Exército volta atrás e abandona sistema virtual de CR

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA.

Lucas Silveira é presidente do Instituto DEFESA.

08 de Maio de 2015.

Depois de incontáveis problemas relacionados ao funcionamento do sistema de informações da Fiscalização de Produtos Controlados, depois de uma polêmica ainda longe de terminar relacionada às normas infralegais sobre armas emitidas pelo Comando Logístico para os Colecionadores, Atiradores e Caçadores, depois de várias visitas do Instituto DEFESA e de outras entidades ao Quartel General do Exército em Brasília, na busca por uma solução sensata para os problemas dos CACs, a notícia de hoje para os que dependem do SIGMA para suas atividades é surpreendente.

Quem acessa a página oficial da 5ª Região Militar hoje encontra uma notificação que informa a suspensão da utilização dos sistemas eletrônicos para concessão, revalidação e apostilamento de CR, e que as demandas deverão ser protocoladas como antigamente, por meio físico, papel, cópias, carimbo, etc.

5de

A nota da Região Militar dá a entender ainda que o sistema eletrônico pode voltar a funcionar, mas não informa quaisquer prazos, datas nem qualquer outro dado pertinente.

Vale lembrar que o sistema implantado custou alguns milhões de reais do erário, e provavelmente novas medidas exigirão ainda mais gastos do dinheiro do contribuinte para fazer cumprir uma legislação em total desacordo com o interesse público. Além disso, as taxas oriundas da fiscalização geram uma receita de mais de 20 milhões de Reais por ano ao COLOG, oriundos dos recursos dos administrados.

Nos próximos dias, o Instituto DEFESA mais uma vez, entrará em contato com o Comando Logístico para, novamente, procurar uma solução que atenda a necessidade e ao direito inequívoco do povo brasileiro se defender, colecionar, praticar seu esporte formal ou informar ou controlar espécies exóticas invasoras.

Por hora, encorajamos a todos a protocolarem suas reclamações na Ouvidoria do COLOG: http://www.ouvicolog.eb.mil.br/

Qual é a sua sugestão? Qual você acredita que seja a solução para os sucessos problemas gerados pelo Exército Brasileiro aos brasileiros que querem exercer o direito de ter e utilizar armas de fogo?


 

Você acredita que o esforço do Instituto DEFESA em dialogar com o Exército é relevante? Torne-se um membro premium por cerca de 50 centavos por dia e financie nossas atividades. Saiba como.


Publicado em Notícias
60 comentários sobre “Exército volta atrás e abandona sistema virtual de CR
  1. francisco disse:

    Já desisti do cr, troço chato para cacete!!!! J´´a tenho meu porte de arma, tá bom de mais!!! COMPREI UMA 12 E UM RIFLE 22, Nem preciso mais dessa bosta de cr e clube de tiros. Deixa isso para quem tem paciência
    e saco!!! ´Quem acha que Bolsonaro vai arrumar a casa! É melhor arrumar um banco para sentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*