Análise da Pistola Taurus PT 938

Em mais um vídeo para a Campanha do Armamento, Lucas Silveira analisa e testa a Pistola Taurus PT 938.

Informações

Fabricante: Taurus Forjas do Brasil
Modelo: PT 938 Inox
Calibre: .380 ACP
Tipo de Ação: Dupla ação
Funcionamento: Semiautomático
Capacidade: 15+1
Peso: 800g
Comprimento do cano: 94mm
Mira: Sistema de 3 pontos, alça e massa fixas

Disponível em acabamento oxidado ou aço inox.


Publicado em Vídeos
36 comentários sobre “Análise da Pistola Taurus PT 938
  1. Marcos Torres disse:

    Esta vou comprar OBs:quando eu acabar minha casa

  2. MURICI OSVALDO SCHMIDT disse:

    PODERIA TER O PREÇO DA ARMA EN QUESTÃO

  3. paulo disse:

    Boa noite Lucas achei vc muito politico e nãqo disse nada a respeito, queria saber sua opinião sobre a arma e vc só demostrou e falou o que todo mundo sabe a respeito dela, aguardo uma resposta sua,obrigado.

  4. agnaldo disse:

    muito boa essa 938 para compra o que devo faz qual o procedimento

  5. mardiasabreu disse:

    Excelente arma mas como ela não é muito bem fabricada coloquei a minha a venda e vou comprar a glock G25 que é mais durável e segura. Já acho a inox muito chamativa. Por isso tenho a preta.

  6. mauricio pires lessa da rocha disse:

    Eu tenho uma pt 938, e uma otima arma.

  7. Paulo Rent disse:

    Ótimo equipamento, mta arma para o calibre 380, mas como tudo no pais, o preço é que doi, convertido em dolar vc compra uma USP .45

  8. Abilio Neto disse:

    Eu queria ter uma arma , mas tá difícil pra registrar, e caro tbm.

    • Roberto Sena disse:

      Sempre apoiei o armamento, dentro do meu círculo de influência.
      Como sempre disse: “povo armado é difícil de ser escravizado’.
      Entretanto, a campanha do armamento sofre de várias fontes de impedimentos, tais como a excessiva burocracia, a propaganda e ingerência do lobby desarmamentista internacional, etc.
      Mas o maior dos impedimentos dessa campanha, na minha modesta opinião, é a falta de disseminação da aquisição das armas.
      É um ABSURDO os valores de uma arma (como se a fabricação de uma simples pistola fosse uma ciência de outro mundo).
      Como vcs querem realizar uma campanha e ter sucesso nela, se os preços são altíssimos para o padrão médio brasileiro? A campanha deveria ser para baratear os preços das armas e munições, para criar redes de financiamento para adquirí-las, ou seja, para disseminar a “cultura do armamento’, para que qualquer cidadão tenha fácil acesso a esse bem. A partir daí é que se faz a campanha do armamento. Mas, o armamento por si só é inútil, se não acompanhado por uma campanha de treinamento barato (que seria uma outra etapa).
      Do que adianta ter tal direito, se eu não consigo ter uma arma?
      Do jeito que tá, só uma minoria abastada pode possuí-las e futuramente sequer essa minoria.
      É impressionante a miopia empresarial da Taurus e outras (que vende umas porcarias) que não conseguem baratear e abrir uma linha popular de financiamento de aquisição de armas. É um absurdo.

      • Daniel Ribeiro disse:

        Roberto… Infelizmente nós somos reféns.
        A única indústria de munições e insumos no Brasil é a CBC. Se ela detém o monopólio, então ela escolhe o preço.

        Ela é a única indústria pois o Governo instituiu esse monopólio. Se não fosse isso, haveriam outras fábricas de munição instaladas no Brasil.

        Sendo a munição cara, toda a cadeia relacionada a armas também é cara.
        Cursos de tiro, onde você gasta pelo menos 100 munições, o instrutor gasta, no mínimo, 100 reais só com este insumo… Além disso, o instrutor tem família! Ele tem que pagar as contas dele, tem que comprar armas, alvos de papel, tem que pagar pela estrutura do estande de tiro… Tudo isso custa dinheiro, então no fim das contas, um curso básico de tiro sai por uns R$ 250,00. Você acha que é caro? Eu não acho não… Considerando que o instrutor vai levar só uns 100 reais e vai ter que me aguentar por 3 ou 4 horas… dá 25 reais a hora… um valor bem baixo se quer saber.

