16 equipamentos para uma horta urbana

Márcio Batata é sobrevivencialista editor do Guia do sobrevivente e colunista de sobrevivencialismo no Instituto DEFESA.

Márcio Batata é sobrevivencialista editor do Guia do sobrevivente e colunista de sobrevivencialismo no Instituto DEFESA.

Recebi uma pergunta bem legal, um colega pediu para eu listar, usando minha experiência, um ranking com as principais ferramentas que eu utilizei para o projeto de horta urbana do Guia do sobrevivente. Não foi difícil elaborar esta lista, e os itens que uso, só um é um pouquinho mais caro, mas mesmo assim acessível e existem muitas opções de diversos preços para quem quer começar sua horta na cidade.

É impressionante como a maioria das pessoas não entende uma horta como um jardim diferente. Isso mesmo, a maioria, senão todas as ferramentas que você precisa são vendidas em hipermercados e casas de jardinagem. Manter uma pequena horta orgânica é o complemento ideal para preparações urbanas de sobrevivência, no dia a dia gera economia, em situações de crise oferece alimentos frescos in loco, evitando saídas desnecessárias para obter itens frescos.

Decidi listar alguns itens por prioridade, e principalmente como afetaram a história e a construção do nosso projeto.

1- Pá multi uso Tramontina.

Ali no inicio, em meio toda aquela crise, esta foi a única ferramenta que eu tive por meses de trabalho. Ela enfrentou um quintal de terra dura e cheio de cascalhos, resto da construção. Mesclava pá, enxada, picareta e facão. com esta ferramenta eu cavei o primeiro buraco da composteira, e movi muitos metros de terra, entulho e esterco. É pequena, leve, bruta e funciona, não tenho dúvidas da importância deste item no inicio de tudo. Preço de 30 a 45 reais.

2- Peneira.

Eu tive que praticamente reciclar toda a terra do quintal, de inicio é fácil retirar o entulho maior, depois com o cascalho menor a coisa engrossa, uma peneira de pedreiro de malha fina salvou o trabalho e economizou muita grana “reciclando” a terra, depois continuou trabalhando peneirando a compostagem e o esterco animal. Preço de 12 a 25 reais.

3- Carrinho de terra.

10962243_1379703542343125_1426003276_n

No inicio tudo funcionava na lata e no braço, foram muitas latas cortando o ombro até eu adquirir um carrinho usado e reforma-lo. Tudo ficou mais fácil, além do óbvio que era carregar mais e com menos esforço, eu podia usar a cuba para misturar terra e adubos, peneirar terra  e me livrar do entulho.

4- Enxada.

1616585_1379703572343122_1531337645_n

Sim a pá funciona e acumula esta função, mas é curta. Esta ferramenta facilitou demais o trabalho de remover terra e ervas daninhas, otimizou o tempo e poupou as costas do esforço extra. Preço de 10 a 20 reais.

5- Tesoura de poda.

Se você tem pouco espaço e quer ter algumas árvores vai ter que mantê-las podadas, esta ferramenta é o que você precisa. Preço de 15 a 25 reais por tesouras simples.

6- Regador 10 litros.

899657_1379703765676436_121281395_o

Pois é, quer ter uma horta de subsistência? Então comece adotando a rega por regador. Não é difícil criar um sisteminha de irrigação que facilita sua vida, difícil é fazer um que não deixe a água ir onde não deve e gerar um monte de gasto de desperdício. Com o regador vc dosa a quantidade certa para cada planta.

Parece besteira mas não é, veja, um limoeiro adulto em plena produção precisa de 10 litros de água/dia, isso não é o que você dá pra ele, mas o que ele extrai da terra. Locais muito drenados vão precisar de mais agua, como plantas de horta com raízes rasas, aplicando agua com o regador você pode controlar melhor o que cada planta recebe de acordo com suas necessidades e ainda aproveita para monitorar cada uma delas e proceder a jardinagem necessária.

7- Sementeira.

