Franchi também virá para o Brasil

Depois do anúncio de que a Beretta havia fechado contrato com representante brasileiro, Franchi também virá para o Brasil

franchi

 

A Franchi é uma subsidiária integral da Beretta Holding, que anunciou a vinda da Beretta Armas para o Brasil ontem (16). Hoje (17), foi assinado também o pré-contrato da representação da Franchi no país, que deverá seguir os mesmos moldes da negociação das armas com a marca Beretta.

As armas Franchi são especializadas nos modelos de caça, mas o representante informou à DEFESA.ORG que deverá trazer, em princípio, os modelos Affinity, semiautomáticos.

Ainda não é possível especular sobre preços, mas as armas, assim como as Beretta, devem estar disponíveis no mercado nacional a partir de Abril de 2014.

A DEFESA.ORG está acompanhando a negociação e trará mais notícias assim que estiverem disponíveis.


Publicado em Notícias

Warning: mysqli_num_fields() expects parameter 1 to be mysqli_result, boolean given in /home/wp_rhsrt6/defesa.org/dwp/wp-includes/wp-db.php on line 3078

Warning: mysqli_num_fields() expects parameter 1 to be mysqli_result, boolean given in /home/wp_rhsrt6/defesa.org/dwp/wp-includes/wp-db.php on line 3078
11 comentários sobre “Franchi também virá para o Brasil
  1. Joao Victor disse:

    “””A DEFESA.ORG está acompanhando a negociação e “””tratá “”””mais notícias assim que estiverem disponíveis.””””

    Trará , acho que seria o correto. Abraços…

  2. Rosinaldo Messias disse:

    Fico muito feliz com a notícia!
    Lembrando também que a CZ anunciou que vai fazer uma fábrica em Santa Catarina.
    Quanto mais diversidade de marcas melhor.

  3. Carlos Augusto disse:

    Coisa boa!!!
    Com a vinda destas marcas para o Brasil, teremos mais opções e a concorrência provavelmente fará com que os preços possam se “reajustar” para ver quem vende mais, o que é ótimo para nós, consumidores.
    Como o Rosinaldo bem disse, a CZ está mesmo instalando-se aqui em Santa Catarina, mais precisamente na cidade de Pomerode (cerca de 200km de Florianópolis), no Vale do Itajaí, por isso optei pela compra de uma P07 Duty. Segundo informações, a fábrica estará instalada e em produção até o início de 2016.
    Agora, basta aguardar para que outras empresas fabricantes de Munição também desperte o interesse em instalar-se em terras tupiniquins, pois, o monopólio da CBC precisa acabar, pois, pagar R$3,60 por cada munição Ogival é um absurdo!!!!!
    Estamos na torcida!!

    Grande abraço.

  4. Maike disse:

    Tomara q com toda essa concorrência, pressione o governo à mudarem a legislação a respeito das armar de fogo.

  5. Blade disse:

    Toda concorrência é muito bem vinda.

  6. Alan disse:

    Maravilha, espero que venha mais e mais para o nosso país

  7. Cilas Celestino disse:

    A única dúvida é como obter algum proveito disso diante do Estatuto do desarmamento e de milhares de projetos de lei que intentam dificultar cada vez mais o acesso legal às armas de fogo no Brasil

  8. sildivan da silva bezerra disse:

    Mais uma vez venho parabenizar o trabalho da Defesa.org e tomará Deus que um dia possamos se tornar uma verdadeira América no que desrespeito ao livre comércio de armas de fogo a preços justos onde entro em sites americanos e vejo ótimas armas á preço de 500 dólares e entrei no site da KellTec e vi uma pistola 30 tiros calibre 22 wmr por apenas 333 dólares, que pena um dia esse país vai ser sério tomará antes do ano de 2200. Abraços amigos.

  9. Welington disse:

    Abril de 2014?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*