        O preço das armas idem… No Brasil podemos contar nos dedos as fábricas de armas… Importar é difícil, é CARO… O governo tributa as armas em 100% e ainda coloca uma taxa em cima, para desestimular a importação… Isso quando ela não fica “presa” no porto, aguardando eternamente pela liberação que nunca chega… é ai que entra o despachante, que vai “desembaraçar” a carga no porto, pagar quem tiver que pagar para sair a importação… E isso custa mais dinheiro, que vai só inflando o preço das armas.

        No Brasil, um revolver Taurus de 6 tiros sai em torno de R$ 1500,00 (sem uso). É caro? É sim… Mas nem tanto. Qualquer cidadão de classe média, ou mesmo um “quase média” já é capaz de comprar uma arma dessas. O que deixa a arma cara é a documentação necessária… que sai mais ou menos 1000 reais (para qualquer arma)… Mais uma vez, a culpa do preço alto é do governo.

        A Campanha do Armamento luta em diversas frentes, e tem tido grande sucesso. As principais frentes são:
        - Desmistificar as armas – Mostrar que são ótimas ferramentas de defesa e desconstruir a imagem de “artefato maligno”
        - Incentivar o uso de armas – Fazer as pessoas irem aos estandes e clubes, e conhecer o ambiente, atirar, ver e sentir o funcionamento das armas, e, claro, COMPRAR armas para sua defesa.
        - Flexibilizar a legislação – Fazendo lobby político, organizando a sociedade para pressionar os governantes para que o estatuto do desarmamento seja flexibilizado ou mesmo revogado.

        Nós também achamos que ter uma arma é caro, e certamente lutaremos para tornar o acesso não apenas mais simples, mas também mais barato. Mas a nossa luta é muito grande, não temos como abraçar um escopo tão grande por enquanto.

      • Renilson disse:

        Não podemos culpar apenas a taurus, já que o imposto cobrado sobre o armamento aqui no nosso riquíssimo Brasil é de míseros 71%, o que é um absurdo. Ou somos muito ricos ou somos muito idiotas, porque pagar tanto imposto pra ver políticos se abastecerem de auxilio palito, auxilio viagem e blá blá blá só tendo muita grana.

  9. Gilson jardim disse:

    Caro Lucas Silveira
    Excelente este canal para conscientizar as pessoas que armas não causam violência.
    Os políticos, com intuito de esconder a incompetência deles em gerir o bem público e evitar os problemas sociais tais como a miséria, falta de escolas, empregos e consequente favelização pois são estas as verdadeiras fontes geradoras da violência em nossa sociedade, põem a culpa nas armas. Afinal elas não podem se defender das acusações.
    Parando por aqui o desabafo repasso minhas experiências pessoais com este modelo de arma.
    Para fins defensivos é ótima. É o melhor modelo que a Taurus produz para o calibre .380 ACP, partindo-se do princípio que será a arma principal do civil. Ela é um pouco grande para o diminuto calibre pois “nasceu” como 9mm Luger e denominada modelo 915. Foi apenas retirado o sistema de curto recuo do cano. Como informação adicional atualmente há o modelo TCP disponível e, este sim, foi projetado originalmente no calibre .380 ACP e por isso tem dimensões adequadas ao pequeno calibre.

    • Paccelli Bittencourt disse:

      Prezados amigos, acho bastante válida a iniciativa de divulgar e sociabilizar a pratica do tiro esportivo e o cidadão (preparado técnica e psicológica) de portar uma arma para prover a sua própria segurança, pois infelizmente a mídia, que detém grande influencia sobre as messas burras, ainda consegue marginalizar o cidadão, que pratica tiro esportivo e que opta por esse recurso para se defender.

  10. Enir disse:

    É a minha, gostei.

    em dimensões e qualidades é um meio termo entre: a pt638 bem mais exigente em técnica e precisão; e a pt59 de uso e precisão mais facilitados porém dimensões que inviabilizam o porte discreto.

    pt938 R$ 3.500,00 em Manaus a oxidada, a inox mais um pouco.

