Borchardt C-93: A primeira pistola semi-automática produzida em larga escala

Hugo Borchardt (6 de Junho de 1844 – 8 de Maio de 1924)

Hugo Borchardt (6 de Junho de 1844 – 8 de Maio de 1924)

Desenvolvida por  Hugo Borchardt (1844–1921) in 1893, A Borchardt C-93, produzida pela empresa alemã Ludwig Loewe & Company foi a primeira pistola semi-automática realmente feita em larga escala.

Baseada no sistema de funcionamento Maxim Toggle-Lock, calçava o calibre  7.65×25mm Borchardt, com estojo garrafa.

 

7.65mm Borchardt (esquerda) e 7.63×25mm Mauser (direita)

7.65mm Borchardt (esquerda) e 7.63×25mm Mauser (direita)

Foram cerca de 3.000 unidades fabricadas.

Uma curiosidade do projeto é que o assistente do criador, Borchardt era ninguém menos que George Luger, que mais tarde se consagraria como criador tanto da pistola Lugar como do calibre 9x19mm, que ainda hoje é um dos mais usados no mundo.

Infelizmente era um projeto caro para ser produzido, além de desastroso ergonomicamente.

 

 

O Museu Nacional de Armas, do Instituto DEFESA, em processo de criação, ainda não conta com um exemplar da C93, mas tão logo quanto possível e disponível no acervo, será feita uma vídeo análise do item.

Vejamos algumas fotos.

 

 

 

 

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA OLYMPUS DIGITAL CAMERA 1280px-Borchardt_C93_with_magazine Dr. Carl Peters d3b6e7a4761401763798 Pistol_Borchardt_C93_Adams_1 Pistol_Borchardt_C93_Adams_2


Publicado em Armas, História
7 comentários sobre “Borchardt C-93: A primeira pistola semi-automática produzida em larga escala
  1. MARCOS ANTONIO disse:

    NOSSO PAÍS AINDA É ATRASADO NESSE ASSUNTO;POIS NOS DEIXAMOS LEVAR POR COMENTÁRIOS E IDÉIAS IDIOTAS.POIS GOSTAMOS MAIS FULTEBOL E NOVELAS,DO QUE ,DEFNEDERMOS NOSSAS PRÓPRIAS IDÉIAS E DIRTEITOS.PARABENIZO VOCES POR TER CORAGEM DE PEITAR ESSES HIPÓCRITAS. QUE SABEM QUE DESAMANDO A POPULAÇÃO…TORNA-SE-Á MAS FÁCIL PARA A BANDIDAGEM.

  2. Everaldo Ostarlico Vargas disse:

    Tenho convicção de que só é livre quem tem o direito legitimo a se defender.

  3. Ronaldo disse:

    Muito interessante

  4. Tobias Correia disse:

    Muito bom curto muito a historia e o desenvolvimento das armas, espero um dia ter a condição estrutural para uma coleção.

  5. CLAUDIR APARECIDO GONÇALES disse:

    O Estatuto do Desarmamento é ilegítimo, pois foi efetuado um plebiscito e o povo votou a favor da liberaçao e utilização de Armas de Fogo, portanto o que deveria ser feito era liberar com conciência, para pessoas responsáveis e bem preparadas psicologicamente, com treinamento específico, isso seria o correto. Muitos policiais mal preparados e psicologicamente perturbados cometem certos desvios de conduta, atrapalhando com isso a decisão da liberação. Para o cidadão de bem, ficha limpa, antecedentes não comprometedores devem ter o direito de comprar uma arma de fogo para defesa pessoal e de seus familiares (como já é previsto na Constituição Federal). Portanto devemos envidar esforços para alterar ou sobrestar o Estatuto do Desarmamento.

  6. André P. Gonçales disse:

    Isso tudo não passa de uma patifaria, e das grandes… O Desgoverno, a arbitrariedade, e pasmem, o próprio Comunismo está retornando através de mentes insanas e demoníacas por sujeitos disfarçados de autoridades e políticos – que são verdadeiros psicopatas sociais, retrógrados, bandidos, mafiosos que vivem do sangue, suor e lágrimas dos cidadãos brasileiros, são falsos, mentirosos, institucionalizaram o crime dentro dos órgãos públicos e dos Tribunais que deveriam promover a Justiça, mas na realidade promovem “Decisões” injustas, inconstitucionais e arbitrárias e sempre prejudicando o Povo e a Nação Brasileira… O Desarmamento, o empobrecimento deste nosso povo neste país rico, e mais o descaso na corrupção fazem parte desta Patifaria, deste plano diabólico, onde só perdemos até agora…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*