Arquivo do blog

Mural da Esperança

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Espaço onde colocaremos atitudes exemplares que enchem nossos peitos de esperança e nos inspiram com orgulho. Se souver de algum caso, escreva para parrini@defesa.org com as informações e publicaremos.

Rogério Grimm

Este cidadão sofreu um assalto violentíssimo e foi forçado a usar seu direito legal de legítima defesa. Aitrou nos bandidos e os feriu, que após ameaçar ele e sua família, fugiram. Disseram que se fossem presos, saíriam e matariam toda sua família. Rogério acionou a polícia e foi informado que os desgraçados haviam caído da moto usada no assalto quando em fuga e estavam sendo socorridos pela SAMU. Desesperado e temendo pela vida de sua família, sabendo que a Justiça protege bandidos e ferra com a vida do cidadão, ele tomou uma atitude heróica: foi até o local que a SAMU salvava os bandidos, entrou na ambulância e cancelou o CPF dos dois lixos. Obrigado Rogério!

O engraçado que é que a polícia “para conter” Rogério, atirou nele! P*** que P***! E não para por aí! O Ministério Público processou o herói por Homicídio Qualificado, mas quebrou a cara quando o Júri inocentou Rogério, que agora está livre.

Segundo esta notícia – https://bit.ly/2zTw7uc – o nome do promotor é José Olavo de Passos e os nomes dos dois vagabundos que tiveram o CPF cancelado são Élder e Wagner. Infelizmente a mídia divulga o nome completo da vítima, mas dos bandidos só colocam o primeiro. nome.

Sargento De Souza e Soldado Amaral

Estes dois cidadãos que trabalham na PMSP contiveram a ação macabra de um degenerado chamado Euler Fernando Grandolpho, que entrou numa igreja e abriu fogo contra inocentes. Este maldito matou 6 pessoas, e graças a De Souza e Amaram que o pararam, evitaram que mais vítimas fossem feitas.

O ato terrorista aconteceu na cidade de Campinas – SP, durante uma missa, e o criminoso assassino tinha consigo uma pistola e um revólver. Agora, dois detalhes chamam atenção: O primeiro é que a pistola é da marca CZ, importada, sendo assim ela não vende fácil no Brasil devido ao controle do Exército e a maldita “similaridade”, onde uma arma não pode ser importada se tiver uma nacional parecida. O segundo detalhe é a foto do bandido morto que circula em jornais com a arma na mão, e podemos ver a numeração de série raspada! Que coisa hein, Estatuto do Desarmamento? Não impediu que 1) uma pistola fora do mercado nacional chegasse nas mãos de 2) um maluco, que 3) não tinha antecedente criminal e que 4) usou para algo macabro.

Leis de controle de armas são inúteis, pois malucos e bandidos não obedecem leis. Só pessoas boas fazem, se são boas, essas leis são desnecessárias.

Aposentado-Herói de 81 anos salva-se graças a sua arma de fogo com registro vencido

https://www.defesa.org/aposentado-heroi-de-81-anos-salva-se-gracas-a-sua-arma-de-fogo-com-registro-vencido/

Mural dos Heróis

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Espaço destinado a pessoas que notoriamente se sacrificaram para salvar outras. Verdadeiros heróis que foram esquecidos (nós lembremos!) e desconhecidos (nós apresentaremos). Se falta algum na lista, envie nome, foto e notícia para parrini@defesa.org e publicaremos.

Francisco Erasmo Rodrigues de Lima

Conhecido como: Herói da Praça da Sé
Falecido em: 04/09/2015
Perante autoridades que ficaram só olhando, decidiu agir e se sacrificou para salvar uma mulher feita de refém na Catedral da Sé.
O nome do desgraçado que fez a mulher refém e tirou a vida do cidadão Francisco Erasmo é Luiz Antônio da Silva.

 

 

Helley de Abreu Silva Batista

Conhecida como: Professora da Creche
Falecida em: 05/10/2017
Helley se sacrificou para salvar dezenas de crianças ao entrar no Centro Municipal de Educação Infantil Gente Inocente, que era incendiado pelo maldito Damião Soares Santos.

Diretrizes do Instituto DEFESA a partir de 2019

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

“Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou diretamente, nos termos desta Constituição.”

Seguindo as características apresentadas pelas últimas publicações do nosso presidente Lucas Silveira, adotaremos e incentivaremos várias formas de atuação a partir de 2019.

1) O compromisso básico que esperamos que o novo governo, assim como os demais daqui pra frente, é de que cumpram suas promessas e sirvam ao povo, não ao contrário. Político é empregado do povo. Cabe a cada um de nós pressionar, cobrar, publicar e fiscalizar. O preço da paz é a eterna vigilância.