Muita coisa mudou depois que eu comecei a usar uma sementeira. Bom, não era uma sementeira sementeira, eram algumas caixas de ovos de mercado. Bastava colocar sementes na terra e uma verdadeira luta começava com pardais, pombos e outros pássaros. A sementeira aumentou drasticamente a eficiência do plantio e barateou custos. Com ela foi possível fazer nossas mudas em local seguro e só transferir pra terra as plantas mais fortes e vistosas.

8- Rastelo.

Facilita demais o trabalho de juntar os resíduos do quintal para compostagem. Nada mais é que uma vassoura para ser usada em grama e terra que poupa um tempo enorme na manutenção.

9- Sombrite

Sombrite é uma tela de plástico que gera uma meia sombra nas plantas, quem mora em regiões quentes conhece bem, isso faz uma diferença enorme na horticultura por gerar micro climas favoráveis, mantém luz suficiente, impede a ação direta de tempestades sobre as mudas, é muito barato, o preço está entre 0,40 e 0,80 centavos o metro.

10- Arame.

É a melhor opção para verticalizar a horta, prender e suspender vasos e amarrar galhos rebeldes, não é caro e você encontra rolos de arame galvanizado com 100 metros por menos de 10 reais.

11-Bambu

Couves, tomates, maracujá, mudas de árvores, cercas de proteção pra afastar as galinhas e coelhos, suportes, gaiolas, poleiros, pergolados e o que mais você puder imaginar é missão dada e cumprida com méritos pelo bambu. Ter  algumas varas de bambú a mão em sua horta vai te poupar trabalho e dinheiro e trazer muitas soluções. Um verdadeiro coringa.

12- Faca pequena.

Já sei, vai achar que é papo de sobrevivencialista, e é mesmo! Desde pequenas podas até na hora da colheita, para afinar uma estaca, retirar espinhos ou cortar o alface rente, não importa uma faquinha presente vai fazer com que você resolva probleminhas na hora, e não deixe acumular.

13- Borrifador.

Você vai encontrar de todo tipo e formato, inclusive em lojas de 1,99. Se quer uma horta orgânica vai ter que controlar pragas como lagartas e pulgões.

14- Luvas

Acho que nem preciso falar muito sobre equipamentos de proteção aqui. As luvas vão te poupar de cortes, calos, farpas, espinhos e picadas e insetos.

15- Ferramentinhas.

10969261_1379703682343111_252688949_o

Isso aí, sabe aqueles pequenos kits vendidos em mercados, eles mesmos. Um pequeno rastelo, uma pazinha, uma espátula… Não só pra lidar com os vasos e por funcionarem melhor em espaços pequenos, mas para caber bem nas mãozinhas de esposas e crianças. A criançada adora plantar e se diverte colhendo os frutos desta aventura, além de muito funcionais estas pequenas ferramentas  agregam pessoas.

10965102_1379703942343085_1461203882_o 10965193_1379703892343090_1900252568_o

16- Força de vontade.

Isso mesmo, no inicio você vê bem pouco retorno, tudo parece demorado, chato. A árvore parece que nunca cresce e aquele alface está exatamente igual estava a uma semana. O desanimo faz com que você relaxe, comece a regar de qualquer jeito, deixa mato crescer e termina no abandono. Acredite! Tenha fé no seu trabalho e esforço, aos poucos o ciclo vai se fechando e você colhe os frutos. Motive-se a cada dia para fazer dar certo.

O que achou da lista? Parece muita coisa mas não é, foram objetos que compramos ou conseguimos aos poucos, a medida que nossa horta crescia e gerava novas necessidades, deixe suas dicas e comentários e  compartilhe, quanto mais pessoas plantarem seus próprios alimentos, menos reféns do sistema vão existir.

Abraço

Batata.


Publicado em Sobrevivencialismo
3 comentários sobre “16 equipamentos para uma horta urbana
  1. Ivan Gama disse:

    Parabéns por mais este post

  2. Lucas Braga disse:

    Excelente. Parabéns.

  3. Rinaldo Nascimento disse:

    Grato pela reportagem, é muito bom fazer a horta caseira, gera uma boa economia no lar.
    Abraço
    Rinaldo Nascimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*