O que o Instituto DEFESA fez em 2015?

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA

O Instituto DEFESA trabalha ininterruptamente para reverter o cenário atual no que tange às armas de fogo.

São tantas ações e com tanta frequência que, por vezes, esquecemos de muitas delas.

Este texto é para lembrar de algumas dessas medidas que aconteceram em 2015. Vamos ver?

  • Começamos o ano com a entrada gratuita na Shot Show 2015 – a maior feira de armas do mundo – para nossos associados.
  • Fizemos uma enorme recepção para os novos parlamentares, apresentando nossas propostas e alertando sobre a necessidade de se revogar o estatuto do desarmamento (veja aqui).
  • Fizemos parceria com clubes e treinamentos para oferecer descontos para nossos associados
  • Convidamos nosso amigo Batata para iniciar nossa coluna de sobrevivencialismo, que tem sido um sucesso, aqui no portal. Os textos ensinam você habilidades fundamentais para a sobrevivência em casos extremos.
  • Incentivamos a prática do tiro, inclusive mediante a divulgação de um manual gratuito para a emissão do CR. Infelizmente as regras mudaram no meio do caminho e o sistema virtual foi desativado, mas vamos fazer um novo material em 2016.
  • Estivemos várias vezes no Congresso Nacional defendendo a revogação do Estatuto do Desarmamento. (veja um exemplo)
  • Estivemos em várias reuniões com o Exército Brasileiro a fim de flexibilizar as normas para CACs (veja um exemplo | e mais outro).
  • Apoiamos a Frente Parlamentar pela Legítima Defesa. Aliás, esse logo deles não te lembra alguma coisa? Confira.
  • Denunciamos, no Comando Logístico, a inadequação das normas emitidas por eles ao interesse público. Lembre como foi.
  • Noticiamos, passo a passo a tramitação do PL 3.722/12.
  • Denunciamos a carga tributária confiscatória sobre armas de fogo e munições. Mas essa história ainda vai continuar em 2016, aguardem…
  • Em todo o Brasil, nossos membros participaram das manifestações contra o governo petista. Veja algumas fotos.
  • Denunciamos uma barreira imoral às importações, imposta pelo Comando Logístico. (Essa história continuará em 2016)
  • Publicamos dezenas de casos de reações bem sucedidas.
  • Publicamos dezenas de textos sobre tiro, armas e liberdade.
  • Veiculamos centenas de imagens de ativismo pró-armas nas redes sociais e fora delas.
  • Acompanhamos, trabalhamos e apresentamos a comissão especial destinada a tratar do PL 3.722/12 na CÂmara dos Deputados (confira um dos textos relacionados).
  • Lembra-se do PLS 159? Não? Nós lembramos e trabalhamos nele.
  • Sorteamos brindes.
  • Publicamos vídeos inéditos sobre armas no Brasil, na nossa temporada 2015. Reveja-os. Ah, e em 2016 vai ser muito melhor.
  • Palestramos na Câmara dos Deputados, defendendo a liberdade de acesso Às armas.
  • Distribuímos e vendemos camisetas, adesivos e panfletosque reforçam o ativismo pró-armas no Brasil.
  • Pela segunda vez, levamos 20 mil votos ao Senado, exigindo a revogação do Estatuto do Desarmamento.
  • Colocamos mais uma vez faixas na Câmara dos Deputados, como fizemos em 2014.
  • Até na Rede Globo fomos parar, defendendo a liberdade de aceso às armas no Programa Profissão Reporter. Quem lembra?
  • Marcamos presença no desfile cívico militar de 7 de setembro em Curitiba. Vamos levar isso também para outras capitais.
  • Em audiências públicas por todo o Brasil, nossos membros estiveram presentes. Veja um exemplo.
  • Trabalhamos também no âmbito estadual, para flexibilizar as normas sobre blindagens e coletes.
  • Publicamos dezenas de dados científicos e estatísticos neste portal e nas redes sociais, levando, gratuitamente, informações de qualidade sobre armas e segurança para o grande público.
  • E até outdoors começamos a distribuir. Você viu?

Nosso trabalho não para por aí. Fizemos muito mais do que foi publicado aqui e o que ainda podemos fazer é inimaginável.

Tudo isso apenas foi possível graças ao nossos associados de carteirinha que financiam nossas atividades. Se você acha nosso trabalho importante, não deixe de se tornar um. Saiba como.


Publicado em Artigos, Destaque
9 comentários sobre “O que o Instituto DEFESA fez em 2015?
  1. André Luiz Silva Prucoli disse:

    Estamos juntos nesta luta!!!!

  2. Luiz Silvério Pereira de Noronha disse:

    Esse governo quer cidadão desarmado e bandido armado, pois todos eles são bandidos. A lei que revogou a infame lei do desarmamento tem todo meu apóio espero que vocês divulgue para que eu e todo cidadão de acordo com sua vontade possa também fazê-lo

  3. roberto aparecido de oliveira disse:

    quero fazer parte da equipe

  4. roberto aparecido de oliveira disse:

    quero filiar

  5. SÉRGIO LUIZ SANTOLIN disse:

    O Instituto de Defesa, através de seu Presidente Lucas da Silveira que não tem medido esforços para levar a frente esta luta que é o
    desejo de todos nós brasileiros,tem dado um grande avanço nesta
    luta. E com certeza poderemos avançar muito mais,vc que cidadão de
    bem,”JUNTE-SE A NÓS”,ASSOCIE-SE AO INSTITUTO.
    POIS: “UNIDOS SOMOS INVENCÍVEIS”.

  6. leonardo bianchi disse:

    Ola,em 2016 se Deus q quiser nos livraremos desse maldito estatuto do “desgraçamento”O Lucas recebeu meu pagamento(anual) pelo Pag Seguro?

  7. Fabio Siqueira disse:

    Direito a Liberdade Sempre!!!!!….OBRIGADO! INSTITUTO DEFESA!!!!!

  8. André José de Melo disse:

    Bom dia meu nome é André sou policial militar da Paraíba tenho uma pistola Taurus modelo pt 138 millennium queria ver um teste dessa pistola são várias informações de mau funcionamento mas confesso, comigo só deu as panes com munição de treino(recarregada)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Próximos eventos
  1. Curso de Estudos de Política e Estratégia – CEPE – Paraná

    março 13 @ 8:00 - julho 31 @ 17:00
  2. Kalis Ilustrissimo no Brasil!

    setembro 16 @ 8:00 - setembro 17 @ 17:00