2) Todo o direito é associado a deveres e responsabilidades. Precisamos ao mesmo tempo que exigimos nossa liberdade de acesso as armas e o direito de legítima defesa – e ao PORTE de armas -, demonstrar que temos condições e responsabilidade para tal. Daremos o exemplo e mostraremos o que é um cidadão consciente de sua liberdade e também de sua responsabilidade.

3) Encorajamos como nunca antes que tenhamos o maior entendimento possível da legislação que rodeia a legítima defesa, a responsabilidade no manuseio das armas, treinamento constante, o preparo psicológico para um momento de estresse. Passaremos a tratar o tema com a seriedade que ele merece, portanto a disseminação de brincadeiras que envolvam irresponsabilidade com armas de fogo devem ser evitadas ao extremo.

4) Nosso povo precisa de ajuda e não serão políticos nem nenhum outro agente do governo, de qualquer classe que seja, que fará alguma coisa. Se essa frase doeu, “passa Gelol que passa”. A iniciativa deve partir da menor célula existente em uma sociedade e maior classe de uma Nação: o indivíduo, da classe cidadão.

Devido ao sucesso dos testes realizados em 2018 que nos deu o resultado de possibilidade de ser muito maior, de 2019 em diante todos os participantes de eventos do Instituto DEFESA serão fortemente encorajados a doarem alimentos ou outros itens para como fraldas geriátricas ou brinquedos. Ajudaremos na medida do possível com nossas próprias mãos nossos compatriotas necessitados.

5) Nesta mesma pegada, continuaremos a promover doações de sangue por todo o Brasil. Esta ação dispensa maiores explicações, o Instituto DEFESA já realiza estas ações desde 2016.

6) Depois do Mural da Comédia (https://bit.ly/2RVsAm7), criamos o Mural da Esperança (https://bit.ly/2RW6jEC), espaço onde colocaremos atitudes exemplares que enche nossos peitos de esperança e o Mural dos Heróis (https://bit.ly/2GfAZPL). Espaço destinado a pessoas que notoriamente se sacrificaram para salvar outras. Verdadeiros heróis que foram esquecidos (nós lembremos!) e desconhecidos (nós apresentaremos). Se falta algum na lista, envie nome, foto e notícia para parrini@defesa.org e publicaremos.

7) Ativismo político é crucial. Nossas ações nunca foram tão fortes. Estamos crescendo. Estamos em todos os lugares. Em 2019 seremos mais ativos ainda e prometeremos ser, mais do que nunca, uma pedra no sapato dos políticos malandrões e principalmente dos corruptos. A participação de cada cidadão é imprescindível, portanto, precisamos nos fazer presentes e ocupar espaço. Nossa bandeira jamais será vermelha. Nem melancia.

UNIDOS SOMOS INVENCÍVEIS!

Cordialmente,
Instituto DEFESA

O crime nunca vai acabar.

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Toda pessoa, principalmente político, que diz “Para acabar com o crime, devemos…” está mentindo.

Duvide de toda fórmula mágica e soluções milaborantes que apresentam em palestras, discursos, artigos, respostas e comentários em redes sociais, postagens com teorias e mais teorias copiadas e coladas. Duvide especialmente em épocas de eleição. Duvide de todos, inclusive de mim mesmo ao reler o título deste artigo. Talvez acabe com a extinção da raça humana, reconheço.

Apesar de chacoalhar algumas falas que eram na verdade apenas força de expressão, única exceção honesta ao que afirmo aqui, a frase inicial é ácida porém verdadeira. O crime é uma ação humana antes de qualquer coisa: antes de algum ordenamento jurídico de um país, costumes de um povo, dogmas religiosos, enfim, qualquer conjunto de regras que diga o que um indivíduo pode ou não fazer, não existe crime sem ação.

Sendo assim, o crime é algo que uma pessoa faz e tem como pré-requisito a atitude da pessoa, ou seja, só existe crime se alguém agir, atuar, fizer alguma coisa, querendo ou não, sabendo ou não que aquilo é reprovado no meio em que vive (culpa e dolo). Enquanto nós humanos existirmos como seres pensantes, existirá o crime. De alguém urinando no muro de uma casa que o dono não permite esta atitude até um tirar a vida de uma pessoa que não permitiu isso.

Obviamente que isso não excluiu o esforço de melhorarmos e evoluirmos mais rápido que a criminalidade todo o conjunto de prevenções e repressões, visando sempre a redução ao máximo possível de cada crime, tanto aqueles com menor potencial lesivo como o furto de um chinelo de R$ 15,00, que pode ser facilmente ressarcido, até os que possuem maiores potenciais lesivos que costumam causar danos irreparáveis, ou seja, por mais que se penalize o autor, “as coisas jamais voltarão a ser como antes”, que é o caso de um homicídio.

Não vou analisar todas as cabeças desta Hidra chamada crime, que cospe seu fogo e carboniza os camponeses (cidadãos) repetidas vezes, mas pegarei como exemplo nosso nicho que é a segurança pública para fazer mais uma afirmação: tudo o que foi feito até agora para reduzir a criminalidade deu errado, conforme mostram os indicadores como o de +60.000 homicídios violentos ao ano (registrados, sem contar Cifra Negra).

É muito preocupante que no cenário que este artigo é escrito, políticos que se elegeram prometendo fazer diferente, prometendo “combater” e “acabar” com o crime, estejam cometendo os mesmos erros de seus opositores, tão criticados anteriormente.

Acorde, brasileiro. O poder emana do povo.

IDRJ teve sua 2ª confraternização de fim de ano

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Churrasco, tiro, educação, música, risada e ação social. Assim foi a 2ª contraternização de fim de ano do IDRJ. Cidadãos comemorando um ano inteiro de muitas lutas e esforços. Sinto orgulho de caminhar ao lado de vocês e foi uma honra tê-los em nossa festa de fim de ano!

Ano passado, como toda idéia nova, a confraternização reuniu apenas 4 pessoas. Neste ano, foram aproximadamente 20. Lembro-me do 1º encontro do IDRJ onde houveram apenas 7 pessoas, mas já no segundo foram quase 70, dez vezes mais. Os números podem ser poucos, mas a mensagem por trás mostra a verdadeira força do jargão “Unidos somos invencíveis”: uns ajudando outros, uma gentileza atrás da outra.

As crianças – e nós também hahahaha! – brincaram o dia inteiro com os marcadores de airsoft e chumbinho que o pessoal levou, e deram um show de responsabilidade ao obedecerem os comandos dos adultos que sempre estavam presentes na brincadeira, colocando óculos, atentos ao “pista fria!” e outras regras para o bom uso do equipamento. Educação é tudo!

Parabéns aos fornecedores de brindes para sorteio e aos ganhadores! Foram sorteados:

• 1 Camisa do IDRJ cedida pelo próprio IDRJ
• 1 Kit com 2 bonés, adesivo, emborrachado, caneca e pad de manutenção de armas da 1911 Classic
• 2 Óculos de EPI cedida pela N&E Artigos Militares
• 1 Faca de combate também cedida pela N&E Artigos Militares
• 1 Carabina de chumbinho 4,5mm cedida pela Manias Táticas

Agradeço especialmente a gentileza  do local cedido pelo Daniel e Bad Boys MG. O lugar é fantástico!
Uma honra poder contribuir com a Geração de Luz, que recolheu os alimentos para doação a necessitados. Obrigado Íris e Luis Cláudio!
Um grande abraço ao nosso amigo Gelson que descobriu um microfone no lugar e arrebentou na música ao vivo!
Um enorme obrigado pelo empenho de ajudar (e salvar!) o dia ao amigo Xil, membro do ID e presidente do Sociedade Alternativa MG!

Espero pela próxima!

Unidos somos invencíveis!

ID fecha parceria com Instrutor Ulisses

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Defensor da liberdade de acesso as armas e direito de legítima defesa, o nacionalmente reconhecido Instrutor Ulisses se dispôs a ajudar ainda mais nossa luta e fechou a parceria conosco.

Em seus diversos cursos, como o S.O.A.T. – Situações de Ocorrência e Noções de APH Tático, membros premium do Instituto DEFESA terão descontos em suas inscrições.

Não poderíamos deixar de recomendar seu canal no youtube, é claro, que além de lutar com outros produtores de conteúdos sobre armas e segurança, também produz e publica gratuitamente vídeos educativos e instruções técnicas.
Inscreva-se aqui: https://bit.ly/2Pn8Vcn
Facebook aqui: https://bit.ly/2ATQTcC

Segue apresentação das formações e experiências do Instrutor Ulisses:

◙ Instrutor de Armamento e Tiro formado na Academia PPROPOINT em 2015 e de Segurança Privada credenciado na Policia Federal nas seguintes Disciplinas:

○ Uso progressivo da força, Gerenciamento de Crises, Criminalística e Técnicas de Revista, Vigilância e Radiocomunicação.
○ Treinou e formou diversas equipes de Segurança, Carro Forte e Escolta Armada.
○ Vasta experiência na Área da Segurança privada já tendo atuado como vigilante, líder de Equipes de segurança, inspetor, supervisor e coordenador de treinamentos.
○ Reservista de 1° Categoria do Exercito Brasileiro onde serviu por 4 anos no 2° Grupo de Artilharia Antiaérea em Praia Grande- SP
○ Foi integrante do Pelotão de Operações Especiais (PELOPES) da referida unidade militar durante seus últimos 3 anos de caserna.

◙ Operações em destaque:

○ Segurança Presidencial velada do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva em 2009, Segurança velada do General comandante de Brigada Nelson Santine Junior
○ Diversas operações de GLO (garantia da lei e da ordem), pelo Brasil, dentre outras atividades inerentes à vida militar como cursos, estágios e treinamentos de militares recém-incorporados.
○ Atualmente Inspetor de Segurança na Empresa Base Vigilância, Instrutor nos cursos de Formação e Reciclagen de Vigilantes e ministrando cursos Extracurriculares para Profissionais de Segurança e Atiradores Esportivos.

 

ID fecha parceria com N&E Artigos Militares

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Membros premium contam com mais uma parceria oficial do Instituto DEFESA na área de artigos militares, assim como items de festa como copos de chopp customizados.

Com 20% de desconto garantido nas compras em dinheiro ou no cartão à vista, a N&E Artigos Militares garante uma enorme variedade de produtos que podem ser usados para defesa, esporte, coleção, sobrevivencialismo e em outras diversas áreas de atuação, como facas, mochilas, EPI, cintos, luvas e muito mais. Aproveitem!

Whatsapp: (21) 98330-8133

ID é convidado pelo PSL Jovem Niterói para palestrar sobre armamento civil na Câmara Municipal de Niterói – RJ

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Na terça-feira dia 27/11, a cidade de Niterói – RJ teve a oportunidade de sediar em sua Câmara Municipal sua primeira palestra gratuita sobre armamento civil.

O PSJ Jovem Niterói, nas figuras de seu presidente Bruno Guimarães e vice-presidente Jefferson Viana, convidou o ID para sanar as principais dúvidas sobre como funciona o acesso as armas no Brasil, como os trâmites necessários, diferença de posse e porte, dentre outras, e falou um pouco dos aspectos históricos e filosóficos do que é a liberdade de acesso as armas. A palestra por parte do ID ficou sob responsabilidade de seu diretor estadual, Parrini.

Contamos também com a apresentação do inspetor de Polícia Civil e especialista em locais de crimes, Raul Blank, que realizou por conta própria um estudo sobre locais de crimes onde policiais eram assassinados. Estudo interessantíssimo para o bom funcionamento do trabalho e do amparo ao ser humano por trás do uniforme. Agradecemos esta apresentação, adiantamos o convite ao nosso futuro 5º encontro estadual e lhe parabenizamos o esforço! Conto com nosso apoio para elevarmos este estudo e melhorarmos as condições de trabalho dos nossos policiais.

Várias pessoas que não conheciam o Instituto DEFESA procuraram saber como se tornar membros ao final do evento, conversamos, demos risadas, trocamos contatos. Assim se contrói o elo da cidadania: Um cidadão pensando e ajudando o outro.

Parabéns a todos os participantes, palestrantes e muito obrigado ao PSL Jovem Niterói pela iniciativa de trazer um evento desse para a cidade e ao Bruno Guimarães pelo convite.

Agradeço a presença também a presença dos vários membros do ID que estiveram lá marcando presença, incentivando e seguindo de perto a nossa tão agustiante luta.

Unidos somos invencíveis!

 

ID fecha parceria com Richard Clarke

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Os membros premium que possuem interesse em treinar defesa pessoal e combate com facas agora podem fazer a festa. Orgulhosamente o Instituto DEFESA apresenta a nova parceria com o instrutor e mestre de Kombato e Kali Silat, Richard Clarke.

Com anos de experiência e atuação nestas duas filosoficas de luta, membros premium terão ventagens exclusivas em cursos oferecidos.

Contatos:
info@kombato.org
(21) 9 8118-7921

Aproveitem!

ID fecha parceria com Anderson Masters

Lucas Parrini

Parrini é diretor estadual do Instituto DEFESA no RJ, estudante de criminologia e segurança pública e admirador de assuntos relacionados a combate.

Faca customizada? Arma com entalhes que só você tem? Peças de moto com desenhos ou brasões específicos?  É exatamente o tipo de serviço que a Anderson Masters oferece em parceria com o Instituto DEFESA para você, cidadão livre e armamentista!

Membros Premium do ID possuem 20% de desconto. Corram e aproveitem!

Página: https://www.facebook.com/MetalArt.Masters
Whatsapp: (67) 9-9662-8661

Algumas fotos: