A Tríade do Combate de Jeff Cooper

Nunca é demais frisar a importância do Coronel Jeff Cooper para o combate armado moderno. Suas contribuições para as técnicas, táticas e estratégias pertinentes a esta realidade são divulgadas hoje e, certamente, persistirão por décadas e até séculos.

cooper Um grande legado deste excepcional profissional foi o conceito da chamada Tríade do Combate (Combat Triad), uma reunião dos três pontos fundamentais  para a sobrevivência em combate.

A cada um desses pontos deve ser dada proporcional atenção, evitando treinar um especial e negligenciar outros.

Vejamos:

1. Habilidades de tiro

2. Manuseio da arma

3. Preparo psicológico

 

 

Tríade do Combate

 

1. Habilidades de Tiro (Marksmanship)

É a competência em controlar o armamento a fim de efetivamente acertar com precisão o alvo desejado.  Envolve os fundamentos do tiro como postura, empunhadura, alinhamento do dispositivo de pontaria e controle do gatilho.

2. Manuseio da Arma (Gunhandling)

Compreende o emprego da arma desde o saque até a sua apresentação ao combate, seu manuseio com segurança, a solução de falhas, recarga e etc.

3. Preparo Psicológico (Mindset)

Talvez o mais negligenciado nos treinamentos, envolve a preparação emocional para situações de estresse extremamente elevado. Você pode conseguir acertar um alvo de 10cm com a sua pistola, a 20 metros, e inserir um carregador novo antes que o usado toque o solo, mas será que você consegue fazer isso ouvindo disparos sendo feitos em sua direção?

Este ponto tem relação direta com o Código de Cores de Cooper, apresentado em outro artigo.


Publicado em Artigos
10 comentários sobre “A Tríade do Combate de Jeff Cooper
  1. Henrique José Toledo disse:

    Apoio a liberação do porte de arma a pessoas de bem e que façam algum cursos preparatórios para manuseio e equilibrio sobre sua arma e que passe por avaliações a cada dois anos pelo menos, precisamos nos defender.!

  2. Roberto disse:

    Oi Lucas, pode por favor explicar melhor a sua posição sobre o mudamento da lei atual, não entendi bem a resposta sobre o comento de Toledo.
    Muito obrigado

    Roberto

    • Lucas Silveira disse:

      Oi Roberto, bem-vindo.

      O Instituto DEFESA é contrário a qualquer restrição de acesso às armas de fogo a brasileiros de conduta ilibada.

  3. Toledo disse:

    Olá Lucas, a ideia seria cursos em standes autorizados de aulas práticas e depois de ter todo conhecimento prático de uma arma de fogo a policia civil e ou federal aplicaria uma prova prática, técnica e principalmente psicológica. Acho que tem que liberar sim o porte para nos defendermos, inclusive para poder portar em qualquer lugar, desde que o cidadão tenha preparo prático e psicológico para isso, senão qualquer louco pode comprar uma arma e sair matando por ai e até perdendo arma para o crime e sem dizer na falta de atenção com a arma que pode gerar muitos acidente. E o cara que for pego drogado ou alcoolizado cadeia e perda do porte, pois sabemos que o álcool e a droga transtorna qualquer um, mais não aquela medição de teor alcoólico absurdo do Detran, um pouco mais alto, acredito que uma até duas latas de cerveja não chega a mudar alguém. Enfim amigo democracia é isso cada um expõe seu ponto de vista porem que manda são eles.

    • Lucas Silveira disse:

      Oi Toledo, na legislação em vigor, “qualquer louco pode comprar uma arma e sair matando por ai e até perdendo arma para o crime e sem dizer na falta de atenção com a arma que pode gerar muitos acidente“.

      Já testamos todas as restrições imagináveis e nenhuma funcionou bem. Pelo contrário, todas foram um exemplo de fracasso.

      Debater é legal, aprender com os erros é inestimável.

  4. Jefferson disse:

    Porque não aparece foto de quem comenta? Só de quem atua na página? Só curiosidade.

  5. gielisom disse:

    parabens lucas silveira pelo site e por sua iniciativa!!!

  6. Márcio Santos disse:

    Concordo Lucas,cidadãos de conduta ilibada, legalmente armados e bem treinados são uma ferramenta eficaz contra o crime e influenciariam diretamente na diminuição significativa no número de roubos no Brasil. Estou certo disto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*