Mãe luta com ladrão e salva filha grávida

12-11-13 Criminoso invadiu a casa e tinha arma apontada para a cabeça da moça. Ele acabou ferido e foi preso.

A dona de casa A.M.B.S., de 50 anos, não pensou duas vezes para arriscar a própria vida defendendo a filha grávida, E.S., de 31 anos, de uma criminoso que havia invadido a casa delas. Em uma ação rápida, ela se atracou com o bandido que tinha uma arma apontada para a cabeça da filha. No meio da luta corporal, A.M.B.S acabou ferida na perna mas familiares ajudaram e acabaram conseguindo agarrar o invasor. O fato aconteceu no Jardim Satélite Íris 3, região Oeste de Campinas, na noite de domingo.

O criminoso foi preso por policiais militares e medicado em um pronto-socorro, pois teve algumas lesões originadas da luta com a dona de casa. Em seguida, ele foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil.

A dona de casa foi socorrida por parentes para o Hospital Celso Pierro, da PUC-Campinas, onde permaneceu internada em observação. A arma usada pelo bandido, um revólver calibre 38, com quatro munições intactas e uma deflagrada, foi apreendida na Polícia Civil. O invasor preso foi identificado na delegacia como Diego Roger de Souza Rocha, de 21 anos.

O homem invadiu a casa de A.M.S. quando fugia de cerco dos policiais militares. Ele estava em uma chácara, mas com a chegada dos PMs, pulou o muro e invadiu a casa da avenida Roberto Antônio Manfredini Filho. Na corrida, entrou no local, sacou o revólver e apontou para a cabeça da grávida de 5 meses, para exigir as chaves de um Prisma, que pretendia roubar para a fuga. Foi quando a mãe dela saltou para cima do bandido e o agarrou.

Então houve o disparo, o ferimento na perna da mulher e o homem foi dominado pelas pessoas da casa. “Foi um susto grande. A gente não imaginava que um ladrão podia aparecer do nada. Foi um grande perigo”, relatou, para o BOM DIA, uma das pessoas que estavam na casa. O acusado foi autuado em flagrante por tentativa de roubo de carro e lesão corporal à bala pelo delegado Tadeu Pena.

Fonte: http://www.redebomdia.com.br/n/60196


Publicado em Reação armada
Um comentário sobre “Mãe luta com ladrão e salva filha grávida
  1. José Carlos Fausto Narciso disse:

    A “profissão” de bandido tornou-se uma das mais seguras do país, uma vez que eles sabem que a chance de encontrar alguém armado e que possa fazer resistência é praticamente “zero”.
    O povo está desarmado e a chance do bandido encontrar um policial a paisana e armado é muito remota, em razão disto os assaltantes encontram hoje no Brasil a situação ideal de “trabalho”. A impunidade é a maior motivação para tudo o que está errado no Brasil, e se o “estado” não consegue nos proteger, ao menos devem nos dar o direito de tentarmos, e para isto, necessitamos de armas, assim como os bandidos as possuem.
    A alegação de que a população armada irá gerar mais mortes por arma de fogo é equivocada, e isto já foi comprovado estatisticamente. Temos que lutar pelo direito de nos defendermos e defendermos nossa família, e além disto, muitos bandidos irão mudar de profissão, uma vez que já não será tão “confortável” continuar assaltando.

    José Carlos Fausto Narciso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*