O que o Instituto DEFESA fez em 2016?

Como já é de praxe, objetivando a transparência e a prestação de contas aos nossos associados e partes relacionadas, ao final de cada ano o Instituto DEFESA publica um breve resumo de suas ações nos últimos 12 meses.

Ao contrário de 2015 e 2014, o ano de 2016 foi extremamente atípico e politicamente instável, limitando as ações desta entidade diretamente no legislativo federal. O impedimento da vice-chefe da quadrilha petista, então Presidente da República, prisões de grandes criminosos políticos como Eduardo Cunha, Guido Mantega, Sérgio Cabral, José Dirceu. Delações contra Renan Calheiros e Lula. João Vaccari Neto, Gim Argello e outros nomes assustadores roubaram – além do erário – os próprios holofotes da política, paralisando momentaneamente a tramitação de projetos pró-armamento.

Ainda assim, o Instituto DEFESA conseguiu realizar ações significativas e inéditas em outros cenários, conforme seguem:

      • Clubes
      • Estandes
      • Cursos
      • Campeonatos
      • Despachantes
      • Informações sobre como comprar armas
      • Psicólogos aptos a emitirem laudos para compra de armas
      • Instrutores de tiro
      • Mitos e verdades
      • Estatísticas e artigos científicos sobre armas
      • Artes “pró-arma” nas principais redes sociais
  • Distribuímos milhares de camisetas, adesivos e bonés e panfletos que divulgam o ativismo pró-armas em todas as regiões do Brasil

 

Isso é só o resumo, não para por aí. Nossas ações apenas são possíveis graças a pessoas como você, que saem de sua zona de conforto e vem nos ajudar.

Torne-se um associado premium e ajude a financiar as atividades do Instituto DEFESA em 2017, participando ativamente também com sugestões e ações pró-armas em todo o Brasil. Nosso lema não é “UNIDOS SOMOS INVENCÍVEIS” à toa. Junte-se a nós e ajude-nos a construir um DEFESA melhor.

 


Publicado em Notícias
13 comentários sobre “O que o Instituto DEFESA fez em 2016?
  1. Bruno disse:

    O Peninha tem novidades sobre o PL 3722. Vamos cobrar dos deputados.

  2. Gabriel C. disse:

    Muito obrigado por estarem nesta luta tão importante para a sociedade.

    É essencial termos em mente que a liberdade estará sempre em perigo e que mantê-la é uma luta eterna.

    Em 2017 faremos todos muitos mais.

  3. Roseval Jesus disse:

    Parabéns a todos que compõem este instituto,no qual conseguiu ganhar meu respeito e no que depender de mim estamos juntos por um tempo indeterminado.
    Abraço a todos e vamos lutar pelo o direito de nos defender.
    Mais vale uma arma na mão, que toda força policial no telefone!

  4. gilmar ferreira trilha disse:

    Parabens ao instituto muito bom vamos para 2017 com tudo.

  5. Jomar Malaquias Brandao disse:

    Boa noite. Associei aí com vocês dei o número do cartão de crédito e até hoje não recebi a carteira.

  6. Josivaldo disse:

    Parabéns instrutor defesa vamos juntos nesta luta, pode contar comigo

  7. Josivaldo disse:

    Você pode contar comigo, Luca Silveira estou com vocês

  8. Alysson disse:

    Sou associado pelo segundo ano consecutivo. Gostaria de saber sobre se haverá ações na região sudestes, Rj, SP, ES. Moro no Rio e ainda tem pouca opção para clube de tiro etc…vocês tem alguma dica?

  9. Carlos disse:

    Então, a GRANDE DÚVIDA: O ESTATUTO DO CONTROLE DE ARMAS DE FOGO, já aprovado na Cãmara CHEGOU OU NÃO CHEGOU AO SENADO? Puxa, ninguém dá uma resposta EXATA sobre isso. Nem me refiro a saber se foi votada, queremos pelo menos saber se JÁ CHEGOU AO CONHECIMENTO DOS SENADORES e em que data.

  10. Gilmar Ferreira Cardoso disse:

    boa noite rumo ao 2017 por liberdade pra conduzir nossas armas registradas em uso da legítima defesa pessoal,felizes anos novos a família defesa.org sadaçôes Gilmar Cardoso.

  11. Luciano disse:

    Boa tarde que possamos ter de volta nossos direitos,que todo cidadão de bem possa ter e portar suas armas como já foi em nosso país algum tempo a trás. E não essa inversão de valores onde pessoas de bem precisam se esconder por gostarem de armas e vagabundos exibem em redes sociais suas poderosas armas e ninguém pode recrimina los.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*