Mito #49

O mito:

Colocar chips em armas é uma forma eficiente de se rastrear as armas e combater o tráfico. Além disso, é possível bloquear a arma remotamente, impedindo o uso indevido.

A verdade:

Ainda que fosse possível, é extremamente fácil retirar ou inutilizar um chip eletrônico em uma arma de fogo, exatamente como é feito com os números de série. O bloqueio remoto ainda não existe, e seria ainda mais grave pois colocaria o funcionamento da arma sujeito a falhas exclusivamente quando o usuário legalmente habilitado estivesse usando, já que os demais, já teriam desabilitado a função.
Essencialmente, o efeito da introdução de um chip em uma arma de fogo é o de onerar ainda mais a cadeia produtiva e o consumidor final, de criar mais burocracia e de controlar de modo desnecessário e desproporcional o povo, já oprimido.


Publicado em Mitos e Verdades

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*