    Quanto a custos de armas e munições creio que não se possa justificar como abuso das fábricas por falta de concorrência ou custos de matéria prima pois tem propaganda no Paraguay de pistolas Taurus na faixa de R$ 1.000,00 ou pouco mais, ou seja exportada, e o comerciante ainda lucra o dele, então não pode sair da fábrica por mais que uns 500-600 no máximo, o resto desse abuso nos valores creio devemos atribuir ao nosso querido governo.

  11. Valeriano disse:

    No vídeo, poucas as vezes que a PT fica “aberta” após a finalização dos disparos…
    É regra a PT ficar em posição “aberta” após o último disparo do carregador?

    Grato…

    • Daniel Ribeiro disse:

      Sim… Quase todas as pistolas possuem esta característica.
      Elas param abertas após o último disparo, e isso é bom por 2 motivos:
      1) Avisa ao atirador que a munição acabou
      2) Agiliza o processo de recarregamento, pois basta ejetar o carregador, colocar outro e apertar o botão do retém do ferrolho, que a arma estará pronta para o próximo disparo.

      Existem algumas exceções… a Luger LCP por exemplo, não para aberta após o último disparo… Isso é uma característica do projeto, e não um defeito.

      Em alguns casos, pode acontecer de uma pistola não parar aberta (como aconteceu neste vídeo da PT938, na mão do Lucas). Isso, embora não seja normal, é esperado e o atirador deve saber lidar com isso… Para tanto, basta trocar o carregador vazio por um cheio, e dar o golpe na arma (puxar o ferrolho para trás e soltar). Assim a primeira munição do carregador vai para a câmara e a arma estará pronta para o próximo disparo.

  12. Antonio Pedro da Silva Neto disse:

    Ouvi falar que não é recomendável o uso de munição gold na pt-938, isso confere?

  13. Alexandre Macedo disse:

    Então DR atirei um bom tempo com a 938 na verdade nunca consegui me adaptar a arma achava ela pesada em comparação a minha anterior (Nicolas Pieper .32acp) bem antiguinha kkk . Até o dia que caiu na minha mão uma Glock 380 eu particularmente não gostava dela só que atirando realmente tive que me render a Glock mesmo sendo uma arma de polímero faz uma diferença danada. resultado estou até hoje pensando em uma aquisição de uma arma de defesa compacta o que vc me diz da Taurus TCP 738 PODEMOS AGUARDAR UM VIDEO COM ELA ?

  14. Araken Batista disse:

    Comecei a atirar neste ano e só atirei com essa 938 Taurus, modelo oxidado.
    Acho ela um pouco pesada e apreciei o comentário acima do Enir comparando-a com o modelo 638 da Taurus.
    Tenho a impressão que a 638 deve ser mais ergonômica e de saque mais rápido que a 938!
    Mas ficaria desapontado com a 638 se ela piorasse a precisão dos tiros em relação ao modelo 938 Taurus ! Preciso descobrir isso !

  15. Willian Mendes Andrade disse:

    Tenho uma Beretta 6,35 e estou comprando uma PT 938 oxidada, ouvi falar muito bem desta arma por isso optei em comprar, meu registro ainda não foi expedido pela PF, mas estou no aguardo e com muita ansiedade para ver ela de perto

  16. Alexandre Ururahy Rodrigues disse:

    Embora no meu perfil do Defesa.org minha foto (Eu escolhi viver. E você?), seja usando uma PT-638. Atirei também, com a PT 938. Inclusive no calibre .40. Eu prefiro pistola com cão! Acho um armamento, com uma segurança a mais. Sem dúvida minha opção é a PT 938!

  17. henrique disse:

    queria tanto participar desse esporte.e ter minha propia arma.mas eu creio que um dia esse governo vai mudar.

  18. André Luiz disse:

    Gostei muito do vídeo, gostaria de receber outros em meu e-mail.

  19. nilson disse:

    Aqui em Curitiba, R$2.580,00 preço muito bom. Casa das Munições.

  20. jorge disse:

    Olá Amigos!Eu comprei uma PT380 MODELO 938 inox,e estou muito contente.Estou esperando só chegar o CRAF.RECOMENDO.

  21. Allan disse:

    Olá caros amigos…
    gostaria de saber se a alguma restrição de munição para as pistola taurus, em especial PT938. pode-se usar munições do tipo +P , Goldo , silver point ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Current month ye@r day *