Idosa de 77 anos reage a assalto em padaria e mata jovem em São Lourenço do Sul

Caso ocorreu por volta das 21h30min no bairro Navegantes

por Bruna Scirea

Atualizada em 31/08/2014 | 22h2431/08/2014 | 09h53

Caso ocorreu na Rua Argôlo, no bairro Navegantes, em São Lourenço do Sul Foto: Jornal O Lourenciano / Divulgação

Caso ocorreu na Rua Argôlo, no bairro Navegantes, em São Lourenço do Sul
Foto: Jornal O Lourenciano / Divulgação

Uma tentativa de assalto terminou com morte e chocou moradores de São Lourenço do Sul, no sul do Estado, na noite do último sábado. Ao ser ameaçada por um criminoso que pretendia levar o dinheiro do caixa de seu estabelecimento, uma idosa de 77 anos sacou uma arma e o matou.

O caso ocorreu por volta das 21h30min, no bairro Navegantes. O criminoso invadiu a Padaria da Vovó, anunciou o assalto e foi surpreendido pela reação da idosa, que sacou um revólver calibre .38.

De acordo com a delegada de Canguçu, Paula Garcia, que responde interinamente pela delegacia de São Lourenço do Sul, dois tiros foram disparados enquanto o jovem tentava se aproximar do caixa do estabelecimento. Uma bala atingiu o pescoço de Jonathan Silveira Ferreira, 24 anos, e outra raspou no braço. O rapaz, que também estava armado, morreu no local. A informação inicial era de que ele havia ingressado no local com um comparsa, mas a Polícia Civil não confirma.

“Um ano atrás, tentaram afogar a vó no vaso”, conta vizinha de idosa que matou assaltante

Conforme a delegada, Jhonatan não tinha antecedentes, mas, segundo informações preliminares da investigação, ele seria usuário de drogas. Ouvida pela polícia, a idosa informou que o jovem esteve no estabelecimento cerca de meia hora antes da tentativa de assalto, fez compras e perguntou se ela estava sozinha no local.

A idosa entrou em estado de choque e teve de ser encaminhada para o pronto-socorro do hospital Santa Casa de Misericórdia, no município, onde passou a noite. Conforme a polícia, ela tem problemas cardíacos e teve de ser medicada. Ela voltou para casa na manhã deste domingo.

A proprietária da padaria, figura conhecida na pequena cidade, vinha sofrendo seguidas tentativas de assalto, segundo o relato de vizinhos. Em uma das vezes, criminosos já teriam, inclusive, tentado afogá-la em um vaso sanitário. A BM do município também informou que a mulher se queixava de que estavam tentando lhe passar dinheiro falso nas compras.

Na manhã deste domingo, agentes do Instituto-Geral de Perícias estiveram no local. Conforme a delegada, um inquérito policial será instaurado para averiguar como o caso ocorreu. A polícia também investiga a procedência da arma. O resultado da apuração será encaminhado ao Ministério Público.

De acordo com a Polícia Civil, a arma usada pela idosa não tem registro. O revólver, porém, não foi roubado e também não estava com a numeração raspada. A idosa disse à polícia que encontrou a arma há dois anos, durante uma limpeza no estabelecimento, atrás de um refrigerador. Ela pode responder por posse ilegal de arma de fogo.

Se a polícia apurar que a idosa atuou sob legítima defesa, ela poderá ficar isenta de qualquer penalização — salvo em caso de ter agido em excesso. De acordo com a delegada Paula, os dados estão sendo reunidos e ainda é cedo para qualquer afirmação.

Em 2012, uma idosa de 87 anos matou um homem que invadiu o seu apartamento em Caxias do Sul, na serra gaúcha. Odete Hoffmann Prá morreu em novembro de 2013, ao ter o apartamento atingido por um incêndio durante uma madrugada.

* Zero Hora

Extraído de http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/08/idosa-de-77-anos-reage-a-assalto-em-padaria-e-mata-jovem-em-sao-lourenco-do-sul-4587477.html


Publicado em Reação armada
8 comentários sobre “Idosa de 77 anos reage a assalto em padaria e mata jovem em São Lourenço do Sul
  1. Bruno disse:

    A polícia VAI VER se ela agiu em legítima defesa ???
    Estão de brincadeira né ???
    Ele foi ASSALTAR queridos, se matou o bandido QUE BOM !!!!
    Essa idosa deveria receber uma medalha !!!
    Fez oque a polícia deveria fazer…
    Perdemos o controle do país para os bandidos, ninguém aguenta mais a impunidade !!!!!!!

    • jhose camargo disse:

      VIVA A VÓVÓZINHO…ABAIXO OS LEGISLADORES DE MÉRDA..ABAIXO OS ESTUPIDOS QUE ACHAM QUE REAÇÃO A ASSALTO NÃO PODE SER EXAGERADO.
      PREPAREM O TROCO PARA 5/10/2014..ELIMINEM O BOLCHEVISMO PETRALHA.

  2. edvaldo disse:

    É lógico que foi legítima defesa!, aí mesmo assim essa senhora ainda tem que responder por posse ilegal da arma. Mas sabe porque?, porque não nos deixam exercer o direito que temos. Aí uma pessoa que trabalha a vida toda ainda tem que responder por isso. Será que ninguém vê que desarmamento só desarma pessoas de bem!, criminoso não usa arma legalizada!. E com a proibição transformam pessoas de bem em criminosos como essa senhora aí que a partir de agora tem esse de posse ilegal pra responder.

  3. Cláudio Cordeiro disse:

    Quando vamos ter nossos direitos respeitado??

    Legítima defesa ao homem(M)de bem!!

  4. CHARLES disse:

    Se a maioria fosse como a vovó não tinha bandidagem que aguentasse.

  5. waldemar kubaski disse:

    Mesmo que o ladrao estivesse desarmado, o que poderia fazer um sra de 77 anos contra um vagabundo de 24 anos? A arma nesse caso deixou a idosa em condicoes de lutar contra o agressor….
    Parabens!!

  6. Rodrigo disse:

    A vovó ainda vai responder por posse ilegal de armas, ainda que tenha agido em legítima defesa. Agora, onde é que tá o FDP do bandido que tentou afogar ela da vez passada???? Parabéns Vovó! A senhora salvou vidas ao matar esse infeliz. A sua e a de muitos. Mais um exemplo de que as armas torna iguais os desiguais. Até pelo princípio da isonomia da bósta do Direito, deveria-se permitir os cidadãos de andar armado.

  7. Emerson Ouro disse:

    Quando eu for para São Lourenço do Sul quero pagar um café para essa Senhora e visitar a estátua que certamente irão erguer em sua homenagem na praça central da cidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*