Assaltante tenta roubar casa e é morto a tiros por morador

13/08/2013 – Um assaltante acabou morto ao tentar roubar uma residência, em Ponta Grossa. O fato aconteceu por volta de 19 horas de sábado. O casal chegava em casa, às margens da PR-151, Jardim Monte Carlo, quando foi surpreendido por um bandido armado. O morador tinha um revólver em casa e atirou contra o criminoso. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Tiro disparado pelo bandido atravessou a jaqueta da vítima e parou na parede da casa; no detalhe, Jorge Paulo de Souza, que foi morto

Tiro disparado pelo bandido atravessou a jaqueta da vítima e parou na parede da casa; no detalhe, Jorge Paulo de Souza, que foi morto

A residência fica anexa à oficina da família e o empresário, de 59 anos, relatou que foi abordado com a esposa pelo assaltante, que já estava no terreno. “Eu estava abrindo a porta quando ele chegou por trás e disse ‘assalto, assalto’ e mandou a gente deitar no chão”, contou o morador, ontem à tarde, à reportagem do DC. Segundo o morador, o assaltante usava um óculos grande e um boné.

Assustada, a mulher, de 41 anos, decidiu correr para pedir ajuda e, nesse momento, o morador entrou na casa e apanhou o revólver calibre 22. Quando voltou, o assaltante já estava dentro do Volkswagen Gol, pertencente às vítimas. “Já havia até ligado o carro e estava saindo”, explicou.

Com a aproximação do morador, o bandido atirou uma vez. O projétil atravessou a jaqueta da vítima e parou numa parede, ao lado de uma janela. “Nasci de novo”, afirmou o empresário, que acabou revidando com três disparos. Os tiros acertaram a cabeça do criminoso.

O assaltante foi socorrido pelo Siate e encaminhado ao Hospital Bom Jesus, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada de domingo. O suspeito foi identificado pelo Instituto Médico Legal (IML) como Jorge Paulo de Souza, 41 anos.

O casal foi conduzido à 13ª Subdivisão Policial (SDP) para prestar esclarecimentos. Segundo a delegada Cláudia Krüger, que estava de plantão naquela noite, o homem e a mulher prestaram depoimento e foram liberados, mas foi instaurado inquérito para apurar o caso.

De acordo com a delegada, foram apreendidos na residência o revólver do morador – que não tinha documentação –, o revólver 38 que estava com o assaltante e ainda uma balaclava (touca-ninja). Todo o material foi recolhido por peritos do Instituto de Criminalística.

“É precipitado dizer que foi legítima defesa, mas é o que tudo indica. Por causa do assalto, o morador é considerado vítima e a esposa dele ratificou os fatos. A confirmação vai depender da perícia”, explica Cláudia.

Fonte: http://www.diariodoscampos.com.br/policia/assaltante-tenta-roubar-casa-e-e-morto-a-tiros-por-morador-70854/


Publicado em Reação armada
4 comentários sobre “Assaltante tenta roubar casa e é morto a tiros por morador
  1. MAICON disse:

    Neste caso, com a arma da vítima não sendo registrada, o que poderia acontecer perante a Lei com a vítima que agiu em legítima defesa? O cidadão seria indiciado por posse ilegal de arma ou coisa parecida?

    • Daniel Ribeiro disse:

      São dois crimes ai… Um de posse ilegal de arma de fogo, e outro de homicidio. Ele será processado pelo homicídio, mas provavelmente desta acusação ele vai se safar pois foi em legítima defesa. Mas no caso da posse ilegal de arma de fogo, eu sinceramente não sei o que o juiz vai entender. Espero que seja absolvido.

  2. maxinchains disse:

    22 é foda… se vc acertar na cara ja era!

  3. Quintella disse:

    Mesmo que seja preso, o que espero não acontecer, acho que ainda ficará mais feliz que chorar pela morte de sua esposa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*