      • Bertty Pérzio disse:

        A questão não é de qual munição é menos ecologicamente correta, mas sim o controle que o ambientalismo tem sob as pessoas.
        Marina por exemplo, é apoiada pelo CEOS e pelo Greenpeace, ambos financiados por fundações dos senhores do mundo, Rockefeller, Rothschild, Ford, Windsor, George Soros entre outras.
        A pior politica que existe, é a política ambientalista que trazem pretextos grotescos e não sólidos, como o lance do aquecimento global, que foi comprovado por cientistas que é uma farsa, uma farsa com o intuito de manter o controle mundial.
        Se a Marina entrar, – e tudo indica que ela vai entrar pois a eleição não depende do povo, mas sim dos senhores do mundo – trará essa agenda 21 ao extremo.
        A Nova Ordem Mundial levará essa tendência a um extremo “letal”. O politicamente correto, dará pretexto qualquer para matar um ser humano, como “usar um pronome insensível”, “comer a carne de animais mortos” De fato, a dieta vegetariana será obrigatória e todo o consumo de carne de animais e coisas que “agridem a natureza” serão rigidamente proibidos. Afinal de contas, conforme a PETA (Pessoas Pelo Tratamento Ético dos Animais) sempre ensinaram, os seres humanos são apenas animais que, neste momento da evolução, estão no topo da escala evolucionária; assim sendo, não há diferença prática entre um porco, uma vaca, um frango ou um ser humano.
        Embora seja perfeitamente razoável para esse tipo de gente matar um ser humano ainda no útero, é absurdamente errado matar um animal para comer e agredir a “mãe natureza”.

        O autor da Nova Era William Cooper diz que a rede de controle será tão rígida que se uma pessoa simplesmente fez a assinatura de uma revista errada durante sua vida, será presa e executada. Seja bem-vindo ao estágio final da Nova Ordem Mundial. Os aderentes da Nova Era chamam esse estágio de “purificação”.

        Então preparem-se, armem-se e fujam de quaisquer sistemas impostos pelo governo. Pois quanto mais se manterem no sistema, mais fácil será para identificá-los. Fuja de registros de armas, fujam de redes sociais, pois uma simples forma de pensar e expor, poderá causar-lhes a morte num futuro não muito distante.
        Pois a partir de 2015, a coisa vai ficar mais feia… líderes mundiais tem a missão de promover o caos para trazer então o líder único mundial em 2020. E como o tempo está se esgotando, as coisas chegaram num extremo jamais visto antes no país.
        É simplesmente isso que está acontecendo nos países, como Venezuela, Ucrânia, entre outros países que estão vivendo no caos, pois tudo isso é o controle mundial para que as pessoas aceitem inconscientemente o líder único mundial como o “salvador” e o cara que irá trazer a paz. Desarmamento surgiu no Brasil? Não, isso surgiu com os senhores do mundo, a illuminati. Hitler, Stálin, Lenin entre outros ditadores, eram instrumentos da illuminati.
        Líderes do mundo todo são colocados no poder por eles, o povo não tem mais controle sobre isso.
        Lula já disse abertamente o seu apoio na nova ordem mundial, basta procurar o vídeo no youtube.
        Dilma é carta fora do baralho da elite globalista, ela já cumpriu o propósito dela, agora é a vez da Marina aplicar a etapa final dos planos.
        Conheçam a agenda illuminati, e vejam que o Brasil já não pertence a nós há muito tempo.

        Por isso eu falo, quem puder se preparem, armem-se, e fuja de registros de armas. Pois isso é controle deles, e quando estourar a bomba, os primeiros lugares que serão estourados, serão as casas desses que mantém registro com o governo.

        • Paulo Fernando Rodrigues do Vale disse:

          Raciocínio interessante. mas na sua opinião então não devo nem tentar tirar a CR e como fazer pra
          Comprar minha arma tento passar com ela pela fronteira na cara dura ou apelo pra biqueira mesmo

  10. Paulo Abel disse:

    Este é o resultado do monopólio desta desqualificada empresa cbc.
    Por que então não desenvolveram o tal novo modelo antes de retirar a munição do mercado?

  11. Stéfano Cid disse:

    Falta de respeito! Bandidos andam com as melhores munições e de maior eficácia, enquanto o cidadão de bem é obrigado a comprar esses lixos de munições e a um preço exorbitante. Tenho uma solução minha gente! Ou o governo faz o que a população quer ou basta a gente cortar o mal pela raiz: sonegando impostos.
    Pois creio que isso não é crime e sim legítima defesa.

    • Bernard MICHEL disse:

      Outra solução seria fazer como a bandidagem !! Comprar munição lá fora !! E importar clandestinamente !! Sem impostos , mas com qualidade !!

  12. Stéfano Cid disse:

    Na verdade a culpa disso tudo é nossa, por aceitar as decisões errôneas dos governantes imcompetentes. Se os presionarmos e lutarmos com toda força de um povo, duvido que esse quadro não mude.

  13. Rafael A.S disse:

    Meu Deus! Não entra na minha cabeça essa desculpa da CBC, como pode deixar de fazer algo bom e promissor alegando que não é sustentável. Isso parece mais um desarmamentista dos direitos humanos, querendo que usemos munição ruim pra não matar o meliante em hipótese nem uma. Uma pena porque marginais usam munição americana de ótima qualidade adquirida na fronteira. Nosso país ta tomado por idealistas….

  14. Hugo Barbeta disse:

    poxa vida, que história estranha, tira do mercado um produto e não substitui na sequência, que seria a lógica.
    para descontrair, quanto ao processo de fabricação, será que estão estudando a inserção de ” produtos orgânicos”?

  15. Henrique disse:

    Não estou conseguindo munição Silver +P ponta plana nem oca pro .38 e a loja na qual normalmente compro me deu essa mesma justificativa.

  16. Pedro disse:

    Sem concorrência na fabricação de munições a CBC faz o que quizer! O cliente que tem que se adequar à empresa que tem o monopólio.

  17. Runnerba disse:

    Reparei também que as antigas 9mm coper bullet com carga normal sumiram, agora só 9 mm +p+ ……………………

  18. Bertty Pérzio disse:

    Eis que começa a putaria desse ambientalismo financiado pelos globalistas. Quero só ver se a Marina entrar, aí que a coisa vai ficar mais feia ainda, com essa agenda 21.
    Se preparem que a turbulência vai ser gigantesca.

  19. JOSE CARLOS RODRIGUES disse:

    Bom ! A resposta da CBC até pode ter fundamento, mas, não concordo, porque, as outras também sumiram do mercado, não se encontra munição : ogiva, gold, e outros …, Nem sequer a CBC desenvolve uma munição de treinamento barata porque treinar com uma munição de R$9,00 a r$10,00 cada se torna impossível

  20. GAP disse:

    Munição em loja é para defesa, munição para treino é adquirida em clube/escola de tiro. A única opção viável para treinar com freqüência é a recarga. Se o projeto de proibição da recarga for aprovado, sem exceções, será o fim… que aliás, pra conseguir insumos de recarga hoje em dia, principalmente espoletas, já é uma caça ao tesouro.

  21. Ricardo Aparecido Arcova disse:

    eu tenho um estoque ainda pessoal da Silver Point, pois ví que saiu de fabricação e comprei uma pequena quantidade :D
    em uma Imbel MD2 cano de 5″ ela atinge 1200FPS, em cano de 4″ 1000fps, portanto essa munição em uma MD2 deve incapacitar uma pessoa com 1 tiro.

  22. sales disse:

    Informou que a munição silver continua vendendo aqui no RJ mas não é mais niquelada.

  23. Junior disse:

    Pessoal. A maioria de vocês nem leu a resposta da empresa. Não é o disparo ou som ou etc que foi alegado como não ecológico… foi o PROCESSO DE FABRICAÇÃO. Algum produto gerado ou descarte de resíduo tóxico proibido ou etc é que era o problema de fabricação. Apesar disso… como qualquer comércio no Brasil… o LUCRO nas vendas não foi o esperado… e pararam de fabricar com aquela desculpa… como acontece com carros… computadores… celulares… etc etc. Monopólio é monopólio… assim como carteis de postos de combustiveis, onde temos q consumir a gasolina batizada pelos POSTOS pois a maioria faz a mesma mistura/batizada.
    Em todo caso… enquanto nāo tiver concorrencia é monopolio… quase como gol e tam qd estavamos sem azul e etc.

  24. SALVADOR disse:

    É senhores e o preço das munições sobe a cada TABELA a nova 268, já saiu a 268/1 c/ mais 15% de aumento,pagar ( R$ 12,00 )na munição 308 ( 7,65×51 ), cruz credo, ainda não chegou, paguei a 1ª parcela, mas já estou pensando na venda do meu( 308aglc ).

  25. Martoleze disse:

    Infelizmente no Brasil, quem tem a necessidade de adquirir uma arma de fogo legalizada e poder comprar munições, acaba por não conseguir, pois ficamos a merce do monopólio que impera. Então, no meu caso, agora sou uma máquina de matar o vaganundo que tentar algo próximo a minha pessoa. Pratico a Defesa Israelense KRAV magá e não terei clemência na hora que precisar mandar um vagabundo para o saco. Isso os governantes não podem controlar, ainda bem. Esse assunto sobre armas me fascina desde que meu pai, já falecido, comprou um 38 na época, todo registrado, documentado, etc. Hoje, político tem pacto com Bandido e eu tive que comprar 2 armas no “Polo Norte” e escondê-las. Munição, via Paraguai e Viva o Brasil. Eu sou um agente de segurança pessoal e vamos tirar vagabundos das ruas.

  26. Ricardo disse:

    Lucas, o Willian Mendes Andrade disse:
    – Se eu não me engano, este processo é de niquelagem.
    Então pergunto, caso seja mesmo isso – Todos produtos da CBC que usam este processo deixaram de ser fabricados? Grato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*