Delegado da Delegacia de Homicídios de Curitiba fala sobre a ineficácia do desarmamento

Assista o vídeo a seguir.


Delegado-de-Curitiba-Fala-sobre-a-falencia-do-desarmamento1


Publicado em Vídeos
9 comentários sobre “Delegado da Delegacia de Homicídios de Curitiba fala sobre a ineficácia do desarmamento
  1. HELIO RIBAS MICHELETO disse:

    Sou totalmente favorável a Campanha do Armamento de acordo com o conteúdo programático. Não podemos ficar a mercê de bandidos e facínoras reincidentes que praticam barbáries certos da impunidade ou porque já estão sentenciados. Parabéns pela iniciativa. Sou jornalista e publicitário. (65) Gostaria de conhecer as instalações.
    Resido em São José dos Pinhais – (41) 9657.3405

  2. William Vicentin disse:

    Apoio 100% a Campanha do Armamento. A população tem o direito legal de possuir e portar sua arma de fogo! Isso já foi discutido e o direito do povo conquistado na urna em 2005 não está sendo respeitado!

  3. Thiago disse:

    Ótima reportagem

  4. Vinicius Maschio disse:

    Não da para combater a criminalidade com rosas e flores como diz a campanha do desarmamento, precisamos que seja comprida a constituição que nos assegura o direito a legitima defesa, esta que o governo simplesmente cagou em cima, tambem precisamos um sistema de educação que preste não este que o proprio aluno bate no professor, vende droga e vai armado para sala de aula

  5. Donizete Ferreira do Nascimento disse:

    Quando o governo Lula fez aquele famigerado plebiscito, nós conquistamos o direito de permanecer armados.Existe a possibilidade, mas a quantidade de exigências é tão grande, que inviabiliza o cidadão de bem portar sua(s) arma(s). Disse à época e reafirmo agora: os bandidos AGRADECEM!

  6. romel disse:

    -Se a maioria da população em 2005 votou pela aprovação do armamento, e está ocorrendo o contrário, isto é a simples e temida ditadura, e os responsáveis devem ser punidos.
    Todos os 65 porcento da população q votou a favor pelo armamento deveriam entrar na justiça para requerer seus direitos, eu não entrei ainda porque uma andorinha só não faz verão.

  7. marcio andre monteiro pereira disse:

    ola amigos nos temos que acabar com essa sacanagem que esses politicos traidores fizeram contra nós pessoas de bem, roubaram o nosso direito que foi mais uma vez ganho no referendo de 2005,e esses palhaços nos colocaram nas maos dos criminosos e nos tiraram o direiro de nos defender,entao gente vamos nos unir e nos manifestar e exigir de volta os nossos direito porque juntos somos invencíveis, vamos pras rua em todo o brasil e vamos cobrar o que nos roubaram. valeu amigos pela oportunidade.

  8. Adriano disse:

    Essa lei palhaça, cretina, imbecil, começou ainda na era do FHC, quando uma autoridade da Inglaterra visitou o Brasil dizendo que lá no país dele só as autoridades e militares tem acesso a armas, aos demais é totalmente proibido o acesso a armas de fogo, aí botou na cabeça do crápula do FHC que isso seria uma boa pro Brasil, aí o presidente de merda Fernando Henrique quis dar uma cara de primeiro mundo ao país e começou os esforços para a criação do tal do estatuto do desarmamento – escrevo em minúscula de propósito mesmo – e o Lula terminou de fazer a burrada, em 2003. É óbvio que somente cidadãos ordeiros apareceram para se desfazer de suas armas, o crime organizado continua mais organizado e bem armado que nunca, acho que o FHC pensou que o traficante Beira-Mar e o Marcola do PCC iriam ser atingidos por uma ventania de bondade e devolveriam seu arsenal enorme de armas de guerra pra colaborar com a campanha do desarmamento, sem mencionar o plebiscito de 2005 que consumiu uma grana do caralho pra nada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*