Instituto DEFESA protocola no EB provas da inadequação da nova portaria para CACs em relação ao interesse na nação

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA.

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA.

Brasília, 05 de Março de 2015.

Durante o mês de Fevereiro o Instituto DEFESA procurou contato com todos os clubes de tiro no Brasil. Um a um, eles foram indagados sobre a adequação na nova portaria do Comando Logístico (Portaria 01/2015) em relação aos interesses das entidades, dos associados e dos praticantes de tiro.

As respostas foram quase unânimes. A nova portaria não atende ao interesse dos brasileiros e, por imposição ética e constitucional, deve ser revista pelo Exército Brasileiro. Foi solicitado às entidades que formalizassem em papel timbrado suas respectivas opiniões. Muitos desses clubes, parceiros na luta pela liberdade, o fizeram.

Ao ser informado sobre a atividade do I.D., o Dep. Federal Ronaldo Benetet (PMDB/SC) rapidamente se prontificou a unir esforços na busca pela recuperação dos direitos dos CACs. Voluntariamente acompanhou o presidente Lucas Silveira até o Quartel General, onde haveria a reunião com o Sr. General.

No dia 05 de Março de 2015, foi entregue pessoalmente pelo presidente do Instituto DEFESA, Lucas Silveira, ao Excelentíssimo Sr. Gen. Luiz Henrique, um ofício registrando as provas do desencontro entre a norma e o interesse público.

Como de praxe, a recepção ao Instituto DEFESA no Quartel General do Exército, em Brasília, foi extremamente cordial. Por aproximadamente 2 horas, Lucas Silveira e o Deputado Ronaldo Benedet expuseram as razões de fato e de direito que ensejariam a reconsideração da norma emanada pelo COLOG.

Da esquerda para a direita: Dep. Ronaldo Benedet, Lucas Silveira, Gen. Luiz Henrique, e os srs. oficiais da DFPC.

Da esquerda para a direita: Dep. Ronaldo Benedet, Lucas Silveira, Gen. Luiz Henrique, e os srs. oficiais da DFPC.

Foram tratados ainda o porte de armas para atiradores, as importações de armas para o Brasil, a emissão das Guias de Tráfego e o cenário estratégico e político nacional, especialmente no que diz respeito às armas.

Lucas Silveira aproveitou a oportunidade e reiterou, por escrito, seu comprometimento em servir a pátria juntamente às forças armadas em caso de mobilização para a defesa da unidade, liberdade e soberania nacionais.

O ofício foi protocolado no Exército, de onde espera-se que venham boas notícias em breve.

O Instituto DEFESA solicita que seus membros não poupem agradecimentos, em primeiro lugar, ao Sr. General Luiz Henrique, por receber a entidade e considerar a flexibilização da portaria e também ao Deputado Ronaldo Benedet, pelo seu exemplar comprometimento com a liberdade de acesso às armas.

Contato com a DFPC:

Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados
Protocolo Geral
Quartel General do Exército –   Bloco H – 2º piso  –  Setor Militar Urbano
Brasília- DF
CEP 70630-901
Telefone: 61 3415-4388
E-mail: dfpc@dlog.eb.mil.br

Gabinete do Sr. Deputado Ronaldo Benedet

  • Praça dos Três Poderes – Câmara dos Deputados
  • Gabinete: 918 – Anexo: IV
  • CEP: 70160-900 – Brasília – DF
  • dep.ronaldobenedet@camara.leg.br
  • Telefone: (61) 3215-5918 – Fax: 3215-2918

 

Esta operação teve custo aproximado de R$3.000,00, entre telefonemas, diárias, hospedagem, passagens e custas de escritório. Ela apenas pode ser concretizada graças a doações e aos nossos assinantes premium, os sócios de carteirinha do Instituto DEFESA. Torne-se um deles e assegure que mais medidas assim sejam tomadas: www.defesa.org/como-ser-um-assinante-premium

 


Publicado em Notícias
24 comentários sobre “Instituto DEFESA protocola no EB provas da inadequação da nova portaria para CACs em relação ao interesse na nação
  1. Ramon Lacerda disse:

    O EB sabe bem que as armas dos atiradores estarão sempre a disposição da Nação e da soberania Nacional.

    Somos homens de bem e a pratica de tiro é um esporte.

    Brasil soberano.

    • Marcos Vinicio Gregorio disse:

      Obrigado defesa. Org vocês estão lutando por nossos direitos, parabéns pela conquista! Eu estarei sempre lutando junto em pro de um Brasil mais justo e honesto. Respeitando os direitos do próximo e acreditando na justiça.

  2. Erique de Andrade Bezerra disse:

    Parabéns !
    Unidos somos invencíveis!

  3. Antônio Ripe disse:

    Parabéns, Instituto Defesa. Não esmoreçam nessa luta, que é a de todos os Humanos Direitos deste país, que ainda dorme eternamente em berço esplêndido. Sempre Fi!

  4. Fernando disse:

    Escutar e receber a proposta é uma coisa, mudar a portaria outra completamente diferente. Vamos ver se o EB vai manter sua postura de traidor do povo brasileiro ou vai considerar a opinião das partes diretamente envolvidas por essa portaria arbitrária.
    Parabéns ao Instituto Defesa, que junto ao MVB são as vozes solitárias em defesa dos nossos interesses…

  5. HELIO RIBAS MICHELETO disse:

    – Gostaria de receber maiores informações sobre o Instituto Defesa. Associados, curso de tiro, manejo de armas e munições. Apoio plenamente as manifestações pró-cidadania. O cidadão de bem tem o direito constitucional de defender a vida, a honra e o patrimônio, mas não tem direito a porte de armas. Apoio essa iniciativa do Instituto Defesa com EB para esclarecer procedimentos, leis , portarias, acabando com o medo. Desejo parabenizar os Srs. Lucas Silveira, Presidente do Instituto Defesa, General Luiz Henrique (EB)e o Deputado Federal, Ronaldo Benedet pela iniciativa. Hélio Ribas Micheleto – Jornalista e publicitário.

  6. José Caetano Silva disse:

    Temos certeza que as Forças Armadas não dará as costas aos anseios do povo brasileiro, seja lá por que razão ou motivo for.

  7. José Caetano Silva disse:

    Temos certeza que as Forças Armadas não dará as costas aos anseios do povo brasileiro.
    O controle da posse e uso de armas de fogo no Brasil se deu sob o argumento de que essa medida resultaria em maior segurança ao cidadão, de um modo geral. Tal argumento mostrou-se flagrantemente falho, pois a criminalidade aumentou exponencialmente, encorajando as ações de criminosos que antes temiam a reação de suas vítimas. O cidadão, hoje, se vê cercado, por um lado, por bandidos cada vez mais bem armado; por outro lado, o Estado tem se mostrado apático ou incapaz de fazer frente ao estado de guerra em que vivemos.

  8. Paulo Sousa Araujo disse:

    Fico orgulhoso de nosso presidente Lucas Silveira representado tão bem a nos CACs e deixando claro seu comprometimento com a Pátria juntamente as forças armadas mostrando que nos atiradores com CR somos patriotas e legalistas e que temos nossas armas
    para prática desportiva e que fora isso as mesmas somente estão a disposição da nação e da soberania nacional garantida pelas nossa gloriosas e honradas forças armadas,que respeitamos como nossos comandantes mesmo sendo nos civis somos irmão em armas nação e patriotismo.Somos orgulhosos de sermos fiscalizados e orientados pelo Exécito Brasileiro
    Não esquecendo a importante participação do Deputado Ronaldo Benedet em defesa dos interesses nacionais.

  9. Felipe disse:

    Parabéns ao Instituto de Defesa e ao seu representante, Lucas Silveira.
    Como CAC eu também fiquei indignado com a portaria. Restritiva e segregadora.

    Em um país marcado pela corrupção, talvez o EB seja uma das poucas instituições corretas e que, apesar de militar, tem consciência civil.

    Fica aqui registrado nosso agradecimento ao Sr. General Luiz Henrique.

  10. vanderson maximiano disse:

    Parabéns aos nossos representantes, Sr. General Luiz Henrique e Dep. Ronaldo Benedet, o Brasil precisa de homens assim, que lutam por direitos justos!!! Bravo!

  11. Guilherme Teixeira disse:

    Parabéns pela iniciativa, mas… Creio que não dará em absolutamente nada. As forças armadas brasileiras, aparentemente, estão seguindo uma agenda que não interessa ao cidadão de bem nem ao Brasil.

  12. Wanderley Coppini disse:

    Concordo e sou solidário com o comentário acima de Helio Ribas Micheleto de que: “O cidadão de bem tem o direito constitucional de defender a vida, a honra e o patrimônio…” (PORÉM não tem o direito a porte de armas para defender estes mesmos direitos constitucionais, o que é um contra-senso…)

  13. alexandro disse:

    O EB sabe bem que as armas dos atiradores estarão sempre a disposição da Nação e da soberania Nacional.
    Parabéns ao Instituto de Defesa e ao seu representante, Lucas Silveira.porte representado tão bem a nos CACs e deixando claro seu comprometimento com a Pátria juntamente as forças armadas mostrando que nos atiradores com CR somos patriotas e legalistas e que temos nossas armas
    para prática desportiva e que fora isso as mesmas somente estão a disposição da nação e da soberania nacional garantida pelas nossa gloriosas e honradas forças armadas,que respeitamos como nossos comandantes mesmo sendo nos civis somos irmão em armas nação e patriotismo.Somos orgulhosos de sermos fiscalizados e orientados pelo Exécito Brasileiro.

  14. João Francisco disse:

    Tentei entrar em contato com a Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados Para agradecer, pelo E-mail Descrito, e deu erro, como se o E-mail fosse inválido

  15. Henrique Mesquita disse:

    Apoio a iniciativa, vamos unir foraças e lutar pelo nosso direito, não podemos deixar essa onda de inversão de valores e direitos tomar conta do Brasil, o direito de defesa é prerrogativa para o direito à vida, somos cidadãos de bem, vamos à luta.

  16. Sergio Nascimento disse:

    Acredito que 99,99 dos Atiradores, Colecionadores, Caçadores e demais brasileiros que tem ou querem ter uma arma registrada e totalmente legalizada, são patriotas e estão a disposição e a serviço da pátria para defender suas vidas a de sua família e parentes, amigos e o resto da população de bem. Será que o EB não enxerga que cada um destes homens e mulheres, são um aliado a mais ?
    Traidores da Nação, não precisam de armas legalizadas.
    Parabéns Instituto Defesa.

  17. José Caetano Silva disse:

    Como já foi dito em outros cometários, quem precisa, dentro da lei, se armar, é o cidadão de bem, porque a guerrilha urbana, o terror e o crime organizado estão muito bem armados, têm todas as armas que querem ou que acham necessárias. Cabe as nossas Forças Armadas, de forma clara e inequívoca, se posicionar ao lado do cidadão de bem, afinal, é ele o seu grande aliado. Essa lei esdrúxula do desarmamento de, única e tão somente do cidadão de bem, as Forças Armadas sabem muito bem a quem interessa e serve. Já foi dito um milhão de vez, mas não é demais repetir: ESSE DESARMAMENTO VISA FACILITAR A SUBJUGAR O POVO BRASILEIRO. SÓ ISSO, NADA MAIS.

  18. José Carlos Ferreira Pinheiro disse:

    Antecipadamente, meus agradecimentos ao General Luiz Henrique do Comando do Quartel de Brasília e ao Deputado Ronaldo Benedet, pela gentileza e por terem dado a atenção e assessoria necessária ao pedido formulado e protocolado por Lucas Silveira em nome do Defesa Org e de todos os cidadãos comprometidos com a Segurança Nacional, com o respeito à Pátria nestes instantes decisivos, onde a liberação do Porte de Armas regular, bem como a prática de tiro, o conhecimento mais aprofundados sobre os demais tipos de armamento aliados à consciência dessa responsabilidade, só somarão um braço forte a mais, ao lado das fileiras do glorioso EB -Exército Brasileiro, a quem respeitamos e entendemos ser o elo entre os verdadeiros valores deste país e de sua Bandeira.
    Sem mais,

    Carlos Pinheiro
    arquiteto

  19. Flávio Silveira disse:

    Parabéns ao nosso Instituto Defesa. Ainda acredito nas Instituições Brasileiras pois tenho convicção que os homens de bem ainda são maioria. Nosso exército Brasileiro, a despeito das dificuldades, quando atua em operações Nacionais e Internacionais sempre nos orgulha, a importante participação do Deputado Ronaldo benedet nos da um pouco de esperança de que temos representantes políticos que nos enxergam além do calendário eleitoral. Parabéns a todos e muito obrigado.

  20. William Rédua disse:

    Prezados, houve alguma alteração na emissão das Guias de Tráfego.
    Att.
    William

  21. fonseca disse:

    Então um forte abraço ao Exmo Sr Gal Henrique. E, sujestões qdo da revogação do fatídico estatuto do desarmamento tão contrário aos brasileiros de Bem. Que o registro da arma já inclua o direito de porte.Abs.

  22. Eduardo Luiz disse:

    Muito em breve nós vamos conseguir o nosso direito de defesa pessoa, graças a iniciativas como estas
    Parabéns para o instituto de defesa
    “ARMAS É UM DIREITO SIM”

  23. Raimundo B. de Oliveira disse:

    Qualquer coisa nas mãos da sociedade de bem, não faz mal algum para ninguém, assim como as armas de guerra nas mãos do nosso valoroso Exercito nos traz segurança